A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
TRIAGEM- AVALIAÇÃO EM FISIOTERAPIA - MÉTODOS E TÉCNICAS DE AVALIAÇÃO EM FISIOTERAPIA - QUESTÕES

Pré-visualização | Página 1 de 1

1. Quanto à goniometria de flexão de cotovelo, representada na imagem, assinale a alternativa que traz a sua amplitude de movimento normal:
a) 0° – 180°.
b) 0° – 45°.
c) 145° – 0°.
d) 45° – 0°.
e) 0° – 145°.
2. Quanto à goniometria de flexão da região lombar, representada na imagem, assinale a alternativa que traz a sua amplitude de movimento normal:
a) 145° – 0°.
b) 0° – 95°.
c) 0° – 180°.
d) 0° – 145°.
e) 90° – 0°.
3. Sabe-se que, na goniometria de flexão do joelho, a ADM normal vai de 0° – 140°. Sabendo também que o braço fixo do goniômetro deve ficar paralelo à superfície lateral do fêmur e dirigido ao trocânter maior, responda: em qual localidade deve ficar o braço móvel do goniômetro para o movimento em questão?
a) Paralelo à face lateral da fíbula e dirigido ao maléolo lateral.
b) Paralelo à face medial da fíbula e dirigido ao maléolo medial.
c) Paralelo à face lateral da fíbula e dirigido ao maléolo medial.
d) Paralelo à face medial da fíbula e dirigido ao maléolo lateral.
e) Ao longo da tuberosidade da tíbia, num ponto equidistante entre os maléolos na superfície anterior.
4. CASO CLÍNICO 2:
· Paciente J. F. B., 79 anos, sexo masculino, casado, gesseiro aposentado, natural da Bahia, diabético e hipertenso, ex-etilista e ex-tabagista, além de apresentar pé torto congênito, relata que, em agosto de 2019, sentiu cefaleia e mal estar intensos, além de ter vomitado em jatos. Foi levado a uma Unidade de Pronto-Atendimento e, chegando lá, foi examinado, medicado e liberado. Ao chegar em casa, continuou com os sintomas e o seu filho resolveu levá-lo ao HGE. Chegando lá, foi prontamente atendido e passou por uma tomografia, sendo internado com o diagnóstico de AVE. Após ser devidamente avaliado pelo serviço de Fisioterapia do CESMAC, foram contatadas as seguintes alterações:
· Hemiparesia à esquerda;
· Assimetria de ombros;
· Hipertonia flexora em MSE;
· Diminuição da ADM para flexão, extensão e abdução em ombro esquerdo;
· Diminuição da ADM para extensão de punho e dedos da mão em MSE;
· Diminuição da ADM para extensão em ambos os joelhos;
· Lombalgia;
· Dificuldade ao rolar.
Com base nas informações supracitadas, e sabendo também que a hipertonia observada diz respeito a um aumento considerável do tônus, a movimentos de flexão e extensão dificultosos, e a uma dificuldade de movimentação passiva, qual seria o grau de hipertonia segundo a Escala Modificada de Ashworth?
5. Ainda segundo o Caso Clínico 2, e sabendo também que, durante a flexão de ombro realizada, evidenciou-se um movimento contra a gravidade, mas sem haver uma resistência adicional, qual seria a graduação da força muscular para os flexores de ombro que você daria ao paciente em questão?
6. Leia cada um dos tópicos abaixo com a explicação, em cada um deles, sobre um tipo de flexibilidade, e, em seguida, assinale a alternativa que traz, respectivamente, os tipos de flexibilidade condizentes:
· É definida como a resistência ao movimento em uma articulação que irá afetar a facilidade e a rapidez com que uma articulação consegue movimentar-se através da ADM. É a ADMA de uma articulação.​
· É definida como amplitude de movimento ao redor de uma articulação sem levar em conta a facilidade nem a rapidez com que essa ADM é conseguida.
· É a maior amplitude articular que se consegue em um movimento através da ação de forças externas (ex: ajuda de um parceiro, uso de aparelhos, força da gravidade, dentre outros).
· É a maior amplitude que se pode obter através de movimentos efetuados pelos músculos de forma voluntária (sem auxílio externo).​
a) Ativa, Passiva, Estática e Dinâmica, respectivamente.
b) Estática, Dinâmica, Ativa e Passiva, respectivamente.
c) Dinâmica, Estática, Passiva e Ativa, respectivamente.
d) Estática, Passiva, Dinâmica e Ativa, respectivamente.
e) Passiva, Dinâmica, Ativa e Estática, respectivamente.
7. Assinale a alternativa INCORRETA quanto ao local de percussão do martelo neurológico para a avaliação dos reflexos mencionados:
a) Ao avaliar-se o reflexo patelar, ocorrerá o estímulo do nervo femoral através da percussão do tendão patelar, que resultará na contração do músculo quadríceps femoral e, consequentemente, na extensão do joelho percutido.
b) Ao avaliar-se o reflexo triciptal, deve-se colocar o braço do paciente em semiflexão, descansado sobre o braço do observador, para, depois, o avaliador percutir sobre o tendão distal do tríceps, com interposição do polegar do observador.
c) Ao avaliar-se o reflexo extensor do punho, o paciente deverá estar com o antebraço estendido em supinação, para, depois, o avaliador percutir os tendões flexores do punho.
d) Ao avaliar-se o reflexo aquileu, o paciente deverá ficar de joelhos em plano alto com os pés para fora. Deve-se percutir o tendão de Aquiles acima de sua inserção no calcanhar, promovendo o estímulo contrátil dos músculos crurais posteriores, gastrocnêmio, sóleo e plantar. A resposta será a flexão plantar.
e) Ao avaliar-se o reflexo estilo-radial, o paciente deverá estar com a mão em semipronação, polegar para cima, antebraço em semiflexão e apoiado na mão do observador. Deve-se percutir sobre o tendão do músculo braquiorradial na apófise estiloide do rádio, tendo como resposta a contração do braquiorradial, com flexão e ligeira supinação do antebraço.
8. Qual tipo de sensibilidade superficial está sendo avaliada na figura? Quais suas principais características?