A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
20 pág.
exercicios + 3 prova

Pré-visualização | Página 1 de 2

Exercício Monitoria 
1. Uma mulher de 22 anos apresenta corrimento vaginal, dor no baixo ventre e relata ter 
múltiplos parceiros sexuais e ocasionalmente, faz sexo sem proteção, qual bactéria 
gram-negativa pode ser a causadora da infecção? 
a. H. influenzae 
b. N. gonorrhoeae 
c. N. meningitidis 
d. B. pertussis 
e. E. coli 
 
2. Qual o patotipo da E. coli causa uma diarreia aquosa, sem sague ou exsudato? 
a. Enteroinvasor 
b. Enteroagregador 
c. Entero-hemorragico 
d. Enteropatogenico 
e. Enterotoxigenico 
 
3. Qual bactéria está mais relacionada a danos na mucosa intestinal por produzir amônia? 
a. E. coli 
b. S. typhi 
c. Shigella dysenterie 
d. Vibrio cholerae 
e. Helicobacter pylori 
 
4. As células tumorais possuem mecanismos de escape do sistema imune, marque a 
alternativa que possui os mecanismos corretos. 
I- Crescimento de células que expressam antígenos tumorais 
II- Indução de células T reg 
III- Produção de substâncias imunossupressoras solúveis 
IV- Não expressão do HLA-I para escape das células NK 
a. I e IV 
b. II e IV 
c. II e III 
d. III e IV 
e. I e III 
 
5. Marque a alternativa em que estão as células capazes de destruir células tumorais. 
a. TCD4 e NK 
b. NK e eosinófilos 
c. TCD4 e TCD8 
d. NK e TCD8 
 
6. Paciente apresenta sintomas como dor nas articulações e uma vermelhidão na face em 
forma de borboleta, após exames, foi notado que a enfermidade era causada por 
complexos antígenos-anticorpos, que levavam a ativação de sistema complemento e 
inflamação aguda. De qual tipo de hipersensibilidade se trata o caso? 
a. Tipo I 
b. Tipo II 
c. Tipo III 
d. Tipo IV 
e. Tipo V 
 
7. Paciente deu entrada no Pronto atendimento após picada de formiga que em poucos 
minutos evoluiu de um eritema cutâneo para uma dificuldade respiratória grave, que 
em questão de minutos evoluiu para choque. De qual tipo de hipersensibilidade se trata 
o caso? 
a. Tipo I 
b. Tipo II 
c. Tipo III 
d. Tipo IV 
e. Tipo V 
 
 
 
1. Sobre os mecanismos de resistência bacteriana, marque V ou F. 
a. Bombas de multirresistência às drogas “expulsam” a droga para o meio 
extracelular com gasto de energia. ( ) 
b. As bactérias podem produzir enzimas como beta-lactâmicos que 
inativam a droga. ( ) 
c. Bactérias produtoras de carbapenemases são igualmente resistentes as 
produtoras de beta-lactamases ( ) 
d. A aquisição de um plasmídeo R confere a bactéria genes que a deixam 
mais vulnerável a antibióticos. ( ) 
e. Bactérias que sintetizam alvos modificados, fazem que a droga não 
chegue em concentração suficiente para agir, constituindo um forte 
mecanismo de resistência. ( ) 
 
2. Para um indivíduo imunossuprimido qual o melhor tipo de antibiótico a se usar: 
a. Bacteriostático com estreito espectro de ação. 
b. Bactericida com estreito espectro de ação. 
c. Bacteriostático com amplo espectro de ação. 
d. Bactericida com amplo espectro de ação. 
 
3. As tetraciclinas são drogas de amplo espectro de ação, entretanto possuem 
muitos efeitos indesejáveis, como interferir na formação óssea por sua alta 
afinidade com o cálcio. Qual mecanismo de ação dessa droga? 
a. Alteração da permeabilidade seletiva 
b. Inibição da síntese da parede celular 
c. Inibição da síntese de ácido nucleicos 
d. Inibição da síntese de proteínas 
e. Inibição de metabólitos essenciais 
 
4. Sobre virologia, marque V ou F. 
a. Nenhum vírus helicoidal que infecta os seres humanos é envelopado. ( ) 
b. O poxvirus é único vírus DNA fita simples que se replica no citoplasma. ( 
c. Todos os vírus RNA são fita simples, exceto o parvovírus. ( ) 
d. O vírus influenza possui DNA fita simples e se replica no núcleo. ( ) 
e. As proteínas precoces dos vírus são normalmente funcionais e 
estruturais. ( ) 
 
 
 
5. Sobre as estratégias de replicação do genoma de RNA, marque a alternativa 
incorreta. 
a. Um vírus com RNA dupla fita só necessita a fita negativa para criar o 
RNAm viral. 
b. O RNA fita simples positiva já é usado como RNA mensageiro para 
síntese de proteínas. 
c. Um vírus de RNA fita simples positiva com transcriptase reversa 
necessitam criar uma versão DNA de seu genoma que vai para o núcleo 
da célula infectada. 
d. O RNA fita simples negativa necessita de uma etapa a mais que o fita 
simples positiva para se replicar. 
e. A fita positiva de um RNA dupla fita é usado como RNA mensageiro para 
síntese de proteínas. 
 
6. Sobre as estratégias de replicação do genoma de DNA, marque a alternativa 
incorreta. 
a. Os vírus de DNA fita simples linear são únicos que utilizam DNApol 
humana para replicar o genoma. 
b. Os vírus de DNA dupla fita linear com RNApol viral não vão para o 
núcleo. 
c. Os vírus de DNA dupla fita circular com transcriptase reversa tem seu 
RNAm formado no citoplasma. 
d. O DNApol viral replica o genoma dos vírus DNA dupla fita circular sem 
TR. 
e. Os vírus de DNA dupla fita linear sem RNApol viral, tem seu RNAm 
formado pela RNApol humana. 
 
7. Avalie as alternativas como verdadeiras ou falsas para um caso de um resfriado 
por vírus, que o organismo conseguiu debelar uma primeira infecção 
anteriormente sem sintomas. 
a. O estado antiviral promovida por interferon alfa/beta terá seu pico no 
oitavo dia da infecção. ( ) 
b. Tanto IgM quanto IgG estarão elevados nos 4 primeiros dias. ( ) 
c. O quinto dia da infecção será provavelmente o pior para o paciente. ( ) 
d. Linfócitos T citotóxicos serão a principal defesa nos dois primeiros dias. ( 
e. O provável mecanismo da evasão viral do sistema imunológico é a 
mutação do genoma. ( ) 
 
1. Paciente apresentou várias infecções recorrentes nos últimos meses, após investigação 
para imunodeficiências foi encontrada uma diminuição ou ausência de todos os 
isótopos de anticorpos, excerto de IgM, qual o diagnóstico mais provável? 
a. Síndrome hiper-IgE 
b. Imunodeficiência variável comum 
c. Agamaglobulinemia ligada ao X 
d. Síndrome hiper-IgM 
e. Deleção de IgA seletiva 
 
2. Sobre imunodeficiências marque V ou F. 
a. Um paciente com Síndrome de DiGeorge, terá uma suscetibilidade a infecções 
parecida com pacientes portadores de deficiência do HLA-II. ( ) 
b. Na síndrome de Job (hiper-IgE), há uma elevação de linfócitos do perfil Th2, 
tornando o organismo menos suscetíveis a fungos. ( ) 
c. Na imunodeficiência variável comum, nota-se um defeito na produção de todas 
as imunoglobulinas. ( ) 
d. Na agamaglobulinemia ligada ao X, há muitos LB não funcionais. ( ) 
e. As deficiências de HLA causam falhas na seleção positiva do timo. ( ) 
 
3. Sobre helmintos, marque a alternativa incorreta: 
a. Tosse seca é um sintoma em comum sobre os parasitas que realizam o ciclo da 
síndrome de Loeffer. 
b. Os ovos do Ascaris lumbricoides possuem uma membrana mamilonada. 
c. Os ovos de Strongyloides stercoralis são pouco eliminados nas fezes. 
d. Anemia será observada em todos os parasitas que realizam o ciclo da síndrome 
de Loeffer. 
e. Prurido na região anal é sintoma de tricuríase. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
4. Paciente apresenta perda de peso, náuseas, diarreia, dor abdominal intensa, tosse e 
febre, ao realizar o exame parasitológico de fezes, qual é o achado laboratorial 
esperado? 
a. b. c. 
d. e. 
 
5. Paciente relata sintomas como diarreia, tosse, febre e perda de peso, também afirma 
que mora vizinho a uma lagoa que costuma tomar banho regularmente, refere que a 
lagoa possui muitos caramujos do gênero biomphalaria. Sobre o caso, podemos afirmar: 
a. Paciente está com esquistossomose que adquiriu por ingestão da água com os 
ovos. 
b. O paciente possui um parasita que realiza o ciclo da síndrome de Loeffer. 
c. A copula e a ovoposição desse parasita ocorre nas vênulas mesentéricas do 
intestino ou no plexo venoso da bexiga. 
d. No ciclo de vida desse parasita, após a cercaria eclodir do ovo ela é atraída por 
ácidos graxos da pele e libera enzimas degradativas para penetrar no organismo 
e ir na forma de esquitossomulos para o circulação.