A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
102 pág.
Dir. Trabalho - TRT3 aula 01

Pré-visualização | Página 13 de 21

JUDICIÁRIO_ÁREA JUDICIÁRIA_2014) Os direitos dos 
trabalhadores urbanos e rurais foram inscritos no título da Constituição Federal 
dedicado a enunciar os direitos e garantias fundamentais. Tal posicionamento 
sugere, sob certa perspectiva, a qualificação desses direitos como direitos 
fundamentais da pessoa humana. 
Nesse sentido, o constituinte acabou por estendê-los, em grande medida, a 
outras categorias de trabalhadores, a exemplo dos servidores públicos e dos 
trabalhadores domésticos. No caso dos servidores públicos, o texto constitucional 
determina a extensão, dentre outros, dos seguintes direitos: 
(A) jornada de seis horas para o trabalho realizado em turnos ininterruptos de 
revezamento; proteção do mercado de trabalho da mulher, mediante incentivos 
específicos; e proteção do salário na forma da lei, constituindo crime sua retenção 
dolosa. 
(B) jornada de seis horas para o trabalho realizado em turnos ininterruptos de 
revezamento; proibição de distinção entre trabalho manual, técnico e intelectual 
ou entre os profissionais respectivos; e assistência gratuita aos filhos e 
 
 Direito do Trabalho p/ TRT3 (Minas Gerais) 
Teoria e Questões Comentadas 
Prof. Mário Pinheiro / Prof. Antonio Daud Jr ± 
Aula 01 
 
 
 
Prof. Mário Pinheiro / 
Prof. Antonio Daud Jr www.estrategiaconcursos.com.br Página 68 de 101 
 
 
dependentes desde o nascimento até cinco anos de idade em creches e pré-
escolas. 
(C) remuneração do trabalho noturno superior à do diurno; proibição de distinção 
entre trabalho manual, técnico e intelectual ou entre os profissionais respectivos; 
e licença à gestante, sem prejuízo do emprego e do salário, com a duração de 
cento e vinte dias. 
(D) garantia de salário, nunca inferior ao mínimo, para os que percebem 
remuneração variável; proteção em face da automação; e salário-família pago em 
razão do dependente do trabalhador de baixa renda. 
(E) proteção do mercado de trabalho da mulher, mediante incentivos específicos; 
remuneração do trabalho noturno superior à do diurno; e salário-família pago em 
razão do dependente do trabalhador de baixa renda. 
 
 Gabarito (E) 
 
 Esta questão está numa zona de interseção entre o Direito do Trabalho e o 
Direito Administrativo. Como não podemos correr riscos de que este assunto não 
seja visto por vocês, resolvemos incluí-la na lista desta aula. 
 
 A questão aborda o art. 39, § 3º, da CF (alterado pela EC 19/1998). 
Vejamos: 
Aplica-se aos servidores ocupantes de cargo público o disposto no art. 7º, 
IV, VII, VIII, IX, XII, XIII, XV, XVI, XVII, XVIII, XIX, XX, XXII e XXX, 
podendo a lei estabelecer requisitos diferenciados de admissão quando a 
natureza do cargo o exigir. 
 
 Segue a lista dos direitos sociais constitucionalmente assegurados aos 
servidores públicos: 
 
IV - salário mínimo , fixado em lei, nacionalmente unificado, capaz de 
atender a suas necessidades vitais básicas e às de sua família com moradia, 
alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e 
previdência social, com reajustes periódicos que lhe preservem o poder 
aquisitivo, sendo vedada sua vinculação para qualquer fim; 
 
VII - garantia de salário, nunca inferior ao mínimo, para os que percebem 
remuneração variável; 
 
 
 Direito do Trabalho p/ TRT3 (Minas Gerais) 
Teoria e Questões Comentadas 
Prof. Mário Pinheiro / Prof. Antonio Daud Jr ± 
Aula 01 
 
 
 
Prof. Mário Pinheiro / 
Prof. Antonio Daud Jr www.estrategiaconcursos.com.br Página 69 de 101 
 
 
VIII - décimo terceiro salário com base na remuneração integral ou no 
valor da aposentadoria; 
 
IX ± remuneração do trabalho noturno superior à do diurno; 
 
XII - salário-família pago em razão do dependente do trabalhador de 
baixa renda nos termos da lei; (Redação dada pela Emenda Constitucional 
nº 20, de 1998) 
 
XIII - duração do trabalho normal não superior a oito horas diárias e 
quarenta e quatro semanais, facultada a compensação de horários e a 
redução da jornada, mediante acordo ou convenção coletiva de trabalho; 
(vide Decreto-Lei nº 5.452, de 1943) 
 
XV - repouso semanal remunerado, preferencialmente aos domingos; 
 
XVI - remuneração do serviço extraordinário superior, no mínimo, em 
cinquenta por cento à do normal; (Vide Del 5.452, art. 59 § 1º) 
 
XVII - gozo de férias anuais remuneradas com, pelo menos, um terço a 
mais do que o salário normal; 
 
XVIII - licença à gestante, sem prejuízo do emprego e do salário, com a 
duração de cento e vinte dias; 
 
XIX - licença-paternidade, nos termos fixados em lei; 
 
XX - proteção do mercado de trabalho da mulher, mediante incentivos 
específicos, nos termos da lei; 
 
XXII - redução dos riscos inerentes ao trabalho, por meio de normas 
de saúde, higiene e segurança; 
 
XXX - proibição de diferença de salários, de exercício de funções e de 
critério de admissão por motivo de sexo, idade, cor ou estado civil; 
 
 Portanto, a CF/88 NÃO estendeu aos servidores: a proibição de distinção 
entre trabalho manual, técnico e intelectual ou entre os profissionais respectivos; 
 
 Direito do Trabalho p/ TRT3 (Minas Gerais) 
Teoria e Questões Comentadas 
Prof. Mário Pinheiro / Prof. Antonio Daud Jr ± 
Aula 01 
 
 
 
Prof. Mário Pinheiro / 
Prof. Antonio Daud Jr www.estrategiaconcursos.com.br Página 70 de 101 
 
 
proteção em face da automação; ou jornada de seis horas para o trabalho 
realizado em turnos ininterruptos de revezamento, citados na questão. 
 
 
 
33. (FCC_TRT2_ANALISTA JUDICIÁRIO_ÁREA ADMINISTRATIVA_2014) É direito 
constitucional assegurado aos trabalhadores: 
(A) Licença paternidade de quinze dias. 
(B) Seguro contra acidentes do trabalho, a cargo do empregador, sem excluir a 
indenização a que este está obrigado, quando incorrer em dolo ou culpa. 
(C) Repouso semanal remunerado, concedido sempre aos domingos. 
(D) Participação nos lucros, ou resultados, calculada sobre a remuneração do 
trabalhador. 
(E) Assistência gratuita aos filhos e dependentes desde o nascimento até seis 
anos de idade em creches e pré-escolas. 
 
 Gabarito (B) 
 
 Voltando aos trabalhadores CLT, observamos alguns erros nas assertivas 
em relação aos incisos do art. 7º da Constituição Federal. Vejamos: 
 
 - a duração da licença paternidade fixada na Constituição é de 5 dias 
(ADCT, art. 10, § 1º); 
 - o Repouso semanal remunerado deve ser preferencialmente aos 
domingos (e não sempre!); 
 - a participação nos lucros ou resuOWDGRV� p� ³desvinculada da 
remuneração´��FRQIRUPH�WH[WR�FRQVWLWXFLRQDO� 
 - a assistência gratuita aos filhos e dependentes vai do nascimento até os 
5 anos de idade, e não mais até seis (por força da EC 53/2006). 
 
 
34. (FCC_TRT15_TÉCNICO JUDICIÁRIO_ÁREA ADMINISTRATIVA_2013) No 
tocante às fontes do Direito, considere: 
I. Fontes formais são as formas de exteriorização do direito, como por exemplo, 
as leis e costumes. 
II. A sentença normativa é uma fonte heterônoma do Direito do Trabalho, assim 
como regulamento unilateral de empresa. 
III. A Convenção Coletiva de Trabalho, quanto à origem, classifica-se como uma 
fonte estatal. 
 
 Direito do Trabalho p/ TRT3 (Minas Gerais) 
Teoria e Questões Comentadas 
Prof. Mário Pinheiro / Prof. Antonio Daud Jr ± 
Aula 01 
 
 
 
Prof. Mário Pinheiro / 
Prof. Antonio Daud Jr www.estrategiaconcursos.com.br Página 71 de 101 
 
 
IV. A Convenção Coletiva de Trabalho, quanto à vontade das partes, classifica-se 
como imperativa. 
Está correto o que se afirma APENAS em 
(A) I e IV. 
(B) I, II e III. 
(C) II, III e IV. 
(D) I e II. 
(E) II e IV. 
 
 Gabarito (D) 
 
Assertiva I: 
 As fontes classificam-se