A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
25 pág.
Aula 5 Vitaminas e minerais

Pré-visualização | Página 1 de 1

Profa. Socorro Vanesca Frota Gaban 
 Micronutrientes. 
 Função: Facilitar a transferência de energia e 
a síntese dos tecidos. 
 Vitaminas : formadas por átomos de C, H e O. 
 Minerais: elementos metálicos. 
 Substâncias orgânicas. 
 Nutriente acessórios.Necessárias em quant. minúsculas. 
 Não são produzidas pelo corpo (Exceção vit. D). 
 Fornecidas pela dieta (verduras, cereais, frutas 
e carnes) ou suplementação. 
Lipossolúveis Hidrossolúveis 
Vitaminas 
A, D, E e K 
Vitaminas C, 
Complexo B (tiamina, B1; 
riboflavina, B2; piridoxina, B6; 
niacina, ácido pantotênico; 
biotina e ácido fólico e 
cobalamina, B12) 
Armazenadas 
Tecidos adiposos 
(vitamina E) 
Fígado 
(vitamina A, D e K) 
Fonte alimentar: lipídios dietéticos. 
 Vitamina A: 
◦ Crianças: causa irritabilidade, tumefação dos ossos, 
perda de peso, pele seca e pruriginosa. 
◦ Adultos: náuseas, cefaléia, sonolência, queda dos 
cabelos, diarréia e perda de cálcio pelos ossos. 
 Vitamina D: 
◦ Dano renal. 
 Mega doses de vitamina E e K são raros e não 
produzem efeitos benéficos a saúde. 
 
 Atuam como co-enzimas. 
 Formadas por C, H e O. Contém N e íons metálicos: 
ferro, molibdênio, cobre, enxofre e cobalto. 
 Não são armazenadas em quantidades apreciáveis. 
• Ingestão  50 % das necessidades  deficiências marginais 
dentro de 4 semanas. 
 A ingestão excessiva é eliminada na urina. 
 Exercem sua influência por 8 a 14 horas após sua 
ingestão. 
 Funcionam como elos essenciais e reguladores nas 
reações metabólicas que liberam energia a partir do 
alimento. 
 Controlam a síntese tecidual; 
 Ajudam a proteger a integridade da membrana 
plasmática das células. 
Papel das vitaminas hidrossolúveis 
No metabolismo energético: 
 Vit. B1: facilita a conversão do piruvato  acetil CoA. 
 Niacina e vit. B2: regula o metabolismo energético nas 
mitocôndrias. 
 Vit. B6 e B12: catalisadores na síntese protéica. 
 Ácido pantotênico: faz parte da CoA. 
 Vitamina C: co-fator nas reações enzimáticas. 
 4 % do PC  22 elementos metálicos. 
 Componentes das enzimas, dos hormônios e das 
vitaminas. 
 Combinam-se com outras substâncias químicas 
(fosfato de cálcio nos ossos) ou existem 
isoladamente (cálcio livre nos ossos corporais). 
 Os oligoelementos perfazem menos de 0,02% da 
massa corporal total. 
 7 minerais essenciais: quant. > 100 mg/dia. 
 14 oligoelementos: quant. < 100 mg/dia. 
• Uma dieta bem balanceada supre as quant. 
recomendadas. 
• Ingestão excessiva: 
– não desempenha atividade fisiológica útil 
– pode produzir efeitos tóxicos. 
1. Estrutura na formação dos ossos e dentes. 
2. Função: Ajudam a manter o ritmo cardíaco 
normal, a contratilidade muscular, a 
condutividade neural e o equilíbrio ácido-básico. 
3. Regulam o metabolismo celular, tornando-se parte 
das enzimas e dos hormônios. 
– Produção de tiroxina a partir de iodo. 
– Síntese de insulina requer a presença de zinco. 
 
 
 Ativam reações que 
liberam energia 
durante o catabolismo 
dos carboidratos, das 
gorduras e proteínas. 
 
 Participam na 
biossintese dos 
nutrientes. 
 
 Tipo de alimento: 
◦ Absorção rápida de minerais contidos nos 
produtos animais. 
◦ Fixadores vegetais e as fibras dietéticas que 
dificultam a digestão e absorção. 
 
 Interação mineral-mineral: 
◦ Peso molecular semelhante - competem pela 
absorção intestinal. 
◦ Excesso do consumo de um mineral retarda a 
absorção de outro. 
 Interação vitamina mineral: 
◦ Afetam a sua biodisponibilidade. 
◦ Vitamina D facilita a absorção de calcio. 
◦ Vitamina C melhora a absorção de Fe. 
 
 Interação fibra-mineral: 
◦ Alta ingestão de fibra retarda a absorção de 
cálcio, ferro, magnésio e fósforo.