A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
11 pág.
acompanhamento aprendizagem CRESCER bimestre01

Pré-visualização | Página 1 de 3

1
Proposta de acompanhamento da 
aprendizagem
Primeiro bimestre
Nome: _______________________________ Turma: 3o ano _____
Professor(a): __________________________Data: ___/ ___ / ___
Leia a reportagem a seguir para responder às questões de 1 a 5.
Ter um animal de 
estimação traz alegria, 
qualidade de vida e saúde
Carla Uerlings 
Do UOL, em São Paulo 17/09/2012 
Pexels/pixabay.com
Um casamento pode se desfazer em pouco tempo. Já a relação entre
um humano e seu bicho de estimação, quase sempre, cumpre o “até 
que a morte os separe”. É assim há pelo menos 10 mil anos, desde que 
o homem domesticou cão e gato. Aos poucos, tornaram-se companhei-
ros inseparáveis e essa relação foi evoluindo ao longo do tempo.
Filmes como Marley e eu e Sempre ao seu lado, que mostram o re-
lacionamento entre os humanos e seus animais de estimação, não só 
foram sucesso de bilheteria como levaram plateias às lágrimas.
Hoje, pesquisas e estudos em todo o mundo demonstram que a con-
vivência com os animais traz tranquilidade e bem-estar às pessoas. Ale-
xandre Rossi, especialista em comportamento animal e atualmente com 
o programa Missão Pet [...], vivencia de perto essa interação benéfica. 
“Quando levamos cães em locais com pessoas doentes, em especi-
al crianças e idosos, constatamos a alegria que trazem. A relação é 
muito diferente se há apenas humanos nas visitas”, relata Rossi.
O zootecnista lembra-se, em especial, de um golden retriever. “Era 
muito interessante, porque ele sempre dava carinho e atenção à criança 
que mais parecia triste. Ficava do lado e, aos poucos, ela começava a 
brincar.”
Conteúdo com licença aberta do tipo Creative Commons – Atribuição Não Comercial 4.0 Internacional (CC BY NC 4.0), com possibilidade de cópia e redistribuição em
qualquer suporte ou formato. São permitidas a modificação, a adaptação e a criação para fins não comerciais, com a atribuição do devido crédito. Mudanças devem 
ser indicadas, além de um link para a licença.
2
Uma extensão de si mesmo
Rossi explica que, ao contrário dos visitantes que se como-
vem com as histórias e muitas vezes não conseguem dar força
às crianças e velhinhos, os cães trazem leveza ao ambiente.
“Eles brincam, fazem algo engraçado e proporcionam momentos
de muita descontração.”
[...]
Carla Uerlings. UOL. Disponível em:<https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2012/09/17/
ter-um-animal-de-estimacao-traz-alegria-qualidade-de-vida-e-saude.htm>. Acesso em: 9 set. 2017.
1. Qual é o título da reportagem?
2. Quando essa reportagem foi publicada?
3. Releia o trecho a seguir.
Um casamento pode se desfazer em pouco tempo. Já a relação
entre um humano e seu bicho de estimação, quase sempre, cumpre
o “até que a morte os separe”. [...]
• O que a autora quer dizer quando sugere que a relação com o 
animal dura “até que a morte os separe”?
4. Segundo o texto, há estudos que mostram que a convivência com 
os animais traz benefícios às pessoas. Que benefícios são esses?
Conteúdo com licença aberta do tipo Creative Commons – Atribuição Não Comercial 4.0 Internacional (CC BY NC 4.0), com possibilidade de cópia e redistribuição em
qualquer suporte ou formato. São permitidas a modificação, a adaptação e a criação para fins não comerciais, com a atribuição do devido crédito. Mudanças devem 
ser indicadas, além de um link para a licença.
3
5. Na reportagem, a autora cita dois filmes que têm como tema 
comum a convivência de humanos com cachorros. Que filmes 
são esses?
Leia a fábula a seguir para fazer as atividades de 6 a 10.
O leão e o ratinho
Brambilla
Um leão, cansado de tanto caçar, dormia espichado à sombra de 
uma boa árvore. Vieram uns ratinhos passear em cima dele e ele 
acordou.
Todos conseguiram fugir, menos um, que o leão prendeu embaixo 
da pata. Tanto o ratinho pediu e implorou que o leão desistiu de 
esmagá-lo e deixou que ele fosse embora.
Algum tempo depois, o leão ficou preso na rede de uns caçadores. 
Não conseguia se soltar, e fazia a floresta inteira tremer com seus 
urros de raiva.
Nisso apareceu o ratinho. Com seus dentes afiados, roeu as 
cordas e soltou o leão.
Uma boa ação ganha outra.
Ana Rosa Abreu et al. Alfabetização: livro do aluno. Brasília: Fundescola/SEFMEC, 2000. v. 3, n. 2, p. 101. Disponível em: <www.-
dominiopublico.gov.br/download/texto/me001614.pdf>. Acesso em: 12 dez. 2017.
6. A moral da fábula afirma que uma boa ação tem outra como re-
compensa. Em que parágrafo do texto se encontra a primeira
boa ação?
Conteúdo com licença aberta do tipo Creative Commons – Atribuição Não Comercial 4.0 Internacional (CC BY NC 4.0), com possibilidade de cópia e redistribuição em
qualquer suporte ou formato. São permitidas a modificação, a adaptação e a criação para fins não comerciais, com a atribuição do devido crédito. Mudanças devem 
ser indicadas, além de um link para a licença.
4
7. O leão prendeu o ratinho porque:
( ) estava com muita fome.
( ) os dentes do ratinho o machucaram. 
( ) teve seu sono interrompido. 
( ) era o rei da floresta.
8. Assinale a alternativa em que a frase tem o mesmo sentido que
a moral da fábula.
( ) Quem vê cara não vê coração.
( ) O bem com o bem se paga. 
( ) Mais vale magro no mato que gordo na boca de rato.
( ) Muitas vezes o menor de nosso inimigo é o mais terrível.
9. Assinale a alternativa em que todas as palavras estão escritas
corretamente com a letra g.
( ) fuguir – conseguir – algum
( ) fugir – conseguir – alguum
( ) fugir – conseguir – algum 
( ) fugir – consegir – algum
10. O leão e o ratinho são personagens da fábula que você acabou
de ler.
 Assinale a alternativa em que todas as palavras têm o mesmo
número de sílabas que “ratinho”.
( ) pata, deixou, caçadores
( ) floresta, raiva, afiados
( ) leão, preso, roeu
( ) floresta, implorou, cansado 
Conteúdo com licença aberta do tipo Creative Commons – Atribuição Não Comercial 4.0 Internacional (CC BY NC 4.0), com possibilidade de cópia e redistribuição em
qualquer suporte ou formato. São permitidas a modificação, a adaptação e a criação para fins não comerciais, com a atribuição do devido crédito. Mudanças devem 
ser indicadas, além de um link para a licença.
5
Leia a cantiga de roda a seguir e faça as atividades de 11 a 13.
Vai abóbora
Vai abóbora, vai melão, de melão vai melancia
Vai jambo sinhá, vai jambo sinhá, vai doce, vai cocadinha
Quem quiser aprender a dançar, vai na casa do Juquinha
Ele pula, ele dança, ele faz requebradinha.
Domínio público.
11. Assinale a alternativa em que todas as palavras da cantiga são
paroxítonas.
( ) abóbora, Juquinha, dançar
( ) melão, jambo, faz
( ) requebradinha, quiser, casa
( ) Juquinha, requebradinha, melancia
12. Copie duas palavras da cantiga terminadas com o mesmo som
que a palavra “requebradinha”.
13. Observe as palavras “cocadinha” e “requebradinha” e assinale a
alternativa correta.
( ) Essas palavras terminam em -inha, o que no caso significa
que estão no aumentativo.
( ) Essas palavras terminam em -inha, o que no caso significa
que estão no diminutivo. 
14. Assinale a alternativa em que todos os monossílabos devem
receber acento gráfico.
( ) os – trem – paz
( ) po – lar – cha
( ) luz – vez – faz
( ) so – ja – fe
Conteúdo com licença aberta do tipo Creative Commons – Atribuição Não Comercial 4.0 Internacional (CC BY NC 4.0), com possibilidade de cópia e redistribuição em
qualquer suporte ou formato. São permitidas a modificação, a adaptação e a criação para fins não comerciais, com a atribuição do devido crédito. Mudanças devem 
ser indicadas, além de um link para a licença.
6
Leia os textos a seguir e faça a atividade 15.
Texto A
[...]
Então, chamou a filha:
– Chapeuzinho Vermelho, vá levar estas broinhas para a vovó, ela
gostará muito. Disseram-me que há alguns dias ela não passa bem e,
com certeza, não tem vontade de cozinhar.
– Vou agora mesmo, mamãe.
– Tome cuidado, não pare para conversar com ninguém e vá
direitinho, sem desviar do caminho

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.