A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
fluxograma obtenção do leite

Pré-visualização | Página 1 de 1

OBTENÇÃO, CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE DO LEITE CRU A UNIDADE 
DE BENEFICIAMENTO. 
 
 
 
 
(Ordenha mecânica em 
circuito fechado) 
 
 
 
(até 2h após ordenha) 
 
 
 
 máx 4°C) 
 
 
 máx 7°C) 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 – 
 
1
Ordenha mecânica, em circuito fechado, sendo proibida a ordenha manual ou mecânica 
em sistema semifechado. 
2
O leite cru pode permanecer em temperatura ambiente, desde que, entregue ao 
estabelecimento processador em, no máximo, duas horas após o final de cada ordenha. 
³O dimensionamento do tanque de expansão direta deve ser realizado de maneira que 
possibilite a refrigeração do leite cru até a temperatura máxima de 4°C, em um período 
de 3 horas. 
4
Em tanque comunitário a máxima temperatura permitida será de 7
o
 C. 
5
O decorre do transporte até recepção do laticínio, a temperatura máxima deve ser de 
7
o
 C. Em casos excepcionais, a temperatura no momento do recebimento poderá ser de 
no máximo 9
o
 C. 
6
Na conservação do leite pasteurizado devem ser obedecidos os seguintes requisitos de 
limites máximos de temperatura: 
I - refrigeração após a pasteurização: 4,0° C (quatro graus Celsius); 
II - estocagem em câmara frigorífica e expedição: 4,0° C (quatro graus Celsius); 
e 
III - entrega ao consumo: 7,0° C (sete graus Celsius).

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.