A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
10 pág.
AVALIANDO FISIOTERAPIA EM UTI

Pré-visualização | Página 1 de 2

1a Questão (Ref.:201551211210)
	Pontos: 0,0  / 0,1  
	Historicamente, sabe-se que uma internação em uma UTI já predispõe o paciente a um elevado risco de adquirir infecção hospitalar. Isto ocorre devido a fatores que podem estar relacionados com o próprio paciente ( fatores intrínsecos ) e aos que não dependem do paciente ( fatores extrínsecos), como, por exemplo, os procedimentos realizados na unidade. Nesse contexto, assinale verdadeiro ou falso sobre como a transmissão de germes pode ocorrer:
		
	 
	Um bom meio de prevenção é a higienização das mãos.
	 
	Só ocorre em pacientes que não utilizam processos invasivos.
	 
	Por gotículas geradas pela tosse, espirro e fala, que são propelidas pelo ar em curtas distância. Além disso, a enorme quantidade de procedimentos invasivos aumentam a predisposição a infecção.
	 
	Por contato direto: de um paciente ( ou intensivista ou profissional)para outro.
	 
	Por contato indireto: quando há um objeto ou dispositivo intermediário, ou mãos contaminadas.
	
	
	
	2a Questão (Ref.:201551655458)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	Na aula foram apresentadas as funções dos profissionais de saúde que atuam na UTI/CTI. De acordo com o que foi explicitado na aula, marque a opção que corresponde à função do Fisioterapeuta na UTI
		
	 
	Otimizar o suporte respiratório; melhorar função muscular e manter as vias aéreas pérvias.
	
	Analisar exames laboratoriais, alterar medicações e prevenir úlceras de pressão.
	
	Desinfectar equipamentos utilizados durante a reabilitação; reverter encurtamento muscular e auxiliar na manutenção das funções vitais.
	
	Administrar medicações como broncodilatadores; verificar sinais vitais; manter vias aéreas sem secreção.
	
	?????????????
	
	
	
	3a Questão (Ref.:201552013853)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	São indicativos de infecção:
		
	
	Sudorese, Taquicardia, Alteração dos exames laboratoriais, dor no local
	 
	febre, leucocitose, alterações dos exames laboratoriais, dor no local
	
	prurido, alterações dos exames laboratoriais, febre, taquicardia
	
	Taquipneia, febre, dor no local, leucopenia
	
	ansiedade, febre, sudorese, dor no local
	
	
	
	4a Questão (Ref.:201551671895)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	O instrumento de avaliação Medical Research Council (MRC) é utilizado em pacientes críticos e semi-críticos com o objetivo de avaliar a
		
	 
	força.
	
	ADM.
	
	dor.
	
	atividade.
	
	função.
	
	
	
	5a Questão (Ref.:201551655462)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	Marque a opção incorreta em relação à anamnese de um paciente pneumopata.
		
	 
	A ¿queixa principal¿ refere-se às alterações que incomodam o paciente e, em muitos casos, se relaciona com as manifestações pulmonares primárias, como tosse, expectoração, febre e chieira torácica.
	
	A inspeção estática avalia a via de entrada de ar (VEA) e alterações na estrutura do tórax.
	
	Na ¿história social¿ é importante observar questões relacionadas à alimentação, etilismo, tabagismo e condições de moradia.
	
	Na ¿história da moléstia atual¿ devemos sondar todos os fatos que antecederam a moléstia atual em ordem cronológica.
	
	
	1a Questão (Ref.:201551212720)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	A ventilação alveolar de um paciente vai estar representada na gasometria arterial através de qual parâmetro da gasometria arterial?
		
	
	Ph
	
	HCO3
	
	BE
	 
	PaCO2
	
	SaTO2
	
	
	
	2a Questão (Ref.:201551324036)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	 Um paciente é encaminhado à Unidade de Tratamento Intensico com quadro de Insuficiência Respiratória Aguda decorrente de uma pneumonia fúngica. Ao ser admitido, o médico responsável coloca o paciente em oxigenoterapia com máscara de venturi (FiO2=35%) e realiza a coleta de uma gasometria arterial para análise dos gases sanguíneos e avaliação da troca gasosa deste paciente. A gasometria apresentou-se com pH=7,45, PaO2=60 mmHg, PaCO2= 20 mmHg, HCO3-= 24 mmEq/L. De acordo com o resultado do exame assinale a alternativa correta.
		
	
	O paciente não apresenta nenhum tipo de insuficiência respiratória, visto que o médico já prescreveu oxigenoterapia.
	
	O paciente apresenta-se com hipoxemia leve.
	
	O paciente apresenta-se com insuficiência respiratória hipoxêmica, porém por ser uma hipoxemia leve não há necessidade de oxigenoterapia.
	
	O paciente apresenta-se com insificiência respiratória hipercápnica.
	 
	O paciente apresenta-se com insuficiência respiratória hipoxêmica.
	
	
	
	3a Questão (Ref.:201552219375)
	Pontos: 0,0  / 0,1  
	Analise as afirmativas abaixo e marque a resposta correta: I ¿ O paciente que apresenta uma infecção com foco documentado está com SIRS; II ¿ Quando o paciente tem sinais de infecção e necessita de drogas vasoativas para manter a estabilidade hemodinâmica, diz-se que está em choque séptico; III ¿ Uma das funções da CCIH é adotar e cobrar dos intensivistas, medidas preventivas de infecção, como lavar as mãos.
		
	 
	Apenas a afirmativa III é verdadeira
	
	São verdadeiras as afirmativas I e II
	 
	São verdadeiras as afirmativas II e III
	
	Apenas a afirmativa I é verdadeira
	
	São verdadeiras as afirmativas I e III
	
	
	
	4a Questão (Ref.:201552086540)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	Dentro da UTI, existe uma preocupação contínua com a prevenção das pneumonias associadas à ventilação mecânica. O maior agente etiológico são as bactérias combatidas com antibioticoterapia, iniciada precocemente. Atualmente a ANVISA preconiza ações preventivas para combater a PAV. Não podemos considerar uma medida preventiva da PAV: pneumonia são:
		
	
	Higiene oral com clorexidina
	 
	Troca diária dos circuitos de VM
	
	Cuidado com aspiração de secreções
	
	Elevação da cabeceira
	
	Controle da pressão do cuff
	
	
	
	5a Questão (Ref.:201551200868)
	Pontos: 0,0  / 0,1  
	A asma é uma doença inflamatória crônica caracterizada por hiper-reatividade das vias aéreas inferiores e por limitação variável ao fluxo aéreo. Devido às características descritas acima a hiperinsuflação pode ocorrer tendo como resultado o desenvolvimento de auto-PEEP. Assinale a alternativa que descreve as alterações que ocorrem devido presença de auto-PEEP:
		
	 
	Esvaziamento incompleto dos pulmões ao fim da expiração
	 
	Diminuição da capacidade residual funcional
	
	Presença de inflamação na mucosa da via aérea com diminuição do trabalho respiratório
	
	Diminuição da resistência expiratória, com aumento do fluxo expiratório
	
	Pressão alveolar negativa ao final da expiração
	
	
	1a Questão (Ref.:201552097830)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	Ao realizar a semiologia neurológica de uma adulto na UTI com distúrbio neurológico agudo, é recomendada a aplicação e a análise do escore de nível de consciência e, se o mesmo estiver sedado, de um escore de sedação. Assinale a alternativa que inclui o escore de nível de consciência e um escore que pode ser utilizado para avaliar o nível deste adulto, respectivamente:
		
	
	Glasgow e Westley.
	
	Glasgow e APACHE
	
	APACHE e PRISM.
	
	Nenhuma das alternativas anteriores.
	 
	Glasgow e Ramsay.
	
	
	
	2a Questão (Ref.:201552118111)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	SABE-SE QUE A AVALIAÇÃO DO DOENTE CRÍTICO DEVE SER MINUNCIOSA E DEVE SER CONTEMPLADA COM BASE EM VÁRIOS ASPECTOS DA AVALIAÇÃO, QUE INCLUI: AVALIAÇÃO DO NÍVEL DE CONSCIÊNCIA, SEDAÇÃO, SISTEMA RESPIRATÓRIO, TROCAS GASOSAS, AUSCULTA PULMONAR, AVALIAÇÃO MÚSCULO- ESQUELÉTICA, , DENTRE OUTROS. NA AVALIAÇÃO DE UM PACIENTE CRÍTICO FOI OBSERVADA A PRESENÇA DE ENFISEMA SUBCUTÂNEO. ESSE SINAL TEM CORRELAÇÃO COM QUAL DIAGNÓSTICO ?
		
	
	ATELECTASIA
	 
	PNEUMOTÓRAX
	
	PNEUMONIA