A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
PAPER - A IMPORTANCIA DE CUSTOS NA FORMAÇÃO DE PREÇO

Pré-visualização | Página 1 de 2

A IMPORTÂNCIA DE CUSTOS NA FORMAÇÃO DE PREÇOS.
1. INTRODUÇÃO
	Atualmente no mundo dos negócios, o consumidor está cada vez mais exigente e com isso as empresas tendem a se enquadra nessa nova realidade. O ambiente competitivo se tornou uma luta de peixes grandes contra peixes pequenos, e no final ganha aquele que estiver mais preparado. A boa gestão dentro da empresa faz com que estejam prontos para oscilações e mutações. Não basta apenas pensar em produzir, o planejamento com relação ao impacto de custo é essencial para alavancar no mercado conquistando vantagens. 
	Diante disso é de suma importância que as empresas tenham um controle eficiente sobre seus custos, dando-lhes a oportunidade de realizarem suas atividades do dia a dia, bem como o cumprimento de seus compromissos financeiros, além de subsidiarem qualquer tomada de decisão (ATKINSON; KAPLAN; MATSUMURA; YOUNG, 2015).
2. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
	Começando pelo primórdio de uma boa gestão, a importância de se capacitado vai alem de qualquer característica de um bom gestor. A competitividade no mercado cresce constantemente e com isso gestores de empresas devem atenta-se para adotar medidas que proporcionam aumento de lucro e otimizar seus custos. As corporações, de um modo geral, carecem de ferramentas que as auxiliem a se sustentarem de maneira lucrativa em relação aos seus concorrentes.
“Á medida que as economias evoluem, uma proporção cada vez maior de suas atividade se concentra na produção de serviços [...]. Muitas ofertas ao mercado consistem em um mix variável de bens e serviços.” (KOTLER, 2000, p. 25)
	A partir disso, sabe-se que a importância de custo na formação de preço é imprescindível. Desde um microempreendedor até as grandes industrias essa relação de organização tem se cumprido a um bom resultado final. Ser preparado para grandes mudanças ou mesmo para gerenciar o seu negocio é de fundamental importância. Saber organizar seus custos é a base para manter a saúde financeira da empresa sempre positiva. De acordo com Silva e Mendonça (2011), as informações de custos representam uma importante ferramenta para os gestores enfrentarem os problemas relacionados a mensuração, avaliação e controle dos seus gastos, e também no que diz respeito ao seu planejamento na busca de resultados mais realistas. Informações sobre custos auxiliam na busca por problemas ou situações imprevistas e são úteis como subsídio em processos decisórios (BORNIA, 2010).
	Hoje, para fazer um custeio eficiente é primordial que se adote um markup compatível com a realidade da empresa. Para esse controle eficaz dos custos é preciso documentar todas as informações, como atualizar planilhas com dados essenciais de controle de custos e despesas, como também de lucratividade e rentabilidade para ter clareza de cada saldo, seja ele positivo ou negativo. Partindo sobre o ponto de execução, análise, monitoramento e correção, o sucesso de nosso alvo é garantido. 
MARTINS, 2000 apud LIPPEL, 2002; p. 10 afirma que: Para sobreviver nesse mercado cada vez mais competitivo, as empresas precisam perseguir e alcançar altos níveis de qualidade, eficiência e produtividade, eliminando desperdícios e reduzindo custos. Assim, é necessário que os gestores recebam informações precisas e atualizadas para um apoio eficaz ao processo decisório.
	As empresas têm buscado cada vez mais por políticas de formação de preços para seus produtos, visando estar sempre à frente da concorrência, e mantendo-se no mercado (BRUNI 2009). O acompanhamento de perto de tudo o que se ocorre na empresa, faz do empreendedor um grande gestor. Saber fazer orçamento sobre os custos e ter conhecimento sobre as despesas fixas podem ajudar a diminuir o valor bruto do produto final levando assim a uma margem de lucro maior. Sendo assim como fazer ?  Usando a formula do Markup que é: 
Markup = 100 / [100 – (DV + DF + LP)]
DV = percentual das despesas variáveis;
DF = percentual das despesas fixas;
LP = percentual do lucro desejado.
Figura 1.
Figura 2.
https://www.sistemaparaconfeccao.com.br/calcular-preco-de-venda/
	As imagens acima são uma estrutura genérica que pode ser aplicada a qualquer negócio. Identifique os custos, as despesas e verifique o lucro viável para seu serviço ou produto, assim
	O preço passado para os clientes deve cobrir seus gastos e ainda proporcionar lucro. Ele garante que preço final do produto cubra todos os gastos fixos e variáveis, chegando assim a um produto com valor adequado ao cliente sem que a margem de lucro seja menor do que o esperado. O fato é que quando se da um preço ao produto, estamos passando ao nosso cliente, os custos, despesas, o tempo de trabalho e esforço e com isso saberemos se a proposta do valor é de agrado de todos.
	Deve sempre se pensar no Cliente, pois sua opinião do produto e valor do mesmo é de suma importância. Analisar também seus concorrentes e como tudo se está em sua volta, demanda, preços e logística. A importância do custo é que não importa se sua empresa é nova ou mais velha no mercado sempre haverá riscos associados a tomadas de decisões equivocadas e a Gestão de Custos e Despesas pode ajudar a ter bons resultados em tempo de crises. 
	Com o controle de custos as empresas podem se manter no mercado mesmo com queda nas vendas, com isso as empresas tendem a equilibrar o preço de venda diminuindo custos diretos, despesas fixas ou ainda aceitar um lucro líquido menor. “Somente empresas centradas nos clientes são verdadeiramente capazes de construir clientes, e não apenas produtos, e são hábeis em engenharia de mercados, não apenas em engenharia de produtos.” (KOTLER, 2000, p.56)
chegará a seu preço de venda justo. “Além do custo monetário, o custo total para o cliente inclui os custos de tempo, de energia física e psíquicos do comprador, que leva em conta esses custos juntamente com o custo monetário para formar um quadro do custo total para o cliente.” (KOTLER, 2000, p.57).
3. METODOLOGIA
	
	A presente pesquisa está sendo realizada utilizando recursos de sites confiáveis e conceituados, bem como administradores.com.br, Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e debates entre os integrantes do grupo, investigando o impacto dos custos no mercado apresentando a grande importância em ter um gestor capacitado para desenvolver melhorias necessárias na formação de preço e mostrando exemplos de pontos positivos e negativos.
	Segundo Martins (2008), existem três elementos básicos que formam o custo de um produto: materiais diretos, mão de obra direta e custos indiretos de fabricação. Verificou-se assim por meio de analise de conteúdo, a importância de uma boa gestão objetiva para a formação de preço como valor unitário de matéria prima + mão de obra + encargos, igualando em um preço justo compatível com o mercado. o método como os dados são recolhidos servem para quais quer tipos de empresa.
4. RESULTADOS E DISCUSSÕES
	O presente trabalho explica a importância de se capacitar para ajudar a empresa em todas as situações, seja ela em momentos de glórias ou momentos críticos como o atual, onde a procura para itens não essenciais decaiu. Calcular o preço de venda através de margens coerentes e o mais importante, onde o markup é uma saída rápida para calcular o preço de venda, porém pode não ser tão eficaz. Tudo se dará clareza com a realidade da empresa em que se está. 
	Está pesquisa é de fundamental importância para avaliarmos o nível de competência de seus gestores e assim no desenvolvimento da economia dentro e fora das empresas ou pequenos negócios. Quando se faz uma pesquisa para empresas, a missão é descobrir como melhor ajudar a organização. Sabendo que Custos são os valores gastos diretamente na aquisição/elaboração do produto e/ou na execução de um serviço, a formação de preço então é a maneira de criar um preço que cubra todos os custos do produto e que ainda proporcione o retorno desejado pela empresa. 	
REFERÊNCIAS
ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 6023. Informação e documentação – Referências – Elaboração.