A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
ESTUDO RELACIONADO AO GRAU DE UMA EQUAÇÃO

Pré-visualização | Página 1 de 1

PROFESSOR : CÍCERO RODRIGUES
CANAL: MATEMATICA AO INFINITO
NIVÉL: FUNDAMENTAL 2.
 
· CONTEÚDO: RENCONHECENDO O GRAU DE UMA EQUAÇÃO
Uma equação tem o seu grau definido pelo valor do expoente que por sua vez fica localizado em sua variável, esse grau fico definido pelo maior expoente encontrado, não impedindo a existência do grau dos outros termos, no entanto também podemos encontrar grau zero, porém não é na expressão em si, mas em um dos termos e que ligeiramente será denominado termo de zero grau.
Vejamos alguns exemplos:
1°) A equação 
Vemos primeiramente que a equação representa uma reta,
3 = coeficiente angular,
X = variável independente, 
2 =coeficiente linear, ou seja, onde a reta intercepta o eixo y
 x é quem conduzi o expoente da equação, ou seja, possui o maior valor que no caso presente é 1. Portanto ela é uma equação de grau um, ou seja, de forma mais habitual de pronunciar, é uma equação do 1° grau.
· Generalizando
Quando temos expressões do tipo , não importando quantos termos tenha, com x≠0, significa que a é um coeficiente da equação x é a variável e que compõe a parte literal da equação e n determina o grau da equação.
· Exemplo
 É uma equação do 1º grau
 É uma equação do 1º grau completa
 É uma equação do 2º grau
 É uma equação do 2º grau completa
 É uma equação do 3º grau
 É uma equação do 4º grau
 É uma equação do 5º grau
 É uma equação do 6º grau
 É uma equação do 7º grau
 É uma equação do 8º grau
Generalizando a expressão acima temos a,b,c,d,p,q,r,s,t, são os coeficientes da equação x a variável independente e n, n+1, n+2, n+3, n+4, n+5, n+6, n+7,... n+∞
· INFORMAÇÕES RELACIONADA AO GRAU DO EXPOENTE, também iremos comentar algumas situações.
O grau do expoente significa a quantidade de raiz que é possível extrair da equação, no entanto algumas não são possíveis calcular por métodos usuais, métodos aqueles que são utilizamos no ensino básico e com uma certa frequência, no entanto as equações de grau 1 e 2 tem métodos simples que já são praticados para calcular as raízes, algumas com adaptações a uma dessas também é possível resolver, como é o caso das com grau 3 e 4.
 e uma equação do 1º grau que possui uma raiz, para extrai-la, basta fazer , e usar a operação inversa.
 como também a , é uma equação do 2º grau, possui duas raízes e para extrai-la há vários métodos, o método mais geral é a formula de BHASKARA, porém tem como alternativa, soma e produto e fatoração, no entanto conforme a estrutura da equação usar alguns métodos poder ser trabalhoso, por isso aconselho o método geral que é FORMULA DE BHASKARA. Porém em todos os casos citados é preciso igualar a zero.
 É uma equação do 3º grau, possui três raízes
 É uma equação do 4º grau, possui quatro raízes
 É uma equação do 5º grau, possui cinco raízes
 É uma equação do 6º grau, possui seis raízes.
 É uma equação do 7º grau, possui sete raízes.