A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Anemia Ferropriva

Pré-visualização | Página 1 de 1

Dud� Vel�� @dudainquarantin�
Anemi� Ferropriv�
É a concentração reduzida de
hemoglobina circulante e do conteúdo de
ferro total do organismo.
Causas
- Ingestão dietética inadequada,
sem suplementação;
- Absorção inadequada devido
diarreias, doença celíaca, gastrite
atrófica, entre outras doenças, ou
interferência de substâncias;
- Demanda aumentada de ferro em
fases da vida, como infância,
puberdade, gestação e lactação,
sem aumento da ingestão para
compensar;
- Sangramento menstrual excessivo;
- Perda crônica de sangue a partir
de hemorragias por lesões, doença
celíaca, doença de Crohn, doenças
parasitárias, entre outros.
A anemia ferropriva é uma manifestação tardia da
carência de ferro: mede-se a taxa de hemoglobina e
hemácias.
Sintomatologia e alterações
- Palidez, principalmente no interior
da pálpebra inferior.
- Atrofia das papilas linguais,
sensação de queimação e
vermelhidão.
- Unhas finas e achatadas;
Coiloníquia (forma de colher).
- Fadiga, anorexia, pica, pagofagia
(Ingestão de gelo).
- Defeitos na imunidade celular e
atividade fagocitica dos neutrófilos
leva a suscetibilidade a infecções.
- Síndrome das pernas inquietas
(SPI) com dor ou desconforto nas
pernas pode ser falta de ferro no
cérebro.
- Anemia microcítica e hipocrômica
(A hemácias reduzem de tamanho
e cor, eficiência)
- Crescimento físico e mental
inadequados (em crianças):
diminuição da capacidade de
aprendizado (falta de atenção,
sonolência), apatia.
Sem tratamento, a anemia pode levar a alterações
cardiorrespiratórias e por fim, a insuficiência
cardíaca.
Funções do ferro
- Síntese das células vermelhas do
sangue;
- Transporte do oxigênio para todas
as células do corpo.
O ferro deve ser adquirido pela alimentação. Na
gestação, é recomendado a suplementação para
prevenir a anemia.
Grupos de risco
- Lactentes quando alimentados
com leite bovino;
- Gestantes de baixa condição
socioeconômica;
- Idoso desassistidos;
- Mães anêmicas: Crianças com
baixo peso ao nascer, risco de
parto prematuro e mortalidade
perinatal.
Avaliação e diagnóstico: Ferritina sérica,
ferro e a transferrina
- Fase pré-anêmica: Não é rotineiro
por serem exames caros e
demorados/ Feito mais em grupos
de risco;
- Ferritina: Proteína de reserva do
ferro - Abaixo de 12 mg/ml -
Pouco ferro reservado;
- Ferro sérico: Quantidade de ferro
livre circulante no sangue - Abaixo
de 50 ug/dl;
- Capacidade total fixação de
transferrina: Proteína de
transporte de ferro no sangue-
Acima de 400 ug/dl - Na
deficiência de ferro, há muitos
receptores de transferrina na
superfície da célula, se
desprendem e ficam no soro.
Exames de rotina (Podem ser
solicitados pelo nutricionista)
- Número de eritrócitos/hemácias:
Valores de referência variam de
acordo com o sexo e a idade;
- Hematócrito: Quantidade de
hemácias existentes em 1000 ml
de sangue total;
- Hemoglobina: Varia de acordo com
sexo, fase da vida e faixa etária.
Classificação para menores de 5 anos
(OMNI/USAID): Para severidade da anemia.
- Anemia leve (9-11 g/dl)
- Anemia moderada (7-9 g/dl)
- Anemia grave (<7 g/dl)
- Anemia muito grave (<4 g/dl)
Tratamento clínico: Reposição das
reservas de ferro.
1. Suplementação oral: Administração
de ferro na forma ferrosa, por ser
de fácil absorção no intestino.
Efeitos colaterais: náuseas, azia, desconforto
epigástrico, diarréia ou constipação. -> O
paciente deve tomar o ferro durante as
refeições, o que diminui sua absorção.
2. Ferrodextrana por via parenteral: Não é
tão seguro e tem custo elevado.
Dietoterapia
Fontes alimentares
Fígado, rim, carne bovina, frutas secas,
ervilhas, feijões,castanhas, vegetais de
folhas escuras, pães integrais
enriquecidos…
Biodisponibilidade de Ferro Alimentar
Quanto menor a concentração das
reservas de ferro, maior a absorção do
ferro da dieta.
Forma de ferro
- Ferro heme: Fator CPA
(carne-peixes-aves). É a forma
mais bem absorvida.
- Ferro não-heme: Não faz parte da
molécula do heme e depende da
presença de intensificadores como
a vitamina D.
Inibidores de absorção do ferro
- Carbonatos, oxalatos, fosfatos e
fitatos;
- Fatores nas fibras vegetais podem
inibir a absorção do não-heme;
- Chá e café durantes as refeições
formam tanino;
- Fosvitina na gema do ovo.
Resumo baseado no capítulo 31 do Krause - páginas 631 a 636

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.