Buscar

Exercício de Relações Étnicos Raciais e a Desigualdade Social no Brasil -90 EXERCICIOS(COMPLETO)

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 66 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 66 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 9, do total de 66 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

Exercício de Relações Étnicos Raciais e a Desigualdade Social no Brasil - Exercício de Fixação 1 - Tentativa 1 de 3
Questão 1 de 10
Do ponto de vista biológico, a utilização do termo ______________para grupos culturais humanos é inadequada, uma vez que essas raças indicam diferenças genéticas expressivas e, entre seres humanos, apesar de diferenças fenotípicas, ou seja, de aparência, não existem diferenças genéticas significativas.
A - Raça.
check_circle
Resposta correta
B - Etnia.
C - Característica.
D - Cor da pele.
E - Diversidade.
Questão 2 de 10
A proibição da escravização dos povos originários ocorreu ainda no século XVI. Já a proibição do tráfico negreiro e a extinção da escravidão ocorreram ao longo do século XIX. Mesmo com a proibição legal, essa forma de trabalho de africanos, afro-brasileiros e indígenas seguiu sendo utilizada. 
Analise as afirmativas e assinale aquela que apresenta a(s) afirmativa(s) correta(s):
I – A ilegalidade da escravidão contava com a conveniência e a omissão das autoridades, principalmente quanto à impunidade.
II – A escravidão africana seguiu sendo empregada após a proibição do tráfico em função da rentabilidade econômica para os grandes latifundiários e mineradores.
III – Africanos, afro-brasileiros e indígenas preferiam seguir trabalhando como escravizados, práticas que reproduziam em suas comunidades originárias.
Qual(is) afirmativas está(ão) correta(s)?​​​​​​​
A - I, II e III.
B - II e III.
C - III.
D - I e II.
check_circle
Resposta correta
E - I.
Questão 3 de 10
Para a ________________________________, a situação pós-abolição foi muito difícil, pela inexistência de políticas que compensassem a escravização e pela discriminação que seguiu existindo após o término da escravidão. O legado da escravidão seguiu se manifestando na forma de greves e outros meios de contestação coletiva, além da elaboração de relações de ajuda mútua com outros escravos e com negros livres. As maneiras de estabelecer relações com os poderosos, de resistir à exploração e de negociar com patrões foram todas moldadas pela experiência da escravidão. 
Assinale a alternativa que preenche corretamente a lacuna:
A - População imigrante.
B - População branca.
C - População negra.
check_circle
Resposta correta
D - População asiática.
E - População feminina.
Questão 4 de 10
Racismo é um crime que fere a dignidade humana. De acordo com um dos mais influentes sociólogos brasileiros, Florestan Fernandes, para que pessoas de diferentes etnias possam ter oportunidades de vida semelhantes, já que, num Estado democrático, não há diferenças entre os cidadãos perante a lei, é necessário que as instituições:
A - Ofereçam políticas públicas para a promoção da igualdade social, uma vez que o racismo, no Brasil, tem recorte de classe.​​​​​​​
check_circle
Resposta correta
B - Ofereçam igualdade religiosa, já que o racismo é fomentado por disputas de poder no campo religioso.​​​​​​​
C - Ofereçam igualdade política, já que o racismo é produto das disputas hegemônicas de poder​​​​​​​.
D - Ofereçam igualdade cultural, porque a homogeneização da sociedade promove equilíbrio e diminuição de tensões identitárias​​​​​​​.
E - Ofereçam igualdade socioespacial, uma vez que a não existência de espaços periféricos anularia a construção simbólica de identidades privilegiadas..
Questão 5 de 10
Quando falamos da diversidade e do processo de miscigenação presente em nossa cultura brasileira, sabe-se que, no Brasil, durante o século XIX, vários teóricos, assim como diferentes teorias, buscavam explicar como se deu a formação do povo brasileiro. Nesse sentido, existiram teorias que defendiam a ideia de que aquilo que se é de um ponto de vista intelectual, moral e cultural estaria diretamente relacionado a características biológicas, ficando, portanto, a subjetividade do ser humano condicionada e determinada pela sua constituição física.
Com base nessas teorias, analise as afirmativas e assinale a resposta correta: 
I.	Determinismo Social
II.	Determinismo Intelectual
III.	Determinismo Biológico
Assinale a alternativa correta:
A - Somente a afirmativa I está correta.
B - Apenas as afirmativas II e III estão corretas.
C - Apenas as afirmativas I e II estão corretas.
D - Apenas a afirmativa III está correta.
check_circle
Resposta correta
E - As afirmativas I, II e III estão corretas.
6 de 10
Quando pensamos em desigualdades sociais no Brasil, não podemos desvincular das questões _______________________, ou seja, a desigualdade social no Brasil tem cor. Pertencer a um determinado grupo social e os impactos que isso tem na forma com que essa pessoa será tratada em termos de privilégios, desprivilégios e preterimentos. Foi um fator primordial para determinar os limites da ascensão e participação cidadã de negros e indígenas na vida social e política brasileira.
Marque a alternativa que preenche corretamente a lacuna: 
A - Feministas.
B - Latinoamericanas.
C - Infantojuvenis.
D - Étnico-racial.
check_circle
Resposta correta
E - Patriarcais. 
Questão 7 de 10
Os conflitos étnicos tendem a evoluir para conflitos armados separatistas quando:
A - Existe uma disputa ideológica em territórios distintos.
B - Existe uma disputa financeira num mesmo território.
C - Existe uma disputa por território.
check_circle
Resposta correta
D - Existe a disputa por uma colônia.
E - Existe uma disputa pela supremacia racial.
Questão 8 de 10
A ______________________ é a ciência que mais contribuiu para o surgimento de novos modos de pensar o debate de raça (ainda que inicialmente tenha partilhado muito das ideias conservadoras e racistas. Essas teorias juntamente com as teorias sociológicas, foram responsáveis pelo início da superação da ideia de raça que imperou no mundo até o século XIX. Essas teorias inauguraram a era da desconstrução dos antigos conceitos de superioridade de raça e a conceituação do termo que prevalece na atualidade: a desigualdade de raça, enquanto uma construção social, criada no berço do capitalismo europeu. 
Marque a alternativa que completa corretamente a lacuna:
A - Sociologia.
B - Ciência humana.
C - Antropologia.
check_circle
Resposta correta
D - História.
E - Biologia.
cancel
Respondida
Questão 9 de 10
Quando pensamos no Egito antigo ou nos lembramos de filmes hollywoodianos, automaticamente remetemos à imagem de atores brancos. Há uma negação de que o povo egípcio tenha sido uma civilização negra. O mundo ocidental, ao perceber o protagonismo de produção material e intelectualidade desta civilização, ignorou que esta produção e conhecimentos eram de séculos anteriores e passaram a reproduzir a ideia de que os antigos egípcios eram brancos. Há registros de tentativas de apagar traços de imagens, estátuas e monumentos que apresentavam traços negros, rostos foram desfigurados na tentativa de manter invisível a existência de um Egito antigo negro.
Neste sentido, assinale a alternativa que apresenta a justificativa para esta manipulação acerca das características raciais do povo egípcio:
A - Justificar a superioridade da raça branca e inferiorizar a raça negra, deixando demarcado o povo branco pelos feitos na civilização.
check_circle
Resposta correta
B - Demarcar o branqueamento racial que estava sendo estabelecido naquela civilização.
C - Deixar claro que os povos europeus eram responsáveis por ensinarem os egípcios e, consequentemente, terem influenciado em seus feitos.
D - Justificar a superioridade dos povos egípcios em relação a todo conhecimento até então produzido no mundo ocidental.
E - Demarcar as diferenças entre as raças e estabelecer a hierarquização que deveria organizar as relações entre os povos. 
Questão 10 de 10
No século XVI, a palavra raça era utilizada para classificar e diferenciar os grupos de animais. Nos séculos XVIII e XIX, começou a ser utilizada para classificar seres humanos a partir de suas características físicas. Classificações essas usadas até hoje: brancos, amarelos, vermelhos e negros. Essas diferenciações e hierarquizações entre seres humanos eram baseadas em duas teorias quebuscavam explicar as diferenças a partir da origem humana. Assinale a alternativa que apresenta corretamente essas duas teorias:
A - Monogamia e Poligamia.
B - Monogenia e Poligenia.
check_circle
Resposta correta
C - Monogamia e Heterogenia.
D - Homogenia e Heterogenia.
E - Poligamia e Monogamia.
Exercício de Relações Étnicos Raciais e a Desigualdade Social no Brasil - Exercício de Fixação 1 - Tentativa 2 de 3
Questão 1 de 10
Sobre a formação de grupos étnicos raciais, sabe-se que o Brasil é um país muito rico quando falamos da sua diversidade populacional constituída por índios, brancos e negros, ou seja, da sua diversidade étnico racial. Nesse sentido, em relação ao surgimento e da formação da miscigenação da nossa sociedade, sabe-se que houve também um período de eliminação da população negra e indígena. Acerca da justificativa da eliminação da população negra e indígena, segundo as teorias eugenistas, analise as afirmativas e assinale a resposta correta:
A - Ocorreu por meio da imigração dos franceses. 
B - Ocorreu por meio da miscigenação e imigração dos turcos no Brasil. 
C - Ocorreu por meio da miscigenação e morte dos indígenas. 
D - Ocorreu por meio da miscigenação, imigração e branqueamento. 
check_circle
Resposta correta
E - Ocorreu por meio da miscigenação, imigração mas não houve o branqueamento. 
Questão 2 de 10
Para a ________________________________, a situação pós-abolição foi muito difícil, pela inexistência de políticas que compensassem a escravização e pela discriminação que seguiu existindo após o término da escravidão. O legado da escravidão seguiu se manifestando na forma de greves e outros meios de contestação coletiva, além da elaboração de relações de ajuda mútua com outros escravos e com negros livres. As maneiras de estabelecer relações com os poderosos, de resistir à exploração e de negociar com patrões foram todas moldadas pela experiência da escravidão. 
Assinale a alternativa que preenche corretamente a lacuna:
A - População imigrante.
B - População branca.
C - População negra.
check_circle
Resposta correta
D - População asiática.
E - População feminina.
Questão 3 de 10
Quando pensamos em desigualdades sociais no Brasil, não podemos desvincular das questões _______________________, ou seja, a desigualdade social no Brasil tem cor. Pertencer a um determinado grupo social e os impactos que isso tem na forma com que essa pessoa será tratada em termos de privilégios, desprivilégios e preterimentos. Foi um fator primordial para determinar os limites da ascensão e participação cidadã de negros e indígenas na vida social e política brasileira.
Marque a alternativa que preenche corretamente a lacuna: 
A - Feministas.
B - Latinoamericanas.
C - Infantojuvenis.
D - Étnico-racial.
check_circle
Resposta correta
E - Patriarcais. 
Questão 4 de 10
Sobre a produção de desigualdades étnico-raciais e os processos de colonização, assinale a alternativa correta:
A - Por terem descoberto territórios, os colonizadores tinham o direito de fazer o que quisessem com eles.
B - Os processos de colonização não afetaram as questões étnico-raciais, pois as culturas de cada grupo sempre foram respeitadas.
C - Ao colonizarem o Brasil, os portugueses procuraram estabelecer relações harmônicas entre os índios e os negros, tratando-os de forma igualitária.
D - O colonizador, enquanto conquistador de novos territórios, impôs sua cultura e seu entendimento sobre o mundo aos demais grupos conquistados e explorados.
check_circle
Resposta correta
E - Os processos coloniais não se associam diretamente às questões étnico-raciais, pois, na época, essas discussões não existiam.
Questão 5 de 10
A partir do ponto de vista biológico, a atribuição do conceito de raça aos seres humanos é:
A - Adequada, pois há diferenças genéticas significativas entre seres humanos, dividindo-os em subespécies.
B - Inadequada, pois há diferenças genéticas significativas entre seres humanos, dividindo-os em subespécies.
C - Parcialmente inadequada, pois as diferenças culturais podem ter origens biológicas.
D - Inadequada, pois não há diferenças genéticas significativas entre seres humanos, dividindo-os em subespécies.
check_circle
Resposta correta
E - Adequada, pois não há diferenças genéticas significativas entre seres humanos, dividindo-os em subespécies.
Questão 6 de 10
​​​​​​​​​​​​​"Da análise dessas vivências, emerge o retrato de uma classe senhorial prepotente e frequentemente arbitrária, mais sobretudo ardilosa: uma classe que brande a força e o favor para prender o cativo na armadilha de seus próprios anseios. Dentro de certos limites, os senhores estimulam a formação de laços de parentesco entre seus escravos e instituem, junto com a ameaça e a coação, um sistema diferencial de incentivos - no intuito de tornar cativos dependentes e reféns de suas próprias solidariedades e projetos domésticos." (SLENES, 1997, p. 236).
A partir dos anos de 1850, com a abolição do tráfico de escravos, ações abolicionistas foram tomadas pelo governo imperial. Assinale a alternativa que apresenta a informação correta, baseada neste contexto:
A - A afirmativa aborda a importância do pagamento das compensações monetárias pelas alforrias obrigatórias. Dessa forma, os antigos senhores de escravos poderiam empregar seus ex-escravizados. 
B - A afirmativa discute como o relacionamento entre negros libertos e os seus antigos senhores fez parte da organização social brasileira com a aprovação das leis abolicionistas. 
C - A afirmativa trabalha a complexidade das relações humanas dentro do contexto do abolicionismo, haja vista que a assinatura da Lei Áurea não significou a absorção dos negros na sociedade. 
check_circle
Resposta correta
D - A afirmativa afirma que a classe senhorial conseguiu estabelecer relações cotidianas com os antigos escravos e isso contribuiu para o desenvolvimento econômico do País, que sofreu com as leis abolicionistas.
E - A afirmativa aborda a dificuldade dos senhores de escravos em se adaptarem a uma nova realidade sem a mão de obra escrava. A contratação de trabalhadores livres afetou os orçamentos domésticos dos senhores de escravos.
Questão 7 de 10
O debate da ___________________das relações sociais faz referência ao fato de que o lugar de origem, o tipo de socialização e as condições de acesso de uma pessoa podem ser determinados pelo fator racial. Desta forma, compreende-se que pertencer a uma determinada raça, tem desdobramentos sociais extremos, principalmente, no que diz respeito a acessos e não acessos, a privilégios ou desprivilégios e as desigualdades de todos os tipos. 
Marque a alternativa que preenche adequadamente a lacuna:
A - Racialização.
check_circle
Resposta correta
B - Democratização.
C - Homogeneização.
D - Tipificação.
E - Especificação. 
Questão 8 de 10
Até o século XIX, o termo raça era utilizado para diferenciar espécies de animais e de diferentes grupos de humanos, a partir de suas características físicas (asiáticos, negros, brancos, indígenas, etc). Neste período da história, duas ideias de cunho religioso se sobrepunham a concepção de raça e, em ambas, naturalizava-se a superioridade de uma raça sobre a outra, vejamos:
 1. A monogenia defendia a ideia de que todos os seres-humanos teriam a mesma origem (Deus criador), mas os diferentes (principalmente, negros e indígenas), eram resultados da degeneração, ou seja, um tipo de castigo divino que podia ser observado a olho nu. 
2. A poligenia versava sobre a ideia de que os seres humanos descendiam de diferentes linhagens. Procurava explicações, principalmente em relação à intelectualidade, como se descendêssemos, por exemplo, de diferentes tipos de Adão, uns mais inteligentes que outros. 
Sobre essas duas ideias, é correto o que se afirma em:
 A - Ambas as teorias afirmam que a origem do homem é a partir da evolução do animal. 
B - Ambas as concepções reforçavam a ideia de superioridade de uma raça sobre a outra. 
check_circle
Resposta correta
C - Ambas as concepções acreditam que as mulheres são seres inferiores e devemter direitos diferentes.
D - Ambas as teorias refutam a existência de uma raça superior e afirmam a criação pela imagem e semelhança de Deus.
cancel
Respondida
E - Ambas as concepções trazem a importância da miscigenação existente no Brasil.
Questão 9 de 10
No contexto brasileiro, além da Eupora, dos Estados Unidos e da América Latina, em pleno século XIX, surge um movimento que ficou conhecido como “movimento higienista”, responsável também por fazer uma reforma social. Para além de tratar a saúde, esse movimento passou a tratar a saúde moral dos habitantes, contribuindo para o estabelecimento de políticas interventivas e práticas sanitárias.
Em relação ao movimento higienista, analise as sentenças a seguir e assinale a alternativa correta:
Foi responsável por fazer uma reforma social, controlando as doenças venéreas, diminuindo a prostituição e disseminando a educação sexual.
Tratava da questão moral dos habitantes das cidades que estavam crescendo devido ao processo de industrialização.
O movimento higienista tinha como foco tratar questões de saúde física, não tratava as questões morais da sociedade.
Assinale a alternativa correta:
A - Apenas a afirmativa I está correta.
B - Apenas as afirmativas II e III estão corretas.
C - Apenas as afirmativas I e II estão corretas.
check_circle
Resposta correta
D - Apenas a afirmativa III está correta.
E - As afirmativas I, II e III estão corretas. 
Questão 10 de 10
A construção social trata de um conjunto de valores, símbolos, regras e normas que definem a forma como enxergamos a realidade, ou seja, delineiam a visão de mundo de uma sociedade. Assim, a ideia de que cada grupo humano era nomeado como raça foi construída, aceita, ou melhor, implementada socialmente na Europa no século XIX, ou até mesmo um pouco antes disso. Com base em que as pessoas negras eram julgadas, rotuladas?
A - Com base na família que faziam parte e o que essas famílias representavam na sociedade.
B - Com base na quantidade de bens materiais e riquezas que possuíam.
C - Com base na religião que as pessoas seguiam, eram separadas conforme suas crenças e fé.
D - Com base na classificação por gênero, e suas limitações biológicas. 
E - Com base na cor de suas peles, no tipo de cabelo, nos estigmas que acompanham suas características.
check_circle
Resposta correta
Exercício de Relações Étnicos Raciais e a Desigualdade Social no Brasil - Exercício de Fixação 1 - Tentativa 3 de 3
Questão 1 de 10
Os conflitos étnicos tendem a evoluir para conflitos armados separatistas quando:
A - Existe uma disputa ideológica em territórios distintos.
B - Existe uma disputa financeira num mesmo território.
C - Existe uma disputa por território.
check_circle
Resposta correta
D - Existe a disputa por uma colônia.
E - Existe uma disputa pela supremacia racial.
Questão 2 de 10
Quando pensamos em desigualdades sociais no Brasil, não podemos desvincular das questões _______________________, ou seja, a desigualdade social no Brasil tem cor. Pertencer a um determinado grupo social e os impactos que isso tem na forma com que essa pessoa será tratada em termos de privilégios, desprivilégios e preterimentos. Foi um fator primordial para determinar os limites da ascensão e participação cidadã de negros e indígenas na vida social e política brasileira.
Marque a alternativa que preenche corretamente a lacuna: 
A - Feministas.
B - Latinoamericanas.
C - Infantojuvenis.
D - Étnico-racial.
check_circle
Resposta correta
E - Patriarcais. 
Questão 3 de 10
No século XVI, a palavra raça era utilizada para classificar e diferenciar os grupos de animais. Nos séculos XVIII e XIX, começou a ser utilizada para classificar seres humanos a partir de suas características físicas. Classificações essas usadas até hoje: brancos, amarelos, vermelhos e negros. Essas diferenciações e hierarquizações entre seres humanos eram baseadas em duas teorias que buscavam explicar as diferenças a partir da origem humana. Assinale a alternativa que apresenta corretamente essas duas teorias:
A - Monogamia e Poligamia.
B - Monogenia e Poligenia.
check_circle
Resposta correta
C - Monogamia e Heterogenia.
D - Homogenia e Heterogenia.
E - Poligamia e Monogamia.
Questão 4 de 10
Racismo é um crime que fere a dignidade humana. De acordo com um dos mais influentes sociólogos brasileiros, Florestan Fernandes, para que pessoas de diferentes etnias possam ter oportunidades de vida semelhantes, já que, num Estado democrático, não há diferenças entre os cidadãos perante a lei, é necessário que as instituições:
A - Ofereçam políticas públicas para a promoção da igualdade social, uma vez que o racismo, no Brasil, tem recorte de classe.​​​​​​​
check_circle
Resposta correta
B - Ofereçam igualdade religiosa, já que o racismo é fomentado por disputas de poder no campo religioso.​​​​​​​
C - Ofereçam igualdade política, já que o racismo é produto das disputas hegemônicas de poder​​​​​​​.
D - Ofereçam igualdade cultural, porque a homogeneização da sociedade promove equilíbrio e diminuição de tensões identitárias​​​​​​​.
E - Ofereçam igualdade socioespacial, uma vez que a não existência de espaços periféricos anularia a construção simbólica de identidades privilegiadas.
Questão 5 de 10
Sobre a produção de desigualdades étnico-raciais e os processos de colonização, assinale a alternativa correta:
A - Por terem descoberto territórios, os colonizadores tinham o direito de fazer o que quisessem com eles.
B - Os processos de colonização não afetaram as questões étnico-raciais, pois as culturas de cada grupo sempre foram respeitadas.
C - Ao colonizarem o Brasil, os portugueses procuraram estabelecer relações harmônicas entre os índios e os negros, tratando-os de forma igualitária.
D - O colonizador, enquanto conquistador de novos territórios, impôs sua cultura e seu entendimento sobre o mundo aos demais grupos conquistados e explorados.
check_circle
Resposta correta
E - Os processos coloniais não se associam diretamente às questões étnico-raciais, pois, na época, essas discussões não existiam.
Questão 6 de 10
Do ponto de vista biológico, a utilização do termo ______________para grupos culturais humanos é inadequada, uma vez que essas raças indicam diferenças genéticas expressivas e, entre seres humanos, apesar de diferenças fenotípicas, ou seja, de aparência, não existem diferenças genéticas significativas.
A - Raça.
check_circle
Resposta correta
B - Etnia.
C - Característica.
D - Cor da pele.
E - Diversidade.
Questão 7 de 10
A ______________________ é a ciência que mais contribuiu para o surgimento de novos modos de pensar o debate de raça (ainda que inicialmente tenha partilhado muito das ideias conservadoras e racistas. Essas teorias juntamente com as teorias sociológicas, foram responsáveis pelo início da superação da ideia de raça que imperou no mundo até o século XIX. Essas teorias inauguraram a era da desconstrução dos antigos conceitos de superioridade de raça e a conceituação do termo que prevalece na atualidade: a desigualdade de raça, enquanto uma construção social, criada no berço do capitalismo europeu. 
Marque a alternativa que completa corretamente a lacuna:
A - Sociologia.
B - Ciência humana.
C - Antropologia.
check_circle
Resposta correta
D - História.
E - Biologia.
Questão 8 de 10
Para a ________________________________, a situação pós-abolição foi muito difícil, pela inexistência de políticas que compensassem a escravização e pela discriminação que seguiu existindo após o término da escravidão. O legado da escravidão seguiu se manifestando na forma de greves e outros meios de contestação coletiva, além da elaboração de relações de ajuda mútua com outros escravos e com negros livres. As maneiras de estabelecer relações com os poderosos, de resistir à exploração e de negociar com patrões foram todas moldadas pela experiência da escravidão. 
Assinale a alternativa que preenche corretamente a lacuna:
A - População imigrante.
B - População branca.
C - População negra.
check_circle
Resposta correta
D - População asiática.
E - População feminina.
Questão9 de 10
A proibição da escravização dos povos originários ocorreu ainda no século XVI. Já a proibição do tráfico negreiro e a extinção da escravidão ocorreram ao longo do século XIX. Mesmo com a proibição legal, essa forma de trabalho de africanos, afro-brasileiros e indígenas seguiu sendo utilizada. 
Analise as afirmativas e assinale aquela que apresenta a(s) afirmativa(s) correta(s):
I – A ilegalidade da escravidão contava com a conveniência e a omissão das autoridades, principalmente quanto à impunidade.
II – A escravidão africana seguiu sendo empregada após a proibição do tráfico em função da rentabilidade econômica para os grandes latifundiários e mineradores.
III – Africanos, afro-brasileiros e indígenas preferiam seguir trabalhando como escravizados, práticas que reproduziam em suas comunidades originárias.
Qual(is) afirmativas está(ão) correta(s)?​​​​​​​
A - I, II e III.
B - II e III.
C - III.
D - I e II.
check_circle
Resposta correta
E - I.
Questão 10 de 10
A abolição da escravidão na América Latina ocorreu em diferentes momentos, de maneira gradual. O primeiro país a decretar o fim da escravidão foi o recém-independente Haiti e o último, o Brasil, apenas em 1888. Contudo, desde meados do século XIX, a maior parte da população africana ou afro-americana já era livre, o que levou as elites governantes a desenvolverem políticas específicas para resolver problemas oriundos das relações étnicas. Naquele momento, a solução implementada foi um processo de __________________________e "europeização" da população, com a vinda de imigrantes brancos e a importação de valores culturais europeus.
Assinale a alternativa que preenche corretamente a lacuna:
A - Branqueamento.
check_circle
Resposta correta
B - Distinção das raças.
C - Separação.
D - Miscigenação. 
cancel
Respondida
E - Aglomeração.
Exercício de Relações Étnicos Raciais e a Desigualdade Social no Brasil - Exercício de Fixação 2 - Tentativa 1 de 3
Questão 1 de 10
Em relação à segregação racial, na mídia brasileira e em todo o país, assistimos cenas que chocaram o mundo, dentre elas, destaca-se a ocorrida em 2014, quando o esportista Mário Lúcio Duarte Costa, mais conhecido como Aranha, goleiro do time do Santos, foi chamado de macaco em rede nacional por uma torcedora do Grêmio.
Assinale a afirmativa correta que representa o nome da situação ocorrida com o goleiro Aranha:
A - Vitima esportiva. 
B - Vitima de calúnia. 
C - Vitima de argumentação. 
D - Vitima de socialização. 
E - Vítima de Racismo. 
check_circle
Resposta correta
Questão 2 de 10
A interseccionalidade é uma das ferramentas teóricas que auxiliam e muito na compreensão das desigualdades, uma vez que estas são multifacetárias, sendo um conceito teórico que consiste na habilidade de perceber as diferentes dimensões de uma desigualdade, a forma de dominação ou discriminação presentes numa determinada área do conhecimento. Portanto, sobre a interseccionalidade, como ferramenta teórica, é correto afirmar:
A - Que ela é uma ferramenta teórica que não permite aprofundar a análise das diferenças sociais.
B - Que ela é uma ferramenta teórica que permite transformar o conceito de desigualdade num outro conceito denominado de igualdade de classes.
C - Que ela é uma ferramenta teórica que permite uma melhor compreensão de que as desigualdades não se resumem a apenas uma dimensão, mas permite compreender, também, a forma de dominação e discriminação de uma área do conhecimento.
check_circle
Resposta correta
D - Que ela é uma ferramenta teórica que permite perceber a diferença entre desigualdade material e desigualdade econômica.
E - Que ela é uma ferramenta linguística que permite dividir o conceito de desigualdade do ponto de vista de seu significado etimológico. 
Questão 3 de 10
Assistimos no Brasil e ainda nos tempos atuais, desde o processo histórico quando ocorreu o chamado “branqueamento”, com a miscigenação ou pelo incentivo à imigração de europeus para o país no século XIX, a invisibilidade da população negra. Neste contexto, algumas etnias ainda sofrem com padrões estéticos que lhe são preestabelecidos.
Assinale a alternativa correta, que apresenta o termo utilizado ainda nos dias atuais para promover a discriminação de pessoas ou etnias, a partir da aparência expressa nos corpos:
A - Brasileirismo. 
B - Estruturalismo. 
C - Branquismo. 
D - Diversidade. 
E - Racismo. 
check_circle
Resposta correta
Questão 4 de 10
No decorrer do processo histórico brasileiro, houve um período de perversidade com a população negra, de ideias pautadas no determinismo biológico, na cor, na raça, e em padrões de como o corpo negro era visto e tratado. Foi um período de segregação dos direitos da população negra em nosso país.
Assinale a afirmativa correta que define em que período esse processo ocorreu: 
A - Período da Escravidão. 
check_circle
Resposta correta
B - Período da Geração. 
C - Período da Produção. 
D - Período da População. 
E - Período da Expressão.
Questão 5 de 10
A obra Casa Grande e Senzala, produzida por Gilberto Freire, em 1933, influenciou por muito tempo o pensamento da sociedade brasileira no que diz respeito ao entendimento das relações étnico-raciais. A obra foi responsável por consagrar o autor no território nacional e internacional, visto que Gilberto Freire afirmava que a relação entre os colonizadores portugueses e os africanos escravizados era de caráter cooperativo e recíproco. Na visão do autor, eram relações sociais de mutualidade, onde as diferentes culturas se entrelaçaram e criaram novos sentidos de vida. 
Vejamos esta análise ao olhar do próprio autor: 
 “A influência africana fervendo sob a europeia e dando um acre requeime a vida sexual, a alimentação, a religião; o sangue mouro ou negro correndo por uma grande população brancarana quando não predominando em regiões de gente escura; o ar da África, um ar quente, oleoso, amolecendo nas instituições e nas formas de cultura as durezas germânicas, corrompendo a rigidez moral e doutrinária da igreja medieval; tirando os ossos ao cristianismo, ao feudalismo, à arquitetura gótica, à disciplina canônica, ao direito visigótico, ao latim, ao próprio caráter do povo. A Europa reinando mas sem governar, governando antes a África”. (FREIRE, 1933). 
 
Esta visão das relações étnico-raciais de Gilberto Freire foi muito criticada a partir da década de 60 e, na atualidade, sequer podem ser ouvidas pelos estudiosos que se dedicam à compreensão das relações originárias do sistema escravocrata, visto que entendem que o autor foi um dos principais influenciadores da construção da ideia de que existe uma democracia racial no Brasil. 
Dentro desse contexto, localize dentre as afirmativas a seguir, a sentença que apresenta outro motivo pelo qual Gilberto Freire é criticado por muitos estudiosos da atualidade:
A - A obra Casa Grande e Senzala sofre diversas críticas devido ao fato de que o autor apresentou apenas o lado dos portugueses, não apresentando relatos sobre a experiência do povo negro no período retratado. 
B - Gilberto Freire é criticado por não ter apresentado dados quantitativos que comprovassem a existência de uma democracia racial. Conforme explicitado no enunciado, a ausência de dados da época, enfraqueceu sua teoria. 
C - O autor é bastante criticado pelo fato de que suas teorias reafirmam a naturalização do racismo estrutural, principalmente porque na obra Casa Grande Senzala ele afirma que o processo de escravização foi brando e cooperativo. 
check_circle
Resposta correta
D - Não existe comprovação de que existem críticas sobre a obra que consagrou Gilberto Freire, pois Casa Grande e Senzala é uma obra premiada no mundo todo, portanto, o que existe são estudos que complementam a teorização do autor. 
E - A obra Casa Grande e Senzala, publicada em 1996, apresenta uma análise da sociedade brasileira que tem sido bastante criticada pelos estudos mais atuais acerca das relações étnico-raciais. 
Questão 6 de 10
A democracia racial no Brasil é um _______________. A construção que ocorreu a partir dasobras de Gilberto Freyre mascararam a _______________ das relações entre _______________ e populações _______________ . Desse modo, sabe-se que a miscigenação no país ocorreu de forma violenta, não havendo escravidão _______________ .
Marque a alternativa que preenche a lacuna adequadamente:
A - Mito - brutalidade - portugueses - negras e indígenas - branda.
check_circle
Resposta correta
B - Conceito teórico - naturalidade - portugueses - negras e indígenas - branda.
C - Mito - naturalidade - portugueses - negras e indígenas - branda.
D - Mito - brutalidade - negros - populações indígenas - branda.
E - Conceito teórico - brutalidade - portugueses - negras e indígenas - branda.
Questão 7 de 10
O racismo e a crença equivocada de que não há racismo no Brasil são dois grandes inimigos na luta por uma sociedade mais justa. Assim, como a homofobia e a misoginia, o racismo é um entrave para que se forme uma sociedade brasileira baseada nos pilares democráticos da igualdade e da liberdade. É inegável que há uma ideologia racista que permanece até os dias atuais e, além disso, há um racismo velado, que mantém a população negra distante de exercer e acessar seus direitos de forma plena em nosso país. Esse racismo velado é conceituado como: 
A - Racismo branco.
B - Racismo internacional.
C - Racismo estrutural.
check_circle
Resposta correta
D - Racismo negro.
E - Racismo geracional. 
Questão 8 de 10
Analise as afirmações a seguir e assinale a alternativa correta:
 
Quando se fala de desigualdades, atualmente, já existe um consenso de que tal termo não diz respeito apenas às diferenças sociais do ponto de vista material. A realidade social nos dá, diariamente, mostras do quão multifacetadas são estas desigualdades, que podem ter relação com raça, gênero, sexualidade, classe social, níveis de instrução, status social com base na questão profissional, aproximação com o padrão de beleza, entre outros aspectos, cujas diferenças são expressas com base naquilo que os indivíduos ganham ou perdem socialmente levando em consideração o lugar que ocupam. No que diz respeito às perdas, elas podem variar desde a não integração a espaços privilegiados, falta de acesso e limitação das oportunidades até a violência e morte.
 Portanto,
 Afirmar que existem diferentes tipos de desigualdades, assim como evidenciar que elas têm implicações diferentes na vida das pessoas pressupõe desconsiderar algumas de suas faces, minimizando-as. A interseccionalidade, ao contrário do que afirmam alguns autores, não tem como intenção buscar compreender como cada fator que promove desigualdade pode atuar de forma articulada a outros fatores, igualmente promotores de desigualdades, e como poderão atuar de forma somática na vida dos indivíduos. 
A - A primeira afirmação está correta, e a segunda está incorreta.
check_circle
Resposta correta
B - Ambas afirmações estão corretas, e a segunda é uma justificativa adequada da primeira.
cancel
Respondida
C - A primeira afirmação está incorreta, e a segunda está correta .
D - Ambas afirmações estão corretas, mas a segunda não é uma justificativa adequada da primeira.
E - Ambas afirmações estão incorretas.
Questão 9 de 10
Sobre o racismo no Brasil, ainda nos tempos atuais, temos a impressão de que vivemos um ranço histórico do período da escravidão, colocando nossa população negra em condição secundária e discriminatória. Embora existam movimentos sociais que procuram desmistificar e desarticular toda e qualquer ideia, que venha reforçar atitudes racistas, existem outros mecanismos, cuja condição é formador de opinião, mas, muitas vezes, converte o agressor em vítima.
Dentro desse contexto, assinale a afirmativa correta que representa o mecanismo que exerce forte influência social sobre a sociedade e também é formador de opinião:
A - São os meios de condução. 
B - São os meios de construção. 
C - São os meios de socialização. 
D - São as ideias humanistas. 
E - São os meios de comunicação. 
check_circle
Resposta correta
Questão 10 de 10
"Sem a escravidão, a estrutura econômica brasileira não teria existido. O escravo foi a espinha dorsal da nova economia. Fazia crescer a riqueza do país, mas pagava com seu suor e sangue a apropriação de tudo pela aristocracia branca."
(Disponível em: https://www.geledes.org.br/democracia-racial-mito-ou-realidade/ Acesso em 14/10/2020).
Sobre o tema da democracia racial, analise as sentenças a seguir e assinale a alternativa correta:
A - O Brasil sempre foi um "paraíso racial," já que tem uma população extremamente miscigenada. 
B - Por não ter uma separação jurídica - como Estados Unidos e África do Sul já tiveram por exemplo - o Brasil saiu na frente no tocante à democracia racial.
C - A democracia racial brasileira sempre foi um exemplo de contribuição ao processo civilizatório da humanidade.
D - O processo de negação da desigualdade entre brancos e negros no Brasil é a evidência mais contundente do mito da democracia racial. 
check_circle
Resposta correta
E - A discussão racial é um tema já ultrapassado, pois todos são iguais perante à lei, conforme afirma a Constituição Brasileira de 1988.
Exercício de Relações Étnicos Raciais e a Desigualdade Social no Brasil - Exercício de Fixação 2 - Tentativa 2 de 3
Questão 1 de 10
No decorrer do processo histórico brasileiro, houve um período de perversidade com a população negra, de ideias pautadas no determinismo biológico, na cor, na raça, e em padrões de como o corpo negro era visto e tratado. Foi um período de segregação dos direitos da população negra em nosso país.
Assinale a afirmativa correta que define em que período esse processo ocorreu: 
A - Período da Escravidão. 
check_circle
Resposta correta
B - Período da Geração. 
C - Período da Produção. 
D - Período da População. 
E - Período da Expressão.
Questão 2 de 10
O racismo e a crença equivocada de que não há racismo no Brasil são dois grandes inimigos na luta por uma sociedade mais justa. Assim, como a homofobia e a misoginia, o racismo é um entrave para que se forme uma sociedade brasileira baseada nos pilares democráticos da igualdade e da liberdade. É inegável que há uma ideologia racista que permanece até os dias atuais e, além disso, há um racismo velado, que mantém a população negra distante de exercer e acessar seus direitos de forma plena em nosso país. Esse racismo velado é conceituado como: 
A - Racismo branco.
B - Racismo internacional.
C - Racismo estrutural.
check_circle
Resposta correta
D - Racismo negro.
E - Racismo geracional. 
Questão 3 de 10
A obra Casa Grande e Senzala, produzida por Gilberto Freire, em 1933, influenciou por muito tempo o pensamento da sociedade brasileira no que diz respeito ao entendimento das relações étnico-raciais. A obra foi responsável por consagrar o autor no território nacional e internacional, visto que Gilberto Freire afirmava que a relação entre os colonizadores portugueses e os africanos escravizados era de caráter cooperativo e recíproco. Na visão do autor, eram relações sociais de mutualidade, onde as diferentes culturas se entrelaçaram e criaram novos sentidos de vida. 
 Vejamos esta análise ao olhar do próprio autor: 
 “A influência africana fervendo sob a europeia e dando um acre requeime a vida sexual, a alimentação, a religião; o sangue mouro ou negro correndo por uma grande população brancarana quando não predominando em regiões de gente escura; o ar da África, um ar quente, oleoso, amolecendo nas instituições e nas formas de cultura as durezas germânicas, corrompendo a rigidez moral e doutrinária da igreja medieval; tirando os ossos ao cristianismo, ao feudalismo, à arquitetura gótica, à disciplina canônica, ao direito visigótico, ao latim, ao próprio caráter do povo. A Europa reinando mas sem governar, governando antes a África”. (FREIRE, 1933). 
 Esta visão das relações étnico-raciais de Gilberto Freire foi muito criticada a partir da década de 60 e, na atualidade, sequer podem ser ouvidas pelos estudiosos que se dedicam à compreensão das relações originárias do sistema escravocrata, vistoque entendem que o autor foi um dos principais influenciadores da construção da ideia de que existe uma democracia racial no Brasil. 
Dentro desse contexto, localize dentre as afirmativas a seguir, a sentença que apresenta outro motivo pelo qual Gilberto Freire é criticado por muitos estudiosos da atualidade:
A - A obra Casa Grande e Senzala sofre diversas críticas devido ao fato de que o autor apresentou apenas o lado dos portugueses, não apresentando relatos sobre a experiência do povo negro no período retratado. 
B - Gilberto Freire é criticado por não ter apresentado dados quantitativos que comprovassem a existência de uma democracia racial. Conforme explicitado no enunciado, a ausência de dados da época, enfraqueceu sua teoria. 
C - O autor é bastante criticado pelo fato de que suas teorias reafirmam a naturalização do racismo estrutural, principalmente porque na obra Casa Grande Senzala ele afirma que o processo de escravização foi brando e cooperativo. 
check_circle
Resposta correta
D - Não existe comprovação de que existem críticas sobre a obra que consagrou Gilberto Freire, pois Casa Grande e Senzala é uma obra premiada no mundo todo, portanto, o que existe são estudos que complementam a teorização do autor. 
E - A obra Casa Grande e Senzala, publicada em 1996, apresenta uma análise da sociedade brasileira que tem sido bastante criticada pelos estudos mais atuais acerca das relações étnico-raciais. 
Questão 4 de 10
Os estudos sociológicos brasileiros, produzidos na década de 60, sobre o racismo brasileiro, apresentaram um novo olhar sobre as relações étnicas no Brasil. Além de contestar as equivocadas ideias de que no país não havia desigualdade de raça, também trouxeram novos elementos que contribuíram muito para o desvelamento das desigualdades sociais brasileiras, principalmente com relação aos impactos do racismo estrutural na vida da população negra e da população indígena. Sobre os impactos analisados, os pesquisadores da Universidade de São Paulo afirmaram que: 
Sendo assim, analise as sentenças a seguir e assinale V se a sentença for verdadeira e F se a sentença for falsa:
( )A escravidão deve ser entendida como uma das instituições que mais teve influência na formação social brasileira.
( )As relações sociais brasileiras foram e ainda são determinadas pelo processo de escravidão.
( )Apesar do processo escravista ter marcado a história do país, o Brasil conseguiu implantar um democracia de raça.
( )A população negra foi historicamente excluída do acesso aos direitos considerados fundamentais à dignidade humana.
( )É inegável o fato de que a população negra foi usada como peça de engrenagem para manutenção do ideário capitalista.
A sequência correta é:
A - F, F, V, F, F
B - F, V, F, V, F
C - V, V, V, V, F
D - F, F, F, V, V
E - V, V, F, V, V
check_circle
Resposta correta
Questão 5 de 10
“A autoestima de hoje é o velho amor próprio de nossas avós e bisavós. O enfrentamento ao racismo cotidiano que afeta as mulheres negras e suas famílias, pelas quais elas são responsáveis, rouba-lhes o tempo e o espaço do cuidado consigo mesmas, enfraquecendo o amor próprio”. 
(Disponível em: https://www.geledes.org.br/afetividade-da-mulher-negra-parte-1/ Acesso em 30/09/2020)
Os padrões de beleza estabelecidos privilegiam, há séculos, mulheres brancas, já que a construção do imaginário social referente à afetividade está intrinsecamente ligada à branquitude. Dentro desse contexto, analise as sentenças a seguir e marque V para verdadeiras e F para falsas:
Sendo assim, analise as sentenças a seguir e assinale V se a sentença for verdadeira e F se a sentença for falsa:
( )A falta de representatividade de mulheres negras em contextos que formam o imaginário social - como em desenhos e filmes por exemplo - pode impactar na escolha de um parceira.
( )A objetificação do corpo de mulheres negras, com referências ao carnaval e ao samba, é algo natural da sociedade e não influencia no psicológico desse recorte da população.
( )Os relacionamentos inter-raciais são um desdobramento da política de branqueamento que ocorreu no Brasil.
( )Lélia Gonzalez afirma que as mulheres negras foram afastadas do chamado "mercado matrimonial".
( )Considerando os dados do IBGE e a miscigenação da população brasileira, percebe-se que a questão racial não é determinante na escolha de um parceiro, para a maioria dos brasileiros.
A sequência correta é:
A - V - F - V - V - F
check_circle
Resposta correta
B - V - V - V - V - F
C - V -F - V - V - V
cancel
Respondida
D - F - F - V - V - F
E - V -F - F - V - F 
Questão 6 de 10
Quando se analisa a desigualdade social no Brasil, há perspectivas teóricas que afirmam que ela existe apenas do ponto de vista material, desigualdade econômica, por exemplo. E perspectivas teóricas que afirmam que as desigualdades na sociedade não dizem respeito apenas às diferenças sociais do ponto de vista material. 
Dentro desse contexto, marque a alternativa que apresenta a perspectiva teórica mais adequada sobre a desigualdade no Brasil:
A - A desigualdade social marca nossa sociedade, sobretudo do ponto de vista econômico. Portanto, qualquer análise social precisa considerar esse aspecto como único referencial para abordar qualquer diferença percebida.
B - A desigualdade social não deve ser medida apenas pelas diferenças econômicas, mas deve ser compreendida por diferentes dimensões de análise.
check_circle
Resposta correta
C - A desigualdade social é um conceito inventado na academia para esconder o fato de que todos são iguais, mas nem todos aproveitam da mesma maneira as oportunidades concedidas.
D - A desigualdade social marcada, essencialmente, pela diferença econômica serve como referência para compreendermos que cada sujeito social está dividido em classes conforme sua escolha ou de sua família.
E - A desigualdade social é um termo ideológico e político, não podendo ser analisado por qualquer outra perspectiva que não seja apenas a liberal.
Questão 7 de 10
Em relação à segregação racial, na mídia brasileira e em todo o país, assistimos cenas que chocaram o mundo, dentre elas, destaca-se a ocorrida em 2014, quando o esportista Mário Lúcio Duarte Costa, mais conhecido como Aranha, goleiro do time do Santos, foi chamado de macaco em rede nacional por uma torcedora do Grêmio.
Assinale a afirmativa correta que representa o nome da situação ocorrida com o goleiro Aranha:
A - Vitima esportiva. 
B - Vitima de calúnia. 
C - Vitima de argumentação. 
D - Vitima de socialização. 
E - Vítima de Racismo. 
check_circle
Resposta correta
Questão 8 de 10
Sobre o racismo no Brasil, ainda nos tempos atuais, temos a impressão de que vivemos um ranço histórico do período da escravidão, colocando nossa população negra em condição secundária e discriminatória. Embora existam movimentos sociais que procuram desmistificar e desarticular toda e qualquer ideia, que venha reforçar atitudes racistas, existem outros mecanismos, cuja condição é formador de opinião, mas, muitas vezes, converte o agressor em vítima.
Dentro desse contexto, assinale a afirmativa correta que representa o mecanismo que exerce forte influência social sobre a sociedade e também é formador de opinião:
A - São os meios de condução. 
B - São os meios de construção. 
C - São os meios de socialização. 
D - São as ideias humanistas. 
E - São os meios de comunicação. 
check_circle
Resposta correta
Questão 9 de 10
Analise as afirmações a seguir e assinale a alternativa correta:
 O conceito de interseccionalidade põe em diálogo diferentes perspectivas de análise do que aparentemente é uma mesma expressão. Por exemplo, ao se estudar o tema de mulheres negras, coloca-se em diálogo a perspectiva de Gênero ( Mulheres), com a de Raça, (Negras). Pois bem, além disso, é possível ainda perceber como gênero e raça compõem o quadro social. 
 Portanto,
 A interseccionalidade permite pensar de forma mais completa a desigualdade de classe social, uma vez que, no caso do Brasil – um país visivelmente racista, no qual a cor da pele tem impacto na definiçãodo lugar social – a categoria classe social tem essa dimensão interseccional, que abarca a questão racial, bem como a questão de gênero.
A - A primeira afirmação está correta, e a segunda está incorreta. 
B - Ambas afirmações estão corretas, e a segunda é uma justificativa adequada da primeira.
check_circle
Resposta correta
C - A primeira afirmação está incorreta, e a segunda está correta.
D - Ambas afirmações estão corretas, mas a segunda não é uma justificativa adequada da primeira.
E - Ambas afirmações estão incorretas. 
Questão 10 de 10
"Como não serão integrados ao mercado, seja como consumidores ou como trabalhadores, jovens negros, pobres, moradores de periferia e minorias sexuais serão vitimados por fome, epidemias ou pela eliminação física promovida direta ou indiretamente (e.g. corte nos direitos sociais) pelo Estado. Enfim, no contexto da crise, o racismo é um elemento de racionalidade, de “normalidade” e que se apresenta como modo de integração possível de uma sociedade em que os conflitos tornam-se cada vez mais agudos."
(Disponível em: https://blogdaboitempo.com.br/2020/06/23/capitalismo-e-crise-o-que-o-racismo-tem-a-ver-com-isso/ Acesso em 29/09/2020).
O trecho destaca o posicionamento de um dos maiores intelectuais brasileiros da atualidade. Silvio de Almeida pesquisa e explica sobre o racismo estrutural e como o mito da democracia racial se estabeleceu no país. Considerando os seus estudos sobre as relações étnicos-raciais e a desigualdade social no Brasil, analise as afirmações abaixo e marque a alternativa correta:
Os grandes meios de comunicação, no contexto jornalístico, mantêm a imparcialidade no tocante a representação racial. Noticiando da mesma maneira um fato, independente de quem seja o sujeito.
Os estereótipos direcionados à população negra são frequentemente vistos no jornais, sendo a escolha do uso de palavras como "menor" e "traficante" comumente utilizadas para referir-se a um jovem negro.
A invisibilização da população negra na mídia pode ser maquiada com a inclusão de apenas alguns indivíduos de modo isolado, gerando uma falsa sensação de representatividade.
Assinale a alternativa correta:
A - As sentenças I, II e III estão corretas.
B - As sentenças I, II e III estão incorretas.
C - As sentenças I e II estão corretas.
D - As sentenças I e III estão corretas.
cancel
Respondida
E - As sentenças II e III estão corretas.
check_circle
Resposta correta
Exercício de Relações Étnicos Raciais e a Desigualdade Social no Brasil - Exercício de Fixação 2 - Tentativa 3 de 3
Questão 1 de 10
Quando se analisa a desigualdade social no Brasil, há perspectivas teóricas que afirmam que ela existe apenas do ponto de vista material, desigualdade econômica, por exemplo. E perspectivas teóricas que afirmam que as desigualdades na sociedade não dizem respeito apenas às diferenças sociais do ponto de vista material. 
Dentro desse contexto, marque a alternativa que apresenta a perspectiva teórica mais adequada sobre a desigualdade no Brasil:
A - A desigualdade social marca nossa sociedade, sobretudo do ponto de vista econômico. Portanto, qualquer análise social precisa considerar esse aspecto como único referencial para abordar qualquer diferença percebida.
B - A desigualdade social não deve ser medida apenas pelas diferenças econômicas, mas deve ser compreendida por diferentes dimensões de análise.
check_circle
Resposta correta
C - A desigualdade social é um conceito inventado na academia para esconder o fato de que todos são iguais, mas nem todos aproveitam da mesma maneira as oportunidades concedidas.
D - A desigualdade social marcada, essencialmente, pela diferença econômica serve como referência para compreendermos que cada sujeito social está dividido em classes conforme sua escolha ou de sua família.
E - A desigualdade social é um termo ideológico e político, não podendo ser analisado por qualquer outra perspectiva
Questão 2 de 10
"Sem a escravidão, a estrutura econômica brasileira não teria existido. O escravo foi a espinha dorsal da nova economia. Fazia crescer a riqueza do país, mas pagava com seu suor e sangue a apropriação de tudo pela aristocracia branca."
(Disponível em: https://www.geledes.org.br/democracia-racial-mito-ou-realidade/ Acesso em 14/10/2020).
Sobre o tema da democracia racial, analise as sentenças a seguir e assinale a alternativa correta:
A - O Brasil sempre foi um "paraíso racial," já que tem uma população extremamente miscigenada. 
B - Por não ter uma separação jurídica - como Estados Unidos e África do Sul já tiveram por exemplo - o Brasil saiu na frente no tocante à democracia racial.
C - A democracia racial brasileira sempre foi um exemplo de contribuição ao processo civilizatório da humanidade.
D - O processo de negação da desigualdade entre brancos e negros no Brasil é a evidência mais contundente do mito da democracia racial. 
check_circle
Resposta correta
E - A discussão racial é um tema já ultrapassado, pois todos são iguais perante à lei, conforme afirma a Constituição
Questão 3 de 10
Em relação à segregação racial, na mídia brasileira e em todo o país, assistimos cenas que chocaram o mundo, dentre elas, destaca-se a ocorrida em 2014, quando o esportista Mário Lúcio Duarte Costa, mais conhecido como Aranha, goleiro do time do Santos, foi chamado de macaco em rede nacional por uma torcedora do Grêmio.
Assinale a afirmativa correta que representa o nome da situação ocorrida com o goleiro Aranha:
A - Vitima esportiva. 
B - Vitima de calúnia. 
C - Vitima de argumentação. 
D - Vitima de socialização. 
E - Vítima de Racismo. 
check_circle
Resposta correta
Questão 4 de 10
“A autoestima de hoje é o velho amor próprio de nossas avós e bisavós. O enfrentamento ao racismo cotidiano que afeta as mulheres negras e suas famílias, pelas quais elas são responsáveis, rouba-lhes o tempo e o espaço do cuidado consigo mesmas, enfraquecendo o amor próprio”. 
(Disponível em: https://www.geledes.org.br/afetividade-da-mulher-negra-parte-1/ Acesso em 30/09/2020)
Os padrões de beleza estabelecidos privilegiam, há séculos, mulheres brancas, já que a construção do imaginário social referente à afetividade está intrinsecamente ligada à branquitude. Dentro desse contexto, analise as sentenças a seguir e marque V para verdadeiras e F para falsas:
Sendo assim, analise as sentenças a seguir e assinale V se a sentença for verdadeira e F se a sentença for falsa:
( )A falta de representatividade de mulheres negras em contextos que formam o imaginário social - como em desenhos e filmes por exemplo - pode impactar na escolha de um parceira.
( )A objetificação do corpo de mulheres negras, com referências ao carnaval e ao samba, é algo natural da sociedade e não influencia no psicológico desse recorte da população.
( )Os relacionamentos inter-raciais são um desdobramento da política de branqueamento que ocorreu no Brasil.
( )Lélia Gonzalez afirma que as mulheres negras foram afastadas do chamado "mercado matrimonial".
( )Considerando os dados do IBGE e a miscigenação da população brasileira, percebe-se que a questão racial não é determinante na escolha de um parceiro, para a maioria dos brasileiros.
A sequência correta é:
A - V - F - V - V - F
check_circle
Resposta correta
B - V - V - V - V - F
C - V -F - V - V - V
D - F - F - V - V - F
E - V -F - F - V - F 
Questão 5 de 10
"Como não serão integrados ao mercado, seja como consumidores ou como trabalhadores, jovens negros, pobres, moradores de periferia e minorias sexuais serão vitimados por fome, epidemias ou pela eliminação física promovida direta ou indiretamente (e.g. corte nos direitos sociais) pelo Estado. Enfim, no contexto da crise, o racismo é um elemento de racionalidade, de “normalidade” e que se apresenta como modo de integração possível de uma sociedade em que os conflitos tornam-se cada vez mais agudos."
(Disponível em: https://blogdaboitempo.com.br/2020/06/23/capitalismo-e-crise-o-que-o-racismo-tem-a-ver-com-isso/ Acesso em 29/09/2020).
O trecho destaca o posicionamento de um dos maiores intelectuais brasileirosda atualidade. Silvio de Almeida pesquisa e explica sobre o racismo estrutural e como o mito da democracia racial se estabeleceu no país. Considerando os seus estudos sobre as relações étnicos-raciais e a desigualdade social no Brasil, analise as afirmações abaixo e marque a alternativa correta:
Os grandes meios de comunicação, no contexto jornalístico, mantêm a imparcialidade no tocante a representação racial. Noticiando da mesma maneira um fato, independente de quem seja o sujeito.
Os estereótipos direcionados à população negra são frequentemente vistos no jornais, sendo a escolha do uso de palavras como "menor" e "traficante" comumente utilizadas para referir-se a um jovem negro.
A invisibilização da população negra na mídia pode ser maquiada com a inclusão de apenas alguns indivíduos de modo isolado, gerando uma falsa sensação de representatividade.
Assinale a alternativa correta:
A - As sentenças I, II e III estão corretas.
B - As sentenças I, II e III estão incorretas.
C - As sentenças I e II estão corretas.
D - As sentenças I e III estão corretas.
E - As sentenças II e III estão corretas.
check_circle
Resposta correta
Questão 6 de 10
A democracia racial no Brasil é um _______________. A construção que ocorreu a partir das obras de Gilberto Freyre mascararam a _______________ das relações entre _______________ e populações _______________ . Desse modo, sabe-se que a miscigenação no país ocorreu de forma violenta, não havendo escravidão _______________ .
Marque a alternativa que preenche a lacuna adequadamente:
A - Mito - brutalidade - portugueses - negras e indígenas - branda.
check_circle
Resposta correta
B - Conceito teórico - naturalidade - portugueses - negras e indígenas - branda.
C - Mito - naturalidade - portugueses - negras e indígenas - branda.
D - Mito - brutalidade - negros - populações indígenas - branda.
E - Conceito teórico - brutalidade - portugueses - negras e indígenas - branda.
Questão 7 de 10
A interseccionalidade é uma das ferramentas teóricas que auxiliam e muito na compreensão das desigualdades, uma vez que estas são multifacetárias, sendo um conceito teórico que consiste na habilidade de perceber as diferentes dimensões de uma desigualdade, a forma de dominação ou discriminação presentes numa determinada área do conhecimento. Portanto, sobre a interseccionalidade, como ferramenta teórica, é correto afirmar:
A - Que ela é uma ferramenta teórica que não permite aprofundar a análise das diferenças sociais.
B - Que ela é uma ferramenta teórica que permite transformar o conceito de desigualdade num outro conceito denominado de igualdade de classes.
C - Que ela é uma ferramenta teórica que permite uma melhor compreensão de que as desigualdades não se resumem a apenas uma dimensão, mas permite compreender, também, a forma de dominação e discriminação de uma área do conhecimento.
check_circle
Resposta correta
D - Que ela é uma ferramenta teórica que permite perceber a diferença entre desigualdade material e desigualdade econômica.
E - Que ela é uma ferramenta linguística que permite dividir o conceito de desigualdade do ponto de vista de seu significado etimológico. 
Questão 8 de 10
A obra Casa Grande e Senzala, produzida por Gilberto Freire, em 1933, influenciou por muito tempo o pensamento da sociedade brasileira no que diz respeito ao entendimento das relações étnico-raciais. A obra foi responsável por consagrar o autor no território nacional e internacional, visto que Gilberto Freire afirmava que a relação entre os colonizadores portugueses e os africanos escravizados era de caráter cooperativo e recíproco. Na visão do autor, eram relações sociais de mutualidade, onde as diferentes culturas se entrelaçaram e criaram novos sentidos de vida. 
 
Vejamos esta análise ao olhar do próprio autor: 
 “A influência africana fervendo sob a europeia e dando um acre requeime a vida sexual, a alimentação, a religião; o sangue mouro ou negro correndo por uma grande população brancarana quando não predominando em regiões de gente escura; o ar da África, um ar quente, oleoso, amolecendo nas instituições e nas formas de cultura as durezas germânicas, corrompendo a rigidez moral e doutrinária da igreja medieval; tirando os ossos ao cristianismo, ao feudalismo, à arquitetura gótica, à disciplina canônica, ao direito visigótico, ao latim, ao próprio caráter do povo. A Europa reinando mas sem governar, governando antes a África”. (FREIRE, 1933). 
 
Esta visão das relações étnico-raciais de Gilberto Freire foi muito criticada a partir da década de 60 e, na atualidade, sequer podem ser ouvidas pelos estudiosos que se dedicam à compreensão das relações originárias do sistema escravocrata, visto que entendem que o autor foi um dos principais influenciadores da construção da ideia de que existe uma democracia racial no Brasil. 
Dentro desse contexto, localize dentre as afirmativas a seguir, a sentença que apresenta outro motivo pelo qual Gilberto Freire é criticado por muitos estudiosos da atualidade:
A - A obra Casa Grande e Senzala sofre diversas críticas devido ao fato de que o autor apresentou apenas o lado dos portugueses, não apresentando relatos sobre a experiência do povo negro no período retratado. 
B - Gilberto Freire é criticado por não ter apresentado dados quantitativos que comprovassem a existência de uma democracia racial. Conforme explicitado no enunciado, a ausência de dados da época, enfraqueceu sua teoria. 
C - O autor é bastante criticado pelo fato de que suas teorias reafirmam a naturalização do racismo estrutural, principalmente porque na obra Casa Grande Senzala ele afirma que o processo de escravização foi brando e cooperativo. 
check_circle
Resposta correta
D - Não existe comprovação de que existem críticas sobre a obra que consagrou Gilberto Freire, pois Casa Grande e Senzala é uma obra premiada no mundo todo, portanto, o que existe são estudos que complementam a teorização do autor. 
E - A obra Casa Grande e Senzala, publicada em 1996, apresenta uma análise da sociedade brasileira que tem sido bastante criticada pelos estudos mais atuais acerca das relações étnico-raciais. 
Questão 9 de 10
Na história da constituição étnico-racial no Brasil, no século XIX, o processo de miscigenação “mistura de raças” ficou também conhecido como “branqueamento”. Conceito este que pode ser pensado de forma muito mais ampla, sendo estendido para a cultura e também para a grande invisibilização em que a população negra é submetida.
Dentro desse contexto, o que o termo branqueamento possibilitou compreender?
A - Possibilitou compreender as relações étnico-raciais no Brasil. 
check_circle
Resposta correta
B - Possibilitou compreender as relações das estruturas dominantes.
C - Possibilitou compreender as relações governamentais. 
D - Possibilitou compreender as relações estaduais. 
E - Possibilitou compreender as relações das autoridades. 
Questão 10 de 10
A obra Casa Grande e Senzala, produzida por Gilberto Freire em 1933, influenciou por muito tempo o pensamento da sociedade brasileira, no que diz respeito ao entendimento das relações étnico-raciais. As ideias do autor traziam o entendimento de que os brasileiros não enxergavam uns aos outros através da lente da raça e não abrigavam o preconceito racial em relação uns aos outros. Essa teoria foi motivo de orgulho por muitos anos em território nacional, pois se propagou a ideia de que o Brasil não era um país racista e que, portanto, aqui era o paraíso da cidadania para todos. Contudo, essas ideias foram refutadas na década de 60, por um grupo de pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP), visto que suas pesquisas identificavam uma realidade contrária da propagada por Gilberto Freire. Dito de outro modo, os novos estudos trouxeram novos modos de ver as relações raciais brasileiras, visto que ao estudar os impactos do processo escravista, comprovaram a inexistência da democracia racial no Brasil. Quais foram os sociólogos brasileiros responsáveis pelas pesquisas que refutaram as ideias de Gilberte Freire sobre as relaçõesétnico-raciais brasileiras? Analise as sentenças e marque V para verdadeiras e F para falsas:
Sendo assim, analise as sentenças a seguir e assinale V se a sentença for verdadeira e F se a sentença for falsa:
( )Florestan Fernandes
( )Octavio Ianni
( )Paulo Freire
( )Renato Jardim Moreira
( )Fernando Henrique Cardoso
A sequência correta é:
A - F, F, V, F, F. 
B - V, F, V, F, V. 
C - V, F, F, F, V. 
D - V, V, F, V, V. 
check_circle
Resposta correta
E - F, V, V, V, F. 
Exercício de Relações Étnicos Raciais e a Desigualdade Social no Brasil - Exercício de Fixação 3 - Tentativa 1 de 3
Questão 1 de 10
A estética corporal possui um poder de empoderamento muito grande, por apresentar aquilo que julga ser o bonito e desejável, levando a sociedade a adotar um único modelo de beleza, em detrimento de todos os outros. Ultimamente a mídia, de modo geral, tem despertado para a necessidade de respeitar as diferenças, de mostrar a beleza do negro, permitindo um certo empoderamento nunca visto no Brasil. Mas nem sempre foi assim!
Dentro desse contexto, analise as sentenças a seguir e marque a alternativa correta:
Durante muito tempo o corpo negro foi discriminado, desvalorizado, estereotipado e tratado com um racismo explícito. 
Porque
Aos corpos negros eram atribuídos feiura, tendência ao crime, hipersexualização, força bruta e falta de inteligência.
A respeito dessas asserções, assinale a opção correta:
A - A primeira afirmação está correta, e a segunda está incorreta.
B - A primeira afirmação está incorreta, e a segunda está correta.
C - As duas afirmações estão corretas, mas a segunda não é uma justificativa adequada da primeira.
cancel
Respondida
D - As duas afirmações estão corretas, e a segunda é uma justificativa adequada da primeira.
check_circle
Resposta correta
E - As duas afirmações estão incorretas. 
Questão 2 de 10
O sistema de cotas raciais nas universidades públicas brasileiras foi uma conquista dos movimentos sociais. Ela faz parte de um movimento global, pois a partir do século XX, em diversos países do mundo, as minorias começaram a reivindicar uma maior inserção na sociedade, de modo a alcançarem o conceito pleno de cidadania.
Sobre o sistema de cotas raciais nas universidades públicas brasileiras, avalie as sentenças a seguir e marque a alternativa correta:
No Brasil, somente a partir do século XXI, é que as reivindicações dos movimentos negros começaram a ser atendidas, como as cotas raciais.
No Brasil, há o mito da igualdade racial, que nega o racismo estrutural e que defende que todos possuem as mesmas condições de acesso às universidades públicas.
Depois de muita luta, o sistema de cotas raciais foi aprovado e implantado em 2004 na Universidade de Brasília.
Um dos argumentos usados por aqueles que defendem as cotas raciais nas universidades públicas, é que ela visa uma reparação histórica para a comunidade negra.
Assinale a alternativa correta:
A - Estão corretas apenas as sentenças I, e IV.
B - Estão corretas apenas as sentenças II e III.
C - Estão corretas apenas as sentenças I e III.
D - Estão corretas apenas as sentenças III e IV.
E - Todas as sentenças estão corretas.
check_circle
Resposta correta
Questão 3 de 10
Nos últimos tempos, observou-se que várias empresas estão se esforçando para aumentar a diversidade entre seus funcionários, atrelando o marketing de seus produtos a modelos negros ou indígenas, reforçando a diversidade racial e reconhecendo que existem consumidores além dos brancos em nossa sociedade.
Dentro desse contexto, analise as sentenças e marque a alternativa correta:
As grandes empresas que defendem a diversidade não objetivam o empoderamento dos negros e dos índios brasileiros.
Porque
A maioria das grandes empresas pertence a pessoas brancas, que visam lucrar mais criando e fornecendo produtos para estes grupos antes marginalizados, dentro de uma estratégia empresarial, capitalista.
A respeito dessas asserções, assinale a opção correta:
A - A primeira afirmação está correta, e a segunda está incorreta. 
B - As duas afirmações estão corretas, e a segunda é uma justificativa adequada da primeira.
check_circle
Resposta correta
C - A primeira afirmação está incorreta, e a segunda está correta.
D - As duas afirmações estão corretas, mas a segunda não é uma justificativa adequada da primeira.
E - As duas afirmações estão incorretas.
Questão 4 de 10
Considere as seguintes afirmações:
Grande parte dos trabalhadores permaneceu em uma relação de poder e dominação, tanto econômica quanto ideológica, com relação ao grande proprietário. No caso das classes populares rurais, por exemplo, essas continuaram sob o jugo dos proprietários de terras, servindo inclusive como massa de manobra política destes, pois eram obrigadas a votar em políticos que favoreciam os proprietários em troca da manutenção de pequenos favores.
 Dessa maneira, como consequência,
 A porcentagem de trabalhadores subjugados pelos sentimentos de lealdade pessoal para com o proprietário de terras e de consequente fidelidade aos chefes políticos por ele apoiados, é bastante superior à porcentagem de trabalhadores já tomados pelo sentimento de cidadania, isto é, de liberdade civil e de independência política.
 A partir dessas afirmações, assinale a alternativa correta:
A - A primeira afirmação está correta, e a segunda está incorreta. 
B - Ambas afirmações estão corretas, e a segunda é uma justificativa adequada da primeira. 
check_circle
Resposta correta
C - A primeira afirmação está incorreta, e a segunda está correta. 
D - Ambas afirmações estão corretas, mas a segunda não é uma justificativa adequada da primeira. 
cancel
Respondida
E - Ambas afirmações estão incorretas. 
Questão 5 de 10
O acesso dos negros à educação no Brasil foi bastante prejudicado pelo mito da ______________________ racial. Porém, a partir da década de 70, tendo como patrono ________________ dos Palmares, o movimento negro foi se solidificando até o estabelecimento do dia da __________________ negra, em oposição ao dia 13 de maio, dia em que se comemora a ___________________ da escravidão.
Marque a alternativa que preenche corretamente as lacunas:
A - Igualdade, José, emancipação, abolição. 
B - Democracia, quilombo, consciência, instituição.
C - Diferença, Lundú, revolta, afirmação.
D - Democracia, Zumbi, consciência, abolição.
check_circle
Resposta correta
E - Igualdade, Maria, afirmação, perpetuação.
Questão 6 de 10
A partir de 2004, quando os primeiros negros entraram na Universidade de Brasília através de cotas raciais, muitos outros também acessaram o ensino superior, pois o sistema de cotas foi ampliado para outras universidades públicas. Mas, estudiosos sobre o assunto afirmam que a simples entrada dos jovens negros nas universidades não é garantia de permanência até a formatura, por diversos motivos.
Dentro desse contexto, analise as afirmações e depois marque a alternativa correta:
Os alunos cotistas raciais enfrentam dificuldades que não são atendidas em sua plenitude pelas instituições de ensino.
Porque
Os cotistas não possuem capacidade intelectual para frequentar uma universidade.
A respeito dessas asserções, assinale a opção correta:
A - A primeira afirmação está correta, e a segunda está incorreta.
check_circle
Resposta correta
B - A primeira afirmação está incorreta, e a segunda está correta.
C - As duas afirmações estão corretas, mas a segunda não é uma justificativa adequada da primeira.
D - As duas afirmações estão corretas e a segunda é uma justificativa adequada da primeira.
cancel
Respondida
E - As duas afirmações estão incorretas.
Questão 7 de 10
Nos Estados Unidos, os negros se uniram para ajudar os empreendedores da sua comunidade a terem sucesso, seja comprando os produtos que eles vendiam, seja utilizando os serviços oferecidos. Isto acabou criando uma sólida classe média, que conseguiu enviar seus filhos para boas escolas e depois para as Universidades, de modo que atualmente há negros inseridos em quase todas as áreas da sociedade norte-americana. 
Sobre o empoderamento dos negros norte-americanos,analise as afirmações e assinale a alternativa correta:
A - A Maçonaria estimulou o empreendedorismo dos negros norte-americanos.
B - O empoderamento dos negros norte-americanos foi fruto de iniciativas individuais.
C - Não há negro bem-sucedido nos Estados Unidos.
D - O empoderamento dos negros norte-americanos contou com o espírito de coletividade.
check_circle
Resposta correta
E - O empoderamento dos negros norte-americanos não teve ajuda da religião.
Questão 8 de 10
O racismo institucional interfere na qualidade de vida da população negra e indígena, impedindo que a equidade torne-se uma realidade no atendimento dessa parcela considerável da população, uma vez que atualmente são tratadas de maneira diferenciada, levando-se em consideração os estereótipos que as acompanham na vida social.
Leia as seguintes afirmativas e assinale a alternativa correta:
I. A população negra sofre pela desigualdade em relação às pessoas brancas, em uma sociedade em que ela busca inclusão, não só por estar muito presente no espaço urbano e compartilhar mais da cultura moderna, ocidental, mas por requerer essa integração social.
II. A população indígena sofre com a desigualdade dentro de uma sociedade em que ela não busca necessariamente integração, mas minimamente um tratamento equitativo.
III. Há um maior número de mortalidade infantil entre pessoas negras e indígenas comparado com pessoas brancas.
IV. O número de suicídios tem aumentado entre jovens negros, enquanto se mantém estável entre jovens brancos.
A - Apenas as afirmativas I e III estão corretas. 
cancel
Respondida
B - Apenas a afirmativa II está correta. 
C - As afirmativas I, II, III, IV estão corretas. 
check_circle
Resposta correta
D - Apenas as afirmativas III e IV estão corretas. 
E - Apenas as afirmativas I, II e III estão corretas.
Questão 9 de 10
O racismo é uma realidade inegável da sociedade brasileira. Ele impediu por muito tempo que a população negra tivesse acesso à educação, e quando isto ocorreu, verificou-se que faltavam políticas públicas que promovessem a permanência dos alunos nas escolas, devido aos fatores econômicos, importante item na discriminação da população negra no Brasil. Se na Educação Básica existia dificuldades, na Educação Superior os desafios eram bem maiores.
Dentro desse contexto, analise as sentenças a seguir e marque a alternativa correta:
A criação das cotas raciais nas universidades públicas foi uma conquista dos movimentos sociais negros, principalmente do Movimento Negro Unificado (MNU).
Porque
Acredita-se que as cotas raciais são uma forma de reparação histórica e que somente através das mobilizações sociais é que se avança na conquista de direitos.
A respeito dessas asserções, assinale a opção correta:
A - A primeira afirmação está correta e a segunda está incorreta. 
B - A primeira afirmação está incorreta e a segunda está correta.
C - As duas afirmações estão corretas, mas a segunda não é uma justificativa adequada da primeira.
D - As duas afirmações estão corretas e a segunda é uma justificativa adequada da primeira.
check_circle
Resposta correta
E - As duas afirmações estão incorretas .
Questão 10 de 10
Leia atentamente o texto a seguir:
 O que veio a se chamar classe média, composta por pequenos comerciantes, profissionais liberais e funcionários públicos, serviu como massa de manobra, no período conhecido como República Velha. Nesse contexto, o papel da classe média era disseminar as ideologias das elites.
A partir dessa compreensão inicial, é possível afirmar:
I. A Primeira República no Brasil foi totalmente tomada pelos interesses das classes dominantes.
II. A República no Brasil nasceu das antigas práticas políticas dominadas pelas oligarquias fundiárias e suas alianças e conflitos com banqueiros e industriais, sob influência da Igreja e de aparelhos ideológicos como os jornais.
 III. O trabalhador permaneceu em uma relação de poder e dominação, tanto econômica quanto ideológica, em relação aos interesses das classe dominantes.
 IV. Embora esse quadro seja um resquício ainda do período Monárquico, a Primeira República instituiu, com muita luta, a democracia no Brasil, igualando oportunidades entre todas as classes.
 Assinale a alternativa correta:
A - Somente a afirmativa III está correta.
B - Apenas as afirmativas I e V estão corretas.
C - Somente a afirmativa I está correta.
D - Apenas as afirmativas I, II e III estão corretas.
check_circle
Resposta correta
E - Apenas a afirmativa V está correta.
Exercício de Relações Étnicos Raciais e a Desigualdade Social no Brasil - Exercício de Fixação 3 - Tentativa 2 de 3
Questão 1 de 10
Desde o início de sua história, a sociedade brasileira, através de seus mecanismos de exclusão, tem dificultado o acesso de índios e negros à educação. Assim, as lideranças negras lutaram para implantar as cotas raciais nas universidades públicas e, uma vez implantadas, continuam lutando para que esta conquista não seja suprimida.
Dentro desse contexto, analise as sentenças a seguir e marque V para verdadeiras e F para falsas:
Sendo assim, analise as sentenças a seguir e assinale V se a sentença for verdadeira e F se a sentença for falsa:
( )O sistema de cotas confere privilégios aos negros, dando a eles o que não merecem.
( )O objetivo das cotas é permitir o acesso dos negros ao ensino superior público.
( )O sistema de cotas parte do pressuposto que há uma reparação histórica a ser feita.
( )O sistema de cotas não leva em conta o racismo existente na sociedade brasileira.
( )O sistema de cotas foi implantado nas universidades públicas sem contestações.
A Sequência correta é:
A - V, V, F, V, V
B - F, V, V, V, V
C - F, V, F, V, F
D - V, V, V, V, V, 
E - F, V, V, F, F 
check_circle
Resposta correta
Questão 2 de 10
Leia as afirmações a seguir:
Um estudo produzido pelo Ministério da Saúde, intitulado “Óbitos por suicídio entre adolescentes e jovens negros – 2012 a 2016” (BRASIL, 2018), indica que o racismo causa impactos danosos que afetam de forma significativa aspectos psicológicos e psicossociais, tendo como principal consequência a negação de si mesmo, o auto-ódio e a desesperança."
Portanto,
Fatores como o desemprego, baixa qualificação profissional, bem como o acesso e a permanência de jovens negros na educação, influenciam a perspectiva dos mesmos com relação ao futuro e à própria vida, favorecendo o grande número de suicídio nesse segmento populacional.
A partir dessas afirmações, assinale a alternativa correta:
A - A primeira afirmação está correta, e a segunda está incorreta. 
B - Ambas afirmações estão corretas, e a segunda é uma justificativa adequada da primeira. 
check_circle
Resposta correta
C - A primeira afirmação está incorreta, e a segunda está correta. 
D - Ambas afirmações estão corretas, mas a segunda não é uma justificativa adequada da primeira. 
E - Ambas afirmações estão incorretas. 
Questão 3 de 10
De acordo com Silva (2020, p. 173), “se compararmos os índices de mortalidade infantil existentes no Norte e no Sul do país, veremos que o primeiro tem quase o dobro do número de casos se comparado ao segundo; Sul e Sudeste apresentariam os menores índices de mortalidade. Pensando essas mortes em termos raciais, podemos observar que, em todas as regiões, negros e indígenas apresentam os maiores números de mortalidade infantil. No Brasil, como um todo, o maior índice ocorre entre indígenas, representando 47,2% das mortes, crianças negras seriam 29,1%, pardas 16,6%, brancas 15,2% e amarelas 9,7%.”
Dentro desse contexto, analise as afirmações a seguir e marque a alternativa correta:
Não há diferenças nos índices de mortalidade infantil entre as regiões do Brasil.
No Brasil todo, o índice de mortalidade infantil entre os indígenas é o maior.
Nas regiões Sul e Sudeste morrem mais crianças que no restante do país.
Depois dos indígenas, são as crianças negras as que mais morrem no Brasil.
No Norte do Brasil, morrem mais crianças que na região Sul.
Assinale a alternativa correta:
A - Estão corretas apenas as sentenças I, III e V.
B - Estão

Outros materiais