Buscar

QUESTÕES OBJETIVAS DE CONTROLE ESTATÍSTICO DO PROCESSO

Esta é uma pré-visualização de arquivo. Entre para ver o arquivo original

1-O Controle Estatístico de Processo (CEP) é uma metodologia para monitorar e orientar o processo produtivo, fundamentado em procedimentos estatísticos. Amostras aleatórias de produtos são coletados no processo de acordo com as normas especificadas de amostragem do processo. Seus atributos são medidos e inseridos em cartas de controle. Isto pode ser feito com o apoio de computador. Com relação aos termos mais utilizados no CEP, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
( V ) Processo é um grupo de atividades inter-relacionadas ou interativas que convertem insumos e matérias-primas em produtos.
( V ) Processo estável é quando apresenta uma condição de controle estatístico e está sujeito somente a influências aleatórias.
( V ) Processo capaz é quando todas as exigências especificadas são atendidas, ou seja, apresenta condições de controle.
( F ) Processo instável é quando apresenta uma condição de controle estatístico e está sujeito somente a influências aleatórias.
2-O programa 5S, de origem japonesa, é um importante passo inicial para a implantação futura de outros programas relacionados à qualidade nas empresas. Sua base são conceitos de disciplina, organização, limpeza, entre outros, condensados em cinco sensos que devem ser praticados constantemente para manter as melhorias no ambiente de trabalho. Sobre os 5S, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
( V ) Para que o programa tenha sucesso, é importante que a empresa demonstre para seus colaboradores e clientes que está preocupada com a obtenção de um ambiente de trabalho digno.
( F ) Os órgãos fiscalizadores e os auditores externos que demonstram a preocupação com o meio ambiente, saúde e segurança dos colaboradores não fazem parte do escopo dos 5S.
( F ) O programa 5S não deve em nenhuma hipótese promover a competição interna ou externa, mesmo que considerada sadia. Para tanto, a geração de indicadores deve ser abolida.
( V ) A implantação e a manutenção do 5S demonstra para a sociedade e para os acionistas a preocupação da empresa com a melhor utilização dos recursos, evitando desperdícios tanto de recursos materiais como de recursos humanos.
3-As organizações industriais e, principalmente, os processos industriais como os conhecemos hoje, são relativamente novos com relação à idade da humanidade, tendo um pouco mais de 100 anos, e a indústria moderna, com linhas de produção seriada, organizada, sendo que podemos considerar o seu início em meados dos anos de 1900. Neste período começou uma migração para as grandes cidades e percebeu-se uma maior necessidade de produtos para vestir e alimentar as pessoas, além de outras necessidades, gerando a necessidade de plantas industriais produzindo produtos em larga escala para a população, e aí começa a se falar mais profissionalmente dentro das indústrias sobre a qualidade dos produtos. Os processos de qualidade nas indústrias evoluíram até nossos dias, desenvolvendo-se através de quatro eras distintas. Sobre essas eras, assinale a alternativa CORRETA:
( ) Era da Pedra Lascada, Era Contemporânea, Era Moderna e Era Cibernética.
( ) Era Antiga, Era Média, Era Moderna e Era Contemporânea.
( X ) Era da Inspeção, Era do Controle Estatístico da Qualidade, Era da Garantia da Qualidade e Era da Gestão da Qualidade Total.
( ) Era da Pedra Lascada, Era Antes de Cristo, Era Depois de Cristo e Era Digital.
4-A Ferramenta de Análise de Falhas" (FMEA) busca a identificação das variáveis críticas nas entradas ("input") que podem afetar a qualidade das saídas ("output") de um processo. A partir dessa identificação são estabelecidas prioridades que guiarão o esforço de coleta de dados e a avaliação dos riscos associados aos defeitos. A elaboração e a atualização da FMEA é tarefa da equipe da FMEA, que é composta por colaboradores de diversos setores envolvidos com o produto, processo ou serviço em análise, bem como o líder de projeto e o moderador. Quem deve garantir que o processo de elaboração ou atualização seja realizado corretamente (de acordo com a metodologia) é o moderador, enquanto o líder de projeto faz a gestão do projeto em termos de escopo e prazos. Assinale a alternativa CORRETA que apresenta uma atividade realizada na primeira reunião da FMEA de produto:
( ) Avaliação do plano de verificação de projeto.
( X ) A análise estrutural e funcional deve estar preparada.
( ) São verificados os critérios de classificação aprovados.
( ) É necessário ter em mãos a documentação técnica do cliente (TCD).
5-Em uma empresa, todas as chaves de portas dos setores ficam armazenadas na portaria. Um representante de cada setor é responsável por retirar a chave no início do turno e devolver na saída. No início do ano, a empresa começou a trabalhar com porteiros e vigilantes terceirizados e, devido ao rodízio de funcionários na empresa terceira, os vigilantes perdiam muito tempo para memorizar e localizar as chaves em função do nome do setor. A solução para esse problema foi a identificação de cada chave por números sequenciais, dispondo-as em ordem de numeração crescente em um painel. Assim, o representante do setor passou a solicitar a chave através de um número, facilmente identificável no painel por qualquer pessoa. Sobre como é denominado esse procedimento, assinale a alternativa CORRETA:
( ) Senso de saúde, higiene e padronização - SEIKETSU.
( ) Senso de utilização - SEIRI.
( X ) Senso de organização - SEITON.
( ) Senso de limpeza - SEISO.
6-Não existe nenhum processo de fabricação que consiga fabricar dois produtos exatamente iguais, sempre vai existir algo que os diferencia, seja uma dimensão, uma diferença no material, entre diversos fatores que podem gerar essa diferenciação, mesmo que o consumidor não consiga perceber esta diferença, pois não precisa entender de engenharia, de tolerâncias, ajustes etc. O Controle Estatístico do Processo (CEP) foi pensado para que os problemas sejam minimizados, pois para o consumidor só existe produto com qualidade e produto sem qualidade, ou seja, aquele produto que deu problema ao consumidor. Com base no exposto, analise as sentenças a seguir:
I- O conceito central do CEP está em aceitar a variabilidade do processo, e esta variabilidade no processo pode ser descrita em termos estatísticos. CORRETA
II- O CEP foi um dos primeiros métodos de inferência analítica com uso de procedimentos matemáticos (estatística) a ser utilizado nas linhas de produção. CORRETA
III- Os métodos estatísticos desempenham papel central nos esforços para a melhoria da qualidade, e a metodologia do CEP utiliza diversas análises e procedimentos estatísticos para identificar o comportamento do processo de fabricação, realiza ações corretivas de modo a mantê-lo dentro de padrões preestabelecidas, objetivando a redução da produção de itens com qualidade insatisfatória, e ainda buscando pontos para melhoria, assegurando assim a qualidade dos produtos produzidos. CORRETA
IV- Podemos afirmar que qualquer processo de fabricação não gerará produtos iguais, mas sim produtos idênticos/similares, com determinada variação aceitável, e seus limites de aceitabilidade são definidos pelo projeto da engenharia. CORRETA
V- É normal a existência de fábricas em que os processos industriais estejam otimizados. ERRADA
7-O Método de Análise de Solução de Problemas - MASP - é um conjunto de ferramentas que pode ser aplicado na resolução de problemas. Fazem parte desse conjunto as ferramentas da qualidade, tais como o Brainstorming, o Diagrama de Pareto, Diagrama de Causa e Efeito e Carta de Controle. De fato, essas e outras ferramentas podem ser aplicadas em conjunto ou em etapas para obter informações que ajudem a solucionar determinado problema. Com relação ao MASP e à utilização de ferramentas para a solução de problemas, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
( F ) Uma parte crucial do processo de solução de problemas é determinar corretamente qual é o problema.
Para a determinação do problema, é necessário conhecer previamente a sua causa, o que dificulta o processo.
( V ) Na prática usual de solução de problemas em processos, é comum a busca pela identificação do culpado (pessoa ou setor) pelo problema. No entanto, essa iniciativa desvia o foco do que realmente interessa: resolver o problema.
( V ) Uma forma de trabalho que corrobora para uma melhor qualidade consiste em determinar os problemas, suas causas, determinar soluções e promover ações para que futuramente o problema não ocorra.
( V ) No programa 5S, a maior dificuldade consiste em manter os resultados obtidos com o passar do tempo. Na solução de problemas em processos produtivos, de maneira semelhante, há dificuldade em manter os padrões para que não haja reincidência.
8-A terceira era da qualidade surgiu próximo ao final da Segunda Guerra Mundial, com a reestruturação das indústrias e necessidades de processos e produtos com melhor qualidade, trabalhando e desenvolvendo técnicas específicas. Um marco desta nova era é o ano de 1950, quando William E. Deming vai ao Japão, a convite da JUSE, realizar uma palestra para líderes industriais focado em melhorar a baixa qualidade dos produtos japoneses (BARÇANTE, 1998). Sobre os quatro principais pontos trabalhados na terceira era da qualidade, assinale a alternativa CORRETA:
FONTE: BARÇANTE, Luiz Cesar. Qualidade total: uma visão brasileira. Rio de Janeiro: Campus, 1998. Disponível em: <https://professorbarcante.files.wordpress. com/2009/05/capic3adtulo-1-a-evoluc3a7c3a3o-da-qualidade.pdf>. Acesso em: 7 maio 2017.
( ) A gestão total, a gestão intermediária, o programa zero defeitos e o PDCA.
( ) PDCA, 6 Sigma, 5 Z e ISO 9001.
( ) A gestão total da qualidade, a gestão antiga da qualidade, KANBAN e Outsourcing.
( X ) A quantificação dos custos da qualidade, o controle total da qualidade, as técnicas de confiabilidade e o programa zero defeitos.
9-Walter Andrew Shewhart (1891-1967) foi um importante físico dos Estados Unidos. Sua contribuição para o estudo da estatística e sua aplicação no controle da qualidade no meio empresarial é frequentemente associada ao grande desenvolvimento da indústria japonesa no século XX. Com relação às contribuições de Shewhart para o Controle da Qualidade, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
( V ) Atribui-se a Shewhart a criação do Controle Estatístico do Processo (CEP). Ele consiste em uma metodologia que permite análise e controle de processos produtivos.
( V ) O ciclo PDCA (Plan, Do, Check, Act) foi aplicado mundialmente por Deming e é associado ao seu trabalho. Contudo, quem idealizou o PDCA foi Shewhart.
( V ) O ciclo PDCA e o CEP são ferramentas que podem ser utilizadas em conjunto, para identificação, análise e solução de problemas em processos produtivos.
( F ) Embora o Controle Estatístico do Processo seja associado a Shewhart, o desenvolvimento pleno da ferramenta foi realizado somente na década de 1970 por Deming.
10-Em CEP, podemos afirmar que a variabilidade está sempre presente em todos os processos produtivos, não importando o quão bom seja o seu projeto e operação; mesmo os processos automatizados, ou robotizados, apresentarão variabilidade em seus produtos. Comparando duas unidades de um mesmo produto e produzidas pelo mesmo processo fabril, mesmo assim elas nunca serão exatamente idênticas. A diferença entre peças pode ser grande, provocando o aparecimento de produtos defeituosos, ou pode ser praticamente imperceptível. Além disso, as fontes de variabilidade podem agir de forma diferente sobre o processo. Sobre a fonte de variabilidade, assinale a alternativa CORRETA:
( ) Condições nas quais os valores individuais não são previsíveis; valor de medida central de um conjunto de dados, calculado pelo somatório de todos os resultados dividido pelo número total de resultados do conjunto; diferença entre o maior e o menor valor de um subgrupo.
( ) Grau de concordância entre indicações ou valores medidos, obtidos por medições repetidas, no mesmo material ou em materiais similares, empregando o mesmo procedimento de medição, mesmo analista, mesmo sistema de medição, do mesmo modo de operação, no mesmo local, no menor intervalo de tempo possível.
( ) Fontes de variação inerentes a um processo que se encontra sob controle estatístico, as quais são difíceis de identificar, porém, juntas criam um sistema constante de variação; gráficos que mostram a variação da grandeza ou característica de interesse (variabilidade do processo) em função do tempo para avaliar atributos ou desempenho de métodos ou de instrumentos de medição.
( X ) Pequenas diferenças peça a peça devido à habilidade do operador, ou a diferenças na matéria-prima; alteração gradual no processo ocasionadas por desgaste de ferramentas, pela temperatura do dia; e, alteração brusca no processo decorrente de mudança de procedimento, queda de corrente, troca de setup etc.
11-Os dispositivos Poka-Yoke são desenvolvidos com a finalidade de impedir que um determinado defeito ocorra, ou impedir que um defeito, após ter sido gerado em uma determinada etapa do processo, não prossiga para a etapa seguinte. Essa metodologia é bastante útil em linhas de produção, como naquelas em que as partes do produto são fabricadas ou montadas em etapas subsequentes. Com relação aos dispositivos Poka-Yoke e sua aplicação, assinale a alternativa CORRETA:
( ) Um dispositivo Poka-Yoke tem por finalidade principal a identificação dos tipos de falha relativos aos produtos ou processos. Eles são instalados nas linhas de produção para a coleta dessas informações.
( X ) Os dispositivos Poka-Yoke são classificados de acordo com a sua função. Um dispositivo de detecção, por exemplo, visa acusar anormalidades ou desvios na peça ou processo. Um outro dispositivo pode ter uma função restritiva.
( ) Os dispositivos Poka-Yoke podem ter funções diferentes, que dependerão do local de sua aplicação. Os dados coletados através das inspeções Poka-Yoke podem ser analisados estatisticamente.
( ) O objetivo desses dispositivos é evitar o erro humano. Podemos classificar os dispositivos de acordo com a sua função em: inspeção por julgamento, inspeção na fonte ou inspeção informativa.
12-A gestão de projetos e processos é uma das partes fundamentais para que as empresas alcancem o sucesso em suas atividades. Os processos e projetos são ações que constroem a rotina e o funcionamento da organização. Eles dão sustentação ao trabalho e o propósito da equipe, independentemente do ramo ou do porte da empresa. A Gestão da Qualidade Total envolve a aplicação progressiva da qualidade em todos os aspectos do negócio. Neste sentido, a gestão da qualidade é aplicada em tudo o que se faz na empresa e em todos os seus níveis e áreas, incluindo vendas, finanças, compras e outras atividades não ligadas à produção propriamente dita. Sobre o exposto, analise as sentenças a seguir:
I- Os cinco tipos de processos são: o processo por tarefa, o processo por lote, em linha, contínuo e de projeto. CORRETA
II- O processo por lote compreende a linha de produção, as floriculturas e os escritórios. ERRADA
III- Segundo os princípios da Teoria Contingencial, não existe uma única maneira de organizar as empresas - cada caso é um caso. A elaboração de estratégias empresariais, a partir da abordagem sistêmica, deve focar a interdependência entre tarefa, estrutura, pessoas, tecnologia e ambiente. CORRETA
IV- Identificar o cliente e traduzir suas necessidades em especificações do produto e do processo é um fator crítico de sucesso para qualquer organização. CORRETA
FONTE: Disponível em:<https://www.siteware.com.br/projetos/gestao-de-projetos-e-processos/>. Acesso em: 3 ago. 2018.
 
13-O 5S e o 8S são programas que visam implementar na empresa valores para uma prática real voltada para a gestão da qualidade, mas não são normas técnicas e por isso não existem certificações reconhecidas pelo INMETRO ou outro órgão acreditador.
No entanto, existem algumas empresas que conferem o certificado de implementação ou manutenção do programa. Essa certificação é responsabilidade dessas empresas, não sendo reconhecida em outros órgãos, tendo nesse caso uma função ilustrativa para reconhecimento e motivação da empresa. Além disso, existem no mercado diversos treinamentos direcionados para a realização de auditoria interna para 5S ou 8S, pois como são programas evolutivos, é fundamental o acompanhamento sistemático das suas práticas antes de seguir para as próximas etapas e é muito bom quando essas auditorias são realizadas pelos próprios funcionários da empresa para aumentar o comprometimento e o envolvimento das pessoas em sua adesão. É comum nas empresas que buscam implantar os 5S ocorrer um bom desenvolvimento na implantação dos três primeiros sensos. No entanto, assim como no ciclo PDCA, a parte mais difícil é manter o processo de melhoria. Para isso, é necessário ter disciplina, que é no que se traduz o quinto senso (Shitsuke - senso da disciplina, autodisciplina e respeito). Não basta implantar os 5S, é preciso tornar todo o processo um hábito, inserindo essas diretrizes na cultura da empresa. Assinale a alternativa CORRETA que apresenta ações que buscam auxiliar no processo de manutenção dos 5S:
FONTE: Disponível em: <https://certificacaoiso.com.br/5s/>. Acesso em: 13 jul. 2018.
( ) Desenvolver novos procedimentos, não sendo necessário nessa etapa se preocupar em padronizar ou seguir os procedimentos estabelecidos.
( ) É necessário centralizar as ações em um responsável pelo programa, que deverá desenvolver e cobrar a aplicação dos procedimentos, pois de outra maneira não é possível manter a disciplina.
( ) O desenvolvimento de indicadores e meios de avaliação não devem ser aplicados nesse momento, pois inibem a criatividade, principal aspecto que fomenta a geração de propostas de melhorias.
( X ) Agir conforme os procedimentos, treinando e delegando tarefas, assim como criar meios de avaliar a eficácia das ações relacionadas ao programa implantado.
14-Um processo de análise de sistemas de medição é composto basicamente pelas etapas de planejamento, coleta de dados e análise estatística dos dados coletados. Nesse processo, podem ser avaliadas as características de tendência, linearidade, reprodutibilidade e repetitividade. Sobre esses conceitos, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
( V ) A repetitividade é definida como sendo a variação de um dado instrumento de medição, em termos de suas medições em uma mesma peça, realizada consecutivamente por um mesmo operador. 
( V ) A análise de tendência consiste na avaliação entre a diferença entre a média de um conjunto de valores tomados a partir de uma peça, com relação a um valor de referência.
( F ) A repetitividade (ou reprodutibilidade) está relacionada com a variação entre médias de conjuntos de medições na mesma peça, porém para diferentes operadores.
( V ) O estudo de linearidade visa avaliar a variação linear da tendência com relação à dimensão avaliada.
15-O PDCA é uma metodologia aplicada até hoje nos sistemas de gestão da qualidade, sendo incorporada aos processos de gestão de não conformidades (NC) dos produtos e processos. De fato, em empresas parceiras (clientes e fornecedores) que utilizam normas para garantia da qualidade (tais como a ISO 9001 ou outra equivalente) costumam utilizar o PDCA para gerenciar e registrar ações referentes a problemas internos e externos à organização. A aplicação do PDCA envolve etapas ou passos. Sobre essas etapas, associe os itens utilizando o código a seguir:
I- Histórico do problema.
II- Definição das causas influentes.
III- 5W1H.
IV- Elaboração da estratégia de ação.
( II ) É importante nessa etapa reunir as pessoas que possam prover contribuições para o levantamento de possíveis causas para o problema.
( III ) Na elaboração do plano de ação, define-se o que será feito, quando será feito, quem fará, onde será feito, por quê e como será feito para resolver o problema.
( I ) As informações pertinentes a essa etapa podem ser obtidas, por exemplo, através de gráficos, filmes, tabelas ou fotografias.
( IV ) As ações devem ser tomadas sobre as causas do problema (que não devem ser confundidas com os seus efeitos).
16-O Controle Estatístico do Processo (CEP), conforme definido por Ribeiro e Caten (2012, p. 5), pode ser entendido como "uma técnica estatística aplicada à produção que permite a redução sistemática da variabilidade nas características da qualidade de interesse, contribuindo para a melhoria da qualidade intrínseca, da produtividade, da confiabilidade e do custo do que está sendo produzido". Em CEP é fato notório que não importa o processo de produção, ou produto que você possa imaginar, não existem dois produtos exatamente iguais, e nenhum processo produtivo conseguirá fabricar dois produtos iguais, mesmo que os leigos possam pegar dois produtos similares e dizer que eles são iguais. Assinale a alternativa CORRETA que apresenta o conceito de Estatística relacionado ao CEP que descreve essa situação:
FONTE: RIBEIRO, José Luís Duarte; CATEN, Carla Shwengber ten. Controle estatístico do processo: cartas de controle para variáveis, cartas de controle para atributos, função de perda quadrática, análise de sistemas de medição. Porto Alegre: FEENG/UFRGS, 2012. Disponível em: <http://www.producao.ufrgs.br/arquivos/disciplinas/388_apostilacep_2012.pdf>. Acesso em: 20 maio 2017.
( ) Aleatoriedade.
( X ) Variabilidade.
( ) Incerteza.
( ) Repetibilidade.
17-O desafio da gestão empresarial moderna é se adaptar ao que os clientes precisam. A qualidade não tem um significado popular, no melhor sentido, em termos absolutos. Industrialmente pode significar, mais e melhor, dentro de certas condições/parâmetros do consumidor já que é este em última instância quem determina a classe e a qualidade do produto/serviço que deseja. Podemos definir a qualidade de um produto como sendo o grau de satisfação dos requisitos dado por um conjunto de características intrínsecas, ou seja, de uma combinação de características do projeto e da produção, determinante na satisfação que o produto possa proporcionar ao consumidor, durante o seu uso. Esta definição leva-nos a pensar em termos, como fiabilidade, adequabilidade, durabilidade, que na realidade são características individuais que em conjunto constituem a qualidade do produto. Então para haver gestão da qualidade, esta deve começar por ser definida ou especificada. Três grandes divisões podem ser consideradas para simplificar a exposição: concepção, fabrico/prestação de serviço e uso. A qualidade da concepção deve ser definida à medida que o projeto incorpore as necessidades e expectativas do consumidor, quer em termos funcionais, quer em termos técnicos. A qualidade do fabrico/prestação de serviço deve ser a medida em que o produto/serviço esteja de acordo com as especificações. A qualidade na utilização deve desempenhar as tarefas ou prestar os serviços que o consumidor espera do produto. Uma quarta divisão tem a ver com a qualidade relacional, medida da eficácia dos contatos com os clientes (a qualidade é afetada por todas as pessoas que contactam os clientes). Neste conceito, estão incluídos os clientes internos. Qualquer que seja a definição de qualidade, esta deve implicar respostas às necessidades do cliente pelo produto comprado, atuando de diferente forma e intensidade, segundo o tipo de produto que se está a produzir ou serviço que se está a prestar. A aplicação da qualidade nunca deve estar desagregada da melhoria contínua, a qual é entendida como um processo de mudanças continuadas que melhoram a organização e lhe agregam valor. O Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) é a estrutura organizacional criada para gerir e garantir a qualidade, os recursos necessários, os procedimentos operacionais e as responsabilidades estabelecidas. Para que seja possível atingir a qualidade de padrão mundial, algumas
mudanças revolucionárias devem ser feitas na gestão dos negócios. Com base nas mudanças revolucionárias que devem ser feitas na gestão dos negócios, assinale a alternativa CORRETA que apresenta todas essas mudanças:
FONTE: Disponível em: <https://comum.rcaap.pt/bitstream/10400.26/4004/7/Ap%C3%AAndice%20A%20-%20Sistema%20de%20Gest%C3%A3o%20da%20Qualidade.pdf>. Acesso em: 16 jul. 2018.
( X ) Criar meios para medir os resultados obtidos; rever as metas de qualidade e compará-las às alcançadas pela concorrência (benchmarking); implantar sistemas de reconhecimento e recompensas para motivar e buscar o comprometimento dos profissionais com a conquista do nível de qualidade internacional; treinar os gerentes nos princípios da gestão da qualidade; o planejamento empresarial deve englobar os objetivos da qualidade; novos indicadores devem permitir que a alta gerência acompanhe o progresso de parâmetros como satisfação dos consumidores, qualidade competitiva, desempenho dos processos empresariais, custos da "não qualidade".
( ) Criar meios para medir os resultados obtidos; rever as metas de qualidade e compará-las às alcançadas pela concorrência (benchmarking); implantar sistemas de reconhecimento e recompensas para motivar e buscar o comprometimento dos profissionais com a conquista do nível de qualidade internacional; foco no processo, na gestão, na participação do trabalhador, desempenho dos processos terceirizados, custos da qualidade.
( ) Criar meios para medir os resultados obtidos; implantar sistemas de reconhecimento e recompensas para motivar e buscar o comprometimento dos profissionais com a conquista do nível de qualidade internacional; treinar os gerentes nos princípios da gestão da qualidade; o planejamento empresarial deve englobar os objetivos da qualidade; novos indicadores devem permitir que a alta gerência acompanhe o progresso de parâmetros como satisfação dos consumidores, qualidade competitiva, desempenho dos processos empresariais, custos da "não qualidade".
( ) Criar meios para medir os resultados obtidos; rever as metas de qualidade e compará-las às alcançadas pela concorrência (benchmarking); implantar sistemas de reconhecimento e recompensas para motivar e buscar o comprometimento dos profissionais com a conquista do nível de qualidade internacional; treinar os gerentes nos princípios da gestão da qualidade; o planejamento empresarial deve englobar os objetivos da qualidade; novos indicadores devem permitir que a alta gerência acompanhe o progresso de parâmetros como satisfação dos consumidores, qualidade competitiva, desempenho dos processos empresariais.
18-Um processo é uma estrutura para ação, suportada pela ordenação das atividades de trabalho no tempo e no espaço, com um começo, um fim, "inputs" (entradas) e "outputs" (saídas) claramente identificados e que tem como principal finalidade gerar os resultados definidos, de forma a apoiar os seus objetivos. A gestão de processos produtivos é concebida como um conjunto de atividades ou etapas que visa à melhoria da qualidade dos produtos que são oferecidos por uma organização. Dessa forma, uma centralização nos processos, buscando aperfeiçoá-los é fundamental para competitividade destas organizações. Desenvolver modelos de gestão de processos produtivos possibilita às organizações gerenciar seus resultados de forma estrutura e alinhada aos princípios de gerenciamento pelas diretrizes e de gerenciamento da rotina, proporcionando a organização obter retorno positivo em seus resultados operacionais e financeiros. Sobre o exposto, associe os itens utilizando o código a seguir:
I- Material requeriment planning ou planejamento das necessidades de materiais.
II- Manufacturing resource planning.
III- Logística de manufatura.
IV- Lean manufacturing.
( IV ) Filosofia de produção que enfatiza a minimização do montante de todos os recursos, incluindo tempo, utilizado nas várias atividades da empresa, eliminando-se as atividades que não geram valor no desenvolvimento, produção, cadeia de abastecimento e serviço ao cliente.
( I ) Sistema de processamento de dados para o controle das existências, cadastro de produtos, programação da produção dos produtos, carga de máquinas e controle das necessidades líquidas de matérias-primas.
( III ) Atividade que administra a movimentação para abastecer os postos de conformação e montagem, segundo ordens e cronogramas estabelecidos pela programação da produção. Desova das peças conformadas como semiacabados e componentes, e armazenamento nos almoxarifados de semiacabados. Deslocamento dos produtos acabados no final das linhas de montagem, para os armazéns de produtos acabados.
( II ) Planejamento que determina os recursos de pessoal e equipamentos necessários para atingir os objetivos previstos no MRP. Sistema de produção escalonado e computadorizado baseado em pesquisa sobre demandas futuras e tempo de entrega de pedidos, assim como em dados colhidos no chão de fábrica em tempo real. Exerce forte pressão no chão de fábrica, aprimorando a disciplina e
desenvolvendo melhores dados e informações.
FONTE: Disponível em: <http://www.gestaodeproducao.com.br/servicos/processos/gestao-de-processos-produtivos>. Acesso em: 16 jul. 2018.
19-O coeficiente de variação é uma medida de dispersão relativa calculada através da razão entre o desvio-padrão e a média de uma variável e, geralmente, é apresentado na forma percentual. Assim, uma variável que apresenta média 20 e desvio padrão 2 terá:
( ) CV = 20%.
( ) CV = 5%.
( ) CV = 2%.
( X ) CV = 10%.
20-Para Montgomery (2004), o Controle Estatístico de Processos (CEP) é uma abordagem muito utilizada na melhoria dos processos. Com esta ferramenta é possível promover, prevenção de defeitos; aumento da produtividade; e ajuste desnecessário de um processo. Para Caburon (2006), o CEP não é ferramenta que por si só implantada traga sucesso no sentido de garantir a qualidade dos produtos, mas sim uma ferramenta importante do sistema de gerenciamento da qualidade no sentido de manter e melhorar resultados. Já para Maiczuk e Andrade Junior (2013), o CEP é uma metodologia que atua sobre o processo produtivo de maneira preventiva, geralmente para que um produto atenda às exigências do consumidor, é necessário que o processo ocorra em condições ideais, conhecidas, controladas e livres de grandes variações, a fim de manter todos os parâmetros dentro de condições preestabelecidas pela empresa e gerar uma maior facilidade no direcionamento da organização e na obtenção dos objetivos de melhoria da qualidade. Com base no exposto, analise as sentenças seguintes:
I- Foi Deming que popularizou o uso desta técnica, quando a introduziu na indústria japonesa nos anos de 1920, logo após a Primeira Guerra Mundial, e vem sendo utilizada até hoje nas organizações. ERRADA
II- O CEP procura identificar o que aconteceu de errado no processo de fabricação e onde podemos agir para solucionarmos a não conformidade. CORRETA
III- Atualmente, os famosos gráficos de controle, ou melhor, o CEP, podem ser encontrados nas mais diversas formas de aplicação para análise de diversos aspectos em uma organização, seja ela industrial ou não, e as suas aplicações são muito amplas dentro das organizações. CORRETA
FONTE: MONTGOMERY, D.C. Introdução ao controle estatístico de qualidade. 4. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2004. 
CABURON, J. Aplicação do controle estatístico de processo em uma indústria do setor metal-mecânico: um estudo de caso. XIII SIMPEP - Bauru, SP, Brasil, 6 a 8 de Novembro de 2006.
MAICZUK, J.; ANDRADE JÚNIOR, P. P. Aplicação de ferramentas de melhoria de qualidade e produtividade nos processos produtivos: um estudo de caso. Qualit@s Revista Eletrônica, v. 14. n. 1, 2013.
21-Estatística é a ciência que utiliza as teorias probabilísticas para explicar a frequência da ocorrência de eventos, tanto em estudos observacionais quanto em experimentos, modelar a aleatoriedade e a incerteza de forma a estimar ou possibilitar a previsão de fenômenos futuros,
conforme o caso. Nela são estudados vários quantificadores. Sobre estes quantificadores, analise as sentenças a seguir:
I- O Coeficiente de Correlação de Pearson indica o grau de homogeneidade disposto em um conjunto de dados. ERRADA
II- O Coeficiente de Variação apresenta a relação de dependência existente entre dois conjuntos de dados. ERRADA 
III- O Desvio Padrão indica o quanto os dados de uma distribuição estão agrupados em torno da Média. CORRETA
IV- As Medidas de Assimetria marcam a diferença e a distorção entre os dados da população e da amostra. ERRADA
22-A qualidade é hoje uma das principais estratégias competitivas nas diversas empresas e nos diversos setores. A qualidade está intimamente ligada à produtividade, à melhoria de resultados e ao aumento de lucros, por meio de redução de perdas e do desperdício, do envolvimento de todos na empresa e consequente motivação. Uma indústria de componentes eletrônicos verificou durante uma semana (de segunda a sábado) o número de defeitos de seus aparelhos, obtendo, respectivamente, os seguintes resultados: 2 - 9 - 8 - 5 - 7 - 5. Com base nesses dados, analise as sentenças a seguir:
I- A média foi 6 no período de componentes com defeitos. CORRETA
II- A moda dos dados obtidos é 7. ERRADA
III- A mediana da pesquisa é 3. ERRADA
IV- O coeficiente de variação calculado foi de 2,1. ERRADA
23-Na Avaliação Institucional, organizada pela Comissão Própria de Avaliação - CPA, cada ator pedagógico pode atribuir uma nota de 0 a 5. A CPA -, ao tabular os resultados obtidos em um dos Polos de Apoio Presencial na dimensão "Qualidade do atendimento da biblioteca", obteve a distribuição disposta na tabela a seguir. A partir desses dados, assinale a alternativa CORRETA que apresenta o desvio padrão das notas atribuídas:
( X ) Desvio padrão = 1,29.
( ) Desvio padrão = 1,67.
( ) Desvio padrão = 1,95.
( ) Desvio padrão = 1,39.
24-Uma pizzaria pretende contratar um pizzaiolo e verificou que os salários/hora de quatro profissionais em sua região são: R$ 25,00, R$ 30,00, R$ 35,00 e R$ 38,00. Nessas condições, determine o salário/hora médio desse profissional:
( ) Salário/hora médio é R$ 35,00.
( ) Salário/hora médio é R$ 38,00.
( ) Salário/hora médio é R$ 5,00.
( X ) Salário/hora médio é R$ 32,00.
25-Variável é o conjunto de resultados possíveis de um fenômeno, quando são feitas sucessivas medidas. São as características que podem ser observadas (ou medidas) em cada elemento da população. Com relação à classificação de variáveis estatísticas, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
( V ) A estatura de uma pessoa é uma variável quantitativa contínua. 
( F ) O peso de uma pessoa é uma variável qualitativa ordinal.
( F ) A velocidade de um automóvel é uma variável quantitativa discreta.
( V ) A cor de um automóvel é uma variável qualitativa nominal.
26-A tabela a seguir representa o salário dos 50 funcionários da empresa XYZ Ltda. Com base nesses dados, podemos afirmar que a média salarial dos funcionários dessa empresa, em reais, é:
( ) A média salarial é R$ 1.754,00.
( ) A média salarial é R$ 1.824,00.
( X ) A média salarial é R$ 1.536,00.
( ) A média salarial é R$ 1.692,00.
27-Para melhor interpretar e avaliar dados estatísticos, podemos utilizar as Medidas de Tendência Central e as Medidas de Dispersão. Medida de tendência central é um valor único que tenta descrever as características de um conjunto de dados, identificando uma posição central dentro do conjunto de dados, já as de dispersão avaliam o quanto que os valores de uma série contornam este "centro". Sobre as medidas de Tendência Central, analise as opções a seguir:
I- Média. CORRETA
II- Mediana. CORRETA
III- Desvio padrão. ERRADA
IV- Coeficiente de variação. ERRADA
V- Moda. CORRETA
28-A tabela a seguir apresenta o tamanho das mudas de uma determinada produção. Qual a amplitude do intervalo da segunda classe?
( ) A amplitude da segunda classe é 8.
( X ) A amplitude da segunda classe é 14.
( ) A amplitude da segunda classe é 127.
( ) A amplitude da segunda classe é 134.
29-A carta de controle é a principal ferramenta para o Controle Estatístico de Processos, logo, é interessante fazermos primeiro uma abordagem sobre o CEP (Controle Estatístico de Processo), para depois explicar alguns detalhes sobre a carta de controle. Por muitos anos, o termo Controle de Qualidade significou a inspeção para remover produtos não-conformes. Selecionar produtos não somente é caro - você está pagando um funcionário para produzir e outro para verificar se está correto - mas também pouco preciso: estudos mostram que a inspeção 100% é aproximadamente 80% eficaz. O Controle Estatístico de Processo permite um sistema de prevenção de não conformidades durante o processo produtivo, ao invés de esperar até que o produto esteja terminado. Assim, reduzimos refugo, aumentamos a produtividade, tornamos a qualidade do produto mais consistente e reduzimos o risco de entregar produtos não conformes aos clientes. O grande objetivo do Controle Estatístico da Qualidade é detectar, de forma rápida, a ocorrência de causas atribuíveis (máquina desajustada) a fim de que seja possível agir corretivamente antes que ocorram muitas unidades fabricadas fora da especificação. As cartas de controle são utilizadas para nos dizer se o processo está sob controle estatístico ou não. Em outras palavras, com a utilização desta ferramenta, conseguimos identificar a evolução e a tendência do processo e, assim, agir corretivamente antes do problema de fato ocorrer. Com base no exposto, analise as sentenças a seguir:
I- As cartas p são aquelas que trabalham a fração de atividades não conformes, cujas amostras podem inclusive ser de tamanhos diferentes. CORRETA
II- A carta np trabalha com o número de unidades não conformes e as amostras devem ter sempre o mesmo tamanho. CORRETA
III- As cartas c trabalham com situações em que temos o número de não conformidades para analisar e as amostras devem ter sempre o mesmo tamanho. CORRETA
IV- As cartas h é utilizada quando analisamos o número de não conformidades por unidade e as amostras podem ter tamanhos diferentes. ERRADA
FONTE: Disponível em: <https://www.harbor.com.br/harbor-blog/2016/11/09/carta-controle-variavel/>. Acesso em: 20 jul. 2018.
30-Em uma determinada empresa, durante todo o ano de 2008, verificou-se que o montante de negócios em cada mês foi de R$ 10.000,00. Em janeiro e fevereiro de 2009 foi de R$ 15.000,00 e R$ 19.000,00, respectivamente. Assim, podemos dizer que a média do montante de negócios, nessa empresa, durante todo o ano de 2008 e os dois primeiros meses de 2009 é:
( ) De R$ 12.800,00.
( X ) De R$ 11.000,00.
( ) De R$ 11.500,00.
( ) De R$ 11.400,00.
31-Um dos aspectos-chave para a melhoria da qualidade consiste na adequação da mentalidade da administração. A gestão deve ser baseada no conhecimento, empenho, e deve assegurar a correta comunicação entre os envolvidos. Os custos da não qualidade se relacionam com o fato de não se fazer o trabalho correto desde a primeira vez. Com relação à melhoria da qualidade, classifique V para sentenças verdadeiras e F para as falsas:
( V ) Para que se obtenha sucesso, a empresa deve fornecer a estrutura necessária para o desenvolvimento contínuo de melhorias.
( V ) Cabe aos gestores o desenvolvimento de processos que busquem a motivação e o treinamento dos colaboradores, visando à identificação de oportunidades de melhorias.
( V ) Para que o processo de melhoria da qualidade seja funcional, é necessário identificar e classificar as oportunidades de melhoria.
( F ) O papel dos gestores no processo de melhoria da qualidade se restringe à delegação das atividades planejadas aos seus subordinados.
32-Após a Segunda Guerra Mundial, o Japão passou a ter um enorme crescimento industrial e tecnológico. Para que isso fosse possível, utilizou-se o ciclo PDCA (Plan = Planejar, Do = Fazer, Check
= Controlar e monitorar e Action = Implantar). Deming, um engenheiro americano, foi o grande estrategista e responsável pelas grandes mudanças realizadas no Japão. Com o passar dos anos, foi-se aprimorando o que chamamos hoje de Os 14 pontos de Deming. Sobre os pontos desenvolvidos por Deming, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
( V ) Não aceitar atrasos devido a erros, insumos e acabamentos defeituosos.
( V ) Criar planos de melhoria contínua.
( F ) Estabelecer metas para a mão de obra.
( V ) Acrescentar na estratégia da organização treinamentos para os usuários.
( V ) Deixar claro pela gestão gerencial o compromisso com a qualidade e a produção.
33-De acordo com Logothetis (1992), os colaboradores das áreas de pesquisa, desenvolvimento, vendas e produção devem trabalhar em equipe para antever problemas. A competição destrutiva dentro da organização deve ser substituída pela cooperação. Com base no exposto, analise as sentenças a seguir:
I- O conteúdo está de acordo com um dos 14 princípios de Deming para a qualidade total. CORRETA
II- A cooperação entre as diferentes áreas de uma empresa gera um ambiente mais produtivo com relação a aspectos vinculados à qualidade. CORRETA
III- Para antever problemas, é importante o estabelecimento de uma equipe multidisciplinar, trabalhando de forma cooperativa dentro da organização. CORRETA
IV- A competição destrutiva entre os departamentos deve ser instigada, pois é requisito para a obtenção da qualidade total. ERRADA
FONTE: LOGOTHETIS, N. Managing for Total Quality: from Deming to Taguchi and SPC, New York, Prentice Hall, 1992.
34-O conceito de qualidade apresenta um sentido amplo. Além disso, existem maneiras diversas de se atender aos objetivos da qualidade, mesmo que a "espinha dorsal" do que é qualidade seja bem caracterizada nos processos. Com relação às possíveis definições de qualidade, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
( V ) Qualidade consiste na obtenção do melhor resultado possível dentro das limitações impostas pelo preço de venda e uso real do produto.
( F ) Qualidade é obter o grau máximo de perfeição para um dado produto ou serviço, independentemente de o preço ser ou não aceitável.
( V ) Qualidade consiste em executar exatamente o que nos propomos a fazer, fornecendo ao cliente externo ou interno exatamente o que foi solicitado.
( F ) A qualidade não tem relação direta com o que o cliente deseja ou está disposto a pagar, visto que o cliente não tem a capacidade de discernimento sobre conceitos de qualidade. Esse é um conceito interno à organização.
35-O desenvolvimento da produção em larga escala envolveu a necessidade de um controle mais rígido dos processos de fabricação, culminando em um maior nível de padronização. De acordo com Carvalho e Paladini (2005), Henry Ford adotou a padronização das peças e o investimento na área de metrologia, visando à redução do número de paradas e das perdas no processo produtivo. O gerenciamento da qualidade envolve alguns aspectos, incluindo o controle e a garantia da qualidade. Sobre o conceito de Gestão da Qualidade, assinale a alternativa CORRETA: 
FONTE: CARVALHO, Marly Monteiro de; PALADINI, Edson Pacheco. Gestão da qualidade: teorias e casos. Rio de Janeiro: Elsevier, 2005.
( ) Gestão da qualidade é o processo de conceber, controlar e melhorar os processos de desenvolvimento de produtos, marketing e vendas da empresa.
( ) Gestão da qualidade é o processo de apenas controlar os processos da empresa, tais como: produção, marketing, pessoal, vendas, cobrança etc.
( X ) Gestão da qualidade é o processo de conceber, controlar e melhorar os processos da empresa, tais como: produção, marketing, pessoal, vendas, cobrança etc.
( ) Gestão da qualidade é o processo de conceber, controlar e melhorar os processos da produção e controle da qualidade.
36-Uma metodologia adotada para a gestão da qualidade envolve a independência da inspeção como critério para a obtenção da qualidade. Isso implica a necessidade de promovermos a qualidade a partir do topo, disseminando-a para o restante do processo. Um dos denominados "Gurus da Qualidade" defendia que a maioria dos erros e defeitos era resultado de maus equipamentos e não de maus trabalhadores, e que para obtermos melhores resultados, deveríamos eliminar a competição entre departamentos. A qual dos "Gurus da Qualidade" podemos atribuir os preceitos apresentados?
( X ) William E. Deming.
( ) Joseph M. Juran.
( ) Kaoru Ishikawa.
( ) Armand Vallin Feigenbaum.
37-Em todas as organizações, trabalhar com uma maior qualidade, aumentar a produtividade e com custo reduzido, são metas que se tem objetivado e tais esforços para otimizá-las dependem decisivamente do pessoal envolvido. Sem sua adesão, motivação e participação, nada, ou bem pouco, poderá ser alcançado. Contudo, acima de tudo está a disposição da alta direção das empresas em implementar ideias, filosofias e mecanismos efetivos, utilizando-as como parte da estratégia do que a empresa pretende ser brevemente. É importante salientar que os custos de qualidade são gerados nos casos em que o produto não foi desenvolvido corretamente desde o princípio do projeto. Referente ao custo, analise as afirmativas a seguir:
I- Custos de falhas referem-se aos custos de verificação da qualidade.ERRADA
II- Custos de prevenção referem-se aos custos que objetivam evitar problemas de qualidade. CORRETA
III- Custos de avaliação referem-se aos custos de monitoramento da qualidade. CORRETA
IV- Custos das falhas referem-se aos custos dos erros internos percebidos antes do recebimento pelo cliente. CORRETA
38-Deming (1900-1993) foi responsável por diversos conceitos na temática da qualidade. Muitos destes são aplicados até hoje, tanto na elaboração de estratégias, como no processo de gestão da qualidade. Sobre os quatorze princípios de Deming, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
( V ) Um negócio compensador não deve ser baseado somente do ponto de vista do preço, mas, sim, ter como foco a redução do custo total.
( F ) O sistema de gestão da qualidade deve ser concebido com base nas inspeções da qualidade, sendo a qualidade dependente de inspeções rotineiras.
( V ) Devem-se excluir as metas dirigidas aos empregados.
( V ) É importante investir no estabelecimento de um sistema de treinamentos e aperfeiçoamento para todos os colaboradores.
39-Os projetos ajudam bastante na gestão e execução de atividades específicas, especialmente quando as empresas iniciam um novo empreendimento. No contexto geral, os projetos possuem tempo determinado para sua iniciação, execução e finalização. No seu processo de iniciação, deve-se considerar alguns elementos importantes. Sobre o exposto, analise as sentenças a seguir:
I- O cronograma definido no projeto tem a função de apresentar as etapas de execução, porém não serve como base para execução dos trabalhos. ERRADA
II- Deve-se conferir a viabilidade operativa do projeto, assim como as estratégias para atingir os objetivos desejados. CORRETA
III- Deve-se planejar as sequências dos tempos das atividades, assim como definir os recursos necessários para dar conta dessas atividades. CORRETA
IV- Uma vez conhecidas por todos os envolvidos as etapas do projeto, não são necessários a supervisão e o controle dos trabalhos executados. ERRADA
40-Na produção artesanal, o foco da qualidade é o produto, visando atender às necessidades dos clientes. Contudo, para viabilizar a produção em massa, o foco da qualidade passou a ser o processo, embora o objetivo seja ainda atender às necessidades dos clientes. Com base no exposto, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
( F ) No início do desenvolvimento da indústria automobilística, as peças eram produzidas de forma artesanal.
Assim, os automóveis tinham maior qualidade, além de não haver diferenças significativas entre veículos.
( V ) A qualidade com
foco no processo passa pela identificação de causas de paradas de produção e implantação de ações para que essas paradas sejam minimizadas ou eliminadas.
( V ) O controle dimensional de peças em um processo produtivo permite maior garantia de sucesso na montagem do produto final.
( F ) Nas linhas de montagem para produção em massa de Henry Ford, cada colaborador era treinado em todas as etapas de fabricação do produto. Com esse procedimento, buscava-se garantir a qualidade do produto.
41-Na Estatística são utilizadas diversas medidas para descrever fenômenos, sendo que algumas são de tendência central e outras de dispersão. Uma medida muito utilizada, principalmente para se comparar medidas, é o coeficiente de variabilidade ou apenas coeficiente de variação. Com relação ao coeficiente de variação, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas: 
( V ) O coeficiente é um valor decimal e quando multiplicando por 100 chamamos de taxa. No caso do coeficiente de variação, apesar de ser chamado de coeficiente, é apresentado como percentual, então é necessária a multiplicação por 100. 
( V ) O coeficiente de variação é utilizado principalmente na comparação da variabilidade de dois conjuntos de valores que possuem unidades de medidas distintas. 
( V ) O coeficiente de variação é uma medida de dispersão cujo objetivo é apresentar a variabilidade da distribuição em termos percentuais. 
( F ) O coeficiente de variação é uma medida de variabilidade relativa, pois é a relação entre o desvio padrão e a média aritmética, multiplicada por 10.
42-Correlação, também chamada de coeficiente de correlação, indica a força e a direção do relacionamento linear entre duas variáveis aleatórias. No uso estatístico geral, correlação refere-se à medida da relação entre duas variáveis, embora correlação não implique causalidade. O coeficiente de correlação de Pearson é o mais conhecido e é obtido dividindo a covariância de duas variáveis pelo produto de seus desvios padrão. Suponha que desejássemos realizar uma investigação sobre a ocorrência de anemia e infecção numa comunidade: um dos itens é poder estimar a concentração de leucócitos no sangue pela medida do hematócrito. Com relação ao gráfico anexo, analise as opções a seguir: 
I- Correlação linear positiva. ERRADA
II- Correlação linear negativa. ERRADA
III- Não há correlação. CORRETA
43-Os vendedores João, Paulo e Márcio da empresa DecDec atuam no Estado de Santa Catarina há um ano. As vendas em média e o desvio padrão desses 12 meses estão apresentados a seguir, respectivamente: João: R$ 538.946,00 e 48.465,00. Paulo: R$ 356.542,00 e 38.589,00. Márcio: R$ 245.300,00 e R$ 15.156,00. A partir do coeficiente de variação, qual(is) dos vendedores obteve suas vendas mensais mais homogêneas? 
( X ) Márcio. 
( ) Paulo. 
( ) Todos os três: João, Paulo e Márcio. 
( ) João.
44-As cartas de controle ou gráficos de controle são utilizados em pares e sua função básica é acompanhar o desempenho do processo com relação aos produtos manufaturados, ou seja, monitora um parâmetro de distribuição de probabilidade de uma característica para determinar se o parâmetro varia com relação a um valor especificado. Com relação aos tipos de cartas e sua aplicação, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas: 
( V ) Carta de média e amplitude monitora a variação da média e amplitude, geralmente predomina quando utilizam-se máquinas. 
( F ) Carta de proporção é utilizada quando se deseja controlar o número total de não conformidades em uma unidade de produto. 
(F ) Carta de número de defeitos na amostra é utilizada quando a característica da qualidade é representada pela proporção de itens defeituosos. 
( V ) Carta de valores individuais geralmente se aplica quando o processo de inspeção é automatizado.
45-A característica de interesse de estudo (variável) pode ser dividida em duas categorias: qualitativas e quantitativas. As variáveis qualitativas apresentam como possíveis realizações uma qualidade (ou atributo) do indivíduo pesquisado. Dentre as variáveis qualitativas, ainda podemos fazer uma distinção entre dois tipos: variável qualitativa categórica ou nominal, e variável qualitativa ordinal. As variáveis quantitativas apresentam, como possíveis realizações, números resultantes de uma contagem ou mensuração. Dentre as variáveis quantitativas, ainda podemos fazer uma distinção entre dois tipos: variáveis quantitativas discretas e variáveis quantitativas contínuas. Sobre o exposto, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas: 
( F ) O número de leitos em um hospital de uma determinada cidade é uma variável quantitativa contínua. 
( V ) A cor do cabelo dos moradores de uma cidade é uma variável qualitativa ordinal. 
( F ) Podemos definir as variáveis quantitativas contínuas como possíveis valores que formam um intervalo de números reais e que resultam, normalmente, de uma mensuração. 
( F ) Podemos definir as variáveis quantitativas discretas como possíveis valores que formam um conjunto infinito de números e que resultam, frequentemente, de uma contagem. 
( V ) O grau de instrução (fundamental, médio e superior) dos moradores de um condomínio é uma variável qualitativa ordinal. 
( V ) A estatura dos indivíduos de uma determinada escola é uma variável quantitativa contínua. Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA: FONTE: GUIMARÃES, Paulo Ricardo Bittencourt. Métodos quantitativos estatísticos. Curitiba: IESDE Brasil S.A., 2008.
46-Um professor aplicou uma prova a seus quarenta alunos de Astronomia. Ele organizou os resultados em uma tabela que você pode visualizar nessa questão. Com base nos dados da tabela, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas: 
( V ) A média das notas desses alunos é de 5,15. 
( F ) O desvio padrão das notas desses alunos é 0,45. 
( V ) O coeficiente de variação desses alunos é de 43%.
47-No mundo das finanças, correlação é uma medida estatística para medir a forma como dois ativos se movimentam, um em relação ao outro. Quando os preços de dois ativos movimentam-se de forma similar, na mesma direção, usualmente, diz-se que eles são correlacionados. Já quando os ativos não se movimentam de forma similar, eles não são correlacionados. Sobre o exposto, analise as sentenças a seguir: 
I- Na correlação positiva, as variáveis em estudo alteram-se no mesmo sentido. CORRETA
II- Na correlação negativa, as variáveis em estudo alteram-se em sentidos opostos. CORRETA
III- Na correlação negativa, as variáveis em estudo alteram-se no mesmo sentido. ERRADA
IV- Na correlação positiva, as variáveis em estudo alteram-se em sentidos opostos. ERRADA
48-Os dados a seguir referem-se à participação em um ciclo avaliativo de um grupo de acadêmicos de uma amostra de cinco Polos de Apoio Presencial da UNIASSELVI: 332, 403, 1711, 1603, 179. Com esses dados, estime a participação média e o desvio padrão desses acadêmicos na Avaliação Institucional: 
( X ) Média = 845,6 e desvio padrão = 746,09. 
( ) Média = 809,8 e desvio padrão = 626,49. 
( ) Média = 809,8 e desvio padrão = 746,09. 
( ) Média = 845,6 e desvio padrão = 626,49.
49-A capacidade de um processo pode ser definida como sendo a capacidade inerente de um processo para a produção de peças idênticas, por um longo período de tempo sob um determinado conjunto de condições. Ela objetiva demonstrar se um processo de fabricação específico é ou não viável e sustentável. É a partir desta avaliação rigorosa que um fabricante pode analisar todas as características do produto e então, decidir se quer continuar com a produção, alterar especificações ou cancelar o projeto. Podemos afirmar que a avaliação da capacidade do processo só pode ser iniciada após termos eliminado todas as causas especiais e termos certeza de que a capacidade do processo está unicamente associada às causas comuns de variabilidade. Avaliar a capacidade de um processo é bastante
importante, uma vez que permite quantificar a forma de como um processo pode produzir produtos aceitáveis. Como resultado, os gerentes e os engenheiros de uma fábrica podem priorizar melhorias necessárias e identificar os processos que não precisam de atenção imediata. Com base no exposto, analise as sentenças a seguir: 
I- Com relação à análise da capacidade de um processo, ela permite aos engenheiros: 1. Estudar e prever as tolerâncias aceitáveis do projeto do produto. 2. Modificar o projeto do produto conforme a capacidade do processo, adequando-o. 3. Definir os intervalos de monitoramento entre amostras para controlar o processo. 4. Definir as condições de desempenho para equipamentos novos. 5. Planejar a sequência de processos de produção quando existir variações de tolerâncias entre os processos. 6. Diminuir a variação em um processo de produção. CORRETA
II- Os parâmetros do processo e suas variáveis ou atributos devem ser monitorados no CEP. Com relação às variáveis que devem ser monitoras, são elas: (a) Tipo (nominal, maior ou menor-é-melhor), (b) Unidade de medição (mm; m; pç; m³; l etc.) e (c) Valor-alvo e especificações (para os estudos de capacidade). CORRETA
III- A definição das variáveis representa índices que identificam se o processo de produção dos produtos está dentro de uma faixa de especificação, indicando se a produtividade está aceitável. CORRETA
IV- A análise dos índices é irrelevante para os engenheiros, principalmente na fase do desenvolvimento de produto, pois a análise do histórico dos índices de capacidade de outras peças similares, não permite a escolha de processos e especificações técnicas. ERRADA
FONTE: Disponível em: . Acesso em: 18 jul. 2018. 
50-A variabilidade é basicamente a diferença entre o que esperamos de algo e o que realmente acontece. É a distribuição estatística dos resultados que se pode esperar de um processo. A variabilidade é a medida em que os pontos de dados em uma distribuição estatística ou conjunto de dados divergem do valor médio, ou mediano, bem como a medida em que esses pontos de dados diferem um do outro. A percepção de risco de uma classe de ativos é diretamente proporcional à variabilidade de seus retornos. Como resultado, o prêmio de risco que os investidores exigem para investir em ativos, como ações e commodities, é maior do que o prêmio de risco para ativos como contas do Tesouro, que têm uma variabilidade de retorno muito menor. A variabilidade refere-se à diferença exibida pelos pontos de dados dentro de um conjunto, relacionados entre si ou relacionados à média. Isso pode ser expresso por meio do intervalo, variância ou desvio padrão de um conjunto de dados. Com base no exposto, analise as sentenças a seguir: 
I- O coeficiente de variação é uma medida de variabilidade relativa, pois é a relação entre o desvio padrão e a média aritmética, multiplicada por 100. Sabendo que uma distribuição apresenta as seguintes estatísticas: S = 1,5 e CV = 2,5%, a média dessa distribuição é 60. CORRETA
II- O coeficiente de variação é uma medida de variabilidade relativa, pois é a relação entre o desvio padrão e a média aritmética, multiplicada por 100. Sabendo que uma distribuição apresenta as seguintes estatísticas: S = 1,5 e CV = 2,5%, a média dessa distribuição é 51,72. ERRADA
III- O coeficiente de variação é uma medida de variabilidade relativa, pois é a relação entre o desvio padrão e a média aritmética, multiplicada por 100. Sabendo que uma distribuição apresenta as seguintes estatísticas: S = 1,5 e CV = 2,5%, a média dessa distribuição é 50. ERRADA
IV- O coeficiente de variação é uma medida de variabilidade relativa, pois é a relação entre o desvio padrão e a média aritmética, multiplicada por 100. Sabendo que uma distribuição apresenta as seguintes estatísticas: S = 1,5 e CV = 2,5%, a média dessa distribuição é 59,52. ERRADA
V- As variáveis nos estudos estatísticos são os valores que assumem determinadas características dentro de uma pesquisa e podem ser classificadas em qualitativas ou quantitativas. CORRETA
VI- Em estatística, antes de se iniciar um estudo, é muito importante conhecer com quais variáveis estamos lidando. Elas podem ser divididas em quantitativas e qualitativas. CORRETA
FONTE: Disponível em: . Acesso em: 3 ago. 2018.
51-O desvio padrão é uma medida que nos mostra quanto os valores de uma variável estão dispersos com relação à média. De acordo com esta informação, podemos analisar os resultados da Avaliação Institucional de três Polos de Apoio Presencial da UNIASSELVI ocorridos consecutivamente durante os semestres 2012/1, 2011/2 e 2011/1. Ciclo avaliativo A (2012/1): 1108, 1138, 1044. Ciclo avaliativo B (2011/2): 332, 323, 408. Ciclo avaliativo C (2011/1): 708, 699, 805. FONTE: Dados fictícios. Sobre o desvio padrão, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas: 
( V ) O ciclo avaliativo B apresenta o menor desvio padrão. 
( F ) O ciclo avaliativo A apresenta o menor desvio padrão. 
( F ) O ciclo avaliativo C apresenta o menor desvio padrão. 
( F ) Os três ciclos avaliativos apresentam o mesmo desvio padrão.
52-Uma empresa de terceirização pretende analisar alguns quesitos dos seus serviços prestados. Sabendo que a empresa possui uma carteira de aproximadamente 900 clientes, para se atingir um nível de confiança superior a 96%, analise as sentenças a seguir: 
I- Não é possível realizar a pesquisa por amostragem, em virtude de que o universo de pesquisa é muito pequeno. ERRADA
II- É necessária uma amostra mínima de 332 clientes, cujo estimador representa 37%. ERRADA
III- É necessária uma amostra mínima de 369 clientes, cujo estimador representa 41%. CORRETA
IV- É necessária uma amostra mínima de 625 clientes, cujo estimador representa 69%. ERRADA
53-Para apresentar os gastos escolares mensais, por família, de uma pequena cidade, um pesquisador elaborou o histograma a seguir. Observando esse histograma, analise as sentenças a seguir: 
I- 72% das famílias têm gastos escolares inferiores a R$ 200,00. CORRETA
II- 50% das famílias têm gastos escolares superiores a R$ 200,00. ERRADA
III- 12% das famílias têm gastos escolares entre R$ 300,00 e R$ 400,00 reais. ERRADA
IV- 46% das famílias têm gastos escolares de R$ 100,00, no mínimo, mas inferiores a R$ 300,00. CORRETA
 
54-A Comissão Própria de Avaliação da UNIASSELVI (CPA) tem por responsabilidade organizar, a cada semestre, a Avaliação Institucional a partir da qual busca conhecer a opinião dos atores pedagógicos de todos os Polos de Apoio Presencial do Brasil sobre várias dimensões (por exemplo: infraestrutura e qualidade dos atendimentos). De acordo com os dados das últimas avaliações, verificou-se a média e o desvio padrão da participação dos atores, conforme dados a seguir. Com base nesses dados, a partir do coeficiente de variação, analise as sentenças a seguir: 
I- O ciclo B tem a maior variabilidade e a menor média. CORRETA
II- O ciclo D tem menor variabilidade e a pior média. ERRADA
III- O ciclo A tem a maior média e a menor variabilidade. ERRADA
IV- O ciclo C tem a menor variabilidade e a maior média. ERRADA
 
55-As séries estatísticas são todas tabelas que apresentam a distribuição de um conjunto de dados quantitativos em função da época, do local ou da espécie. Com elas, podemos apresentar dados de forma sintética e compreensível. Também podemos classificá-las como séries históricas ou cronológicas, geográficas, específicas ou categóricas. Sobre as séries geográficas, analise as opções a seguir: 
I- Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. CORRETA
II- Pato, Marreco, Ganso e Cisne. ERRADA
III- Verão, Outono, Inverno e Primavera. ERRADA
IV- Matemática, Física, Química e Biologia. ERRADA
V- Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai e Venezuela. CORRETA
56-Existem dois tipos de amostragem: probabilística e não probabilística. A amostragem será probabilística se todos os elementos da população tiverem probabilidade conhecida, e diferente de zero, de pertencer à amostra.
Caso contrário, a amostragem será não probabilística. Uma amostragem não probabilística é obtida quando o acesso a informações não é tão simples ou os recursos forem limitados, assim o pesquisador faz uso de dados que estão mais a seu alcance, é a chamada amostragem por conveniência. Sobre a amostragem probabilística, avalie as asserções a seguir: 
I- A utilização de uma amostragem probabilística é a melhor recomendação que se deve fazer no sentido de garantir a representatividade da amostra. 
PORQUE 
II- O acaso é o único responsável por eventuais discrepâncias entre população e amostra. 
Assinale a alternativa CORRETA: 
FONTE: CORREA, Sonia Maria Barros Barbosa. Probabilidade e estatística. 2. ed. Belo Horizonte: PUC Minas Virtual, 2003. 
( ) As duas asserções são proposições verdadeiras, mas a segunda não é uma justificativa da primeira. 
( X ) As duas asserções são proposições verdadeiras, e a segunda é uma justificativa correta da primeira. 
( ) A primeira asserção é uma proposição verdadeira, e a segunda é falsa. 
( ) A primeira asserção é uma proposição falsa, e a segunda é verdadeira.

Teste o Premium para desbloquear

Aproveite todos os benefícios por 3 dias sem pagar! 😉
Já tem cadastro?

Outros materiais

Outros materiais