A maior rede de estudos do Brasil

Pergunta sobre propriedade fiduciária.

João é pai de André, 16 anos, e também de Carlos, 20 anos. 

João mora com sua mãe e, em seu nome, tem apenas um carro. 

Ocorre que João vem a falecer em virtude uma moléstia.

Passado algum tempo, Carlos, que tem uma moto, deseja vender o carro de seu falecido pai para adquirir um melhor. André não se opõe a isso. 

Ato contínuo, Carlos procura seu avô paterno para que este financie-lhe um novo carro nos seguintes termos: o carro que era de seu pai e sua moto serão vendidos para que o valor arrecado seja dado como entrada ao valor total do novo veículo, sendo o restante financiado em nome do avô e, mês a mês, quitado por Carlos. 

O avô, que constituiu outra família, tendo, inclusive, outros filhos, aceita o pedido do neto.

Então, ambos dirigem-se à concessionária de automóveis onde celebram um contrato de financimento de veículo, com duração de 12 meses, no qual figura como devedor o avô.

As dúvidas são:

 

(1) Vindo o avô a falecer 7 meses após a celebração do contrato e caso Carlos continue pagando as parcelas vincendas, é correto afirmar que Carlos, nos termos do artigo 1.368 do Código Civil Brasileiro, se tornará o proprietário do veículo em que pese o contrato tenha sido celebrado unicamente em nome de seu falecido avô? Em caso afirmativo, poderão os herdeiros do falecido avô propor alguma medida para que isso não ocorra, tendo em vista que, desconhecendo o acordo entre avô e neto, acreditam que foi o falecido avô quem adimpliu as sete primeiras prestações e não seria justo que, pagando apenas quatro, Carlos se tornasse o único proprietário do bem?

(2) Não falecendo o avô e adimplidas regularmente as prestações por Carlos, pode o avô transferir a propriedade do bem móvel ao seu neto sem que isso seja objeto de questionamento por parte da nova família do avô, notadamente sua atual companheira e seus filhos?

Desde já, obrigado.

 

PS.: CCB, art. 1.368 - O terceiro, interessado ou não, que pagar a dívida, se sub-rogará de pleno direito no crédito e na propriedade fiduciária.

 

Direito Civil IUNISANTOS

1 resposta(s)

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes