A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Selantes de fóssulas e fissuras

Pré-visualização | Página 1 de 1

Selantes
Selante serve para prevenção e tratamento de fóssulas e fissuras para caries iniciais (mancha branca)
Protege as fóssulas de ter contato com carboidratos da alimentação do paciente (barreira mecânica)
É preferível os que liberam flúor
Selante tem que ser muito bem-feito pra não ter falhas, pois assim a bactéria não tem “alimento”.
Retenção de placa na superfície oclusal é uma indicação de selante.
Dieta cariogênica e hiposalivação (<0,5ml/min) são indicações para uso de selante
Paciente chaga com muitas lesões de carie ativas na boca ou maioria ativa, ainda que possua molares hígidos, selar!
Dentes com morfologia complexa (sulco profundo) é indicado selante, mas se não sair placa na sondagem, não precisa usar selante pois o paciente consegue limpar (se o paciente vem com inflamação gengival ele limpou apenas para a ida ao dentista, prestar atenção!)
Dentes em erupção que acumulam biofilme ou possuem lesões de carie iniciais é necessário selar. (fazer radiografia interproximal prévia)
Dente com hipomineralização possui maior risco ao desenvolvimento de lesão de carie pois o esmalte é mais poroso
Tipos de selantes:
Resinosos ou ionoméricos (civ)
Resinosos:
Auto ou fotopolimerizável (preferível pois tem maior tempo de trabalho e resistência mecânica é melhor); com ou sem flúor; com ou sem carga (boro, silicato, lítio e alumínio) –carga inorgânica vai dar maior resistência ao selante-; transparente (geralmente o sem carga é muito translúcido), opaco, ou colorido.
Selantes ionoméricos: cimentos de ionômero de vidro e podem ser auto ou fotopolimerizáveis
Protocolo de selante resinoso:
Profilaxia com pedra pomes e agua para melhor adesão; ponto critico- isolamento do campo (usar excelente isolamento relativo) -absoluto não é necessário- (contaminação com água ou saliva leva ao fracasso); condicionamento acido (acido fosfórico) para promover microporosidades no esmalte para o material penetrar na superfície irregular, por 30 segundos; passar bolinha de algodão no acido antes de lavar por conta do gosto e depois lavar abundantemente; secar; trocar o isolamento protegendo a superfície com o sugador; aplicar selante na superfície e fotopolimerizar pelo tempo indicado pelo fabricante (via de regra é 30 segs); aplicar o selante com a sonda exploradora ou com o aplicador de cimento de hidróxido de cálcio para n explodir da seringa ou pois pode não chegar até o fim do sulco, além de eliminar possíveis bolhas; pedir para paciente morder no papel carbono para checar oclusão (se a marca do papel tiver no selante a oclusão está ruim); passar bolinha com álcool para tirar a mancha do carbono. Nos molares posteriores tem sulco na vestibular ou palatina que também tem que ser feito o selamento
Protocolo civ convencional
Usa o ácido poliacrílico (bem mais fraco, aguado e azul claro, usa por 10 segs tira com o algodão lava e seca); manipulação correta do material ( proporções corretas ate ficar com um brilho)-pode por mais solido mas n pode por mais liquido-; colocar no sulco da mesma forma, sonda etc.; aplicar vaselina solida com o dedo pressionando o selante, serve como proteção de cinérise e embebição e para ir até o fim do sulco, esperar 3 mins e puxar o dedo pro lado para o material não sair junto com o dedo; retirar excessos com rollemback ou sonda, passar fio dental entre um dente e outro
Quais selantes usar em cada situação:
Hipomineralização: pelo flúor, adesão e resistência mecânica- selamento com civ resinoso
Dentes em erupção (com presença de capuz gengival): SEMPRE USAR ionômero de vidro convencional (menor sensibilidade à humidade por conta do liquido que sai de dentro da gengiva -saliva-) pois a resina não interage com agua e não tem resina na composição como o outro.
Existe um terceiro material que serve como selante resinoso: resnia flow ou fluida: proxilaxia sempre com pedra pomes e agua; acido fosfórico durante 30 segs; lavar e secar; usar um adesivo- fotopolimerizar; aplicação do material-fotopolimerizar; checar oclusão	
Falhas nos selantes podem ocorrer na mesma hora, ou ao longo do tempo.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.