Buscar

A3 ATIVIDADE FÍSICA NO ENVELHECIMENTO

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 3 páginas

Prévia do material em texto

CENTRO UNIVERSITÁRIO RITTER DOS REIS
ATIVIDADE FÍSICA E ESPORTIVA ADAPTADA
Atividade 1
MARIA EDUARDA BUENO MOREIRA
Canoas
2023
"Uma das características mais marcante do ser humano é sua tendência gregária, ou seja, sua capacidade de viver em grupo e de se organizar em sociedades.
Grupos sociais conectam-se por localização, laços de parentesco, características, crenças e costumes em comum. Mas, assim como guardam similaridades, revelam diferenças. E a deficiência é uma dessas diferenças.
Ao longo dos estudos dessa unidade, você deve aprender que as pessoas com deficiência compõem uma parcela significativa da população brasileira. Você saberia apresentar estatísticas que descrevem essa afirmação?
Números podem parecer informações frias e desprovidas de contexto humanizado, mas, nesse caso, eles são importantes para que possamos perceber que as pessoas com deficiência são um grupo numeroso em relação a população nacional. E que, também por isso, é importante que existam iniciativas sociais para que possam viver em igualdade de direitos."
A partir das informações apresentadas, elabore um texto argumentativo que aborde:
1.alguns aspectos históricos, culturais e psicossociais relacionados à integração das pessoas com deficiências como membros da sociedade brasileira contemporânea.
2.iniciativas de destaque relacionados a atos políticos e legais, internacionais e nacionais para a inclusão social de pessoas com deficiência.
1. É importante entendermos que pessoas com defici ências, antes da deficiência, sãopessoas, que merecem ter seus direitos sociais preservados como qualquer outrocidadão. A cultura discriminatória, forjada ao longo da história da humanidade, estáainda mais presente nos dias atuais, seja no Brasil ou em grande parte do restante do planeta.longo dos anos a população idolatram “Um Corpo Perfeito” e consequentemente a super valorização da capacidade física e cognitiva, e com isto a exclusão de parte dapopulação que apresenta algum tipo de deficiência física ou intelectual. A inclusão e participação de pessoas com deficiências na sociedade aconteceram deforma muito lenta. Na idade contemporânea foi criada a Declaração Universal dos Direitos Humanos em 1948, onde propôs a garantia a todos os cidadãos dos mesmos direitos, enquanto adeclaração de Salamanca em 1994, tratou da inclusão de pessoas com deficiência na escola, possibilitando as crianças com deficiências serem incluídas e valorizadas por sua diversidade e características. Em 1854, no Brasil ocorreu o primeiro marco na educação especial, quando D. Pedro IIcriou o Imperial Instituto dos Meninos Cegos, que em 1891 passou a ser chamada deInstituto Benjamin Constant. Em 1857, D. Pedro criou outra importante instituição, o Instituto Imperial dos Surdos-Mudos outro grande marcona história da educação inclusiva, hoje essa escola passou a se chamar Instituto Nacional da Educação de Surdos. Que tem como objetivo atenderpessoas com deficiências auditivas e visuais com ensinamentos do braile e de libras. Foi a partir das iniciativas de D. Pedro II que foram criados outros institutos de apoio aspessoas com deficiências, tanto na educação quanto para a reabilitação.
2. Em 1981, as Nações Unidas declararam este ano como o Ano Internacional da Pessoacom Deficiência.A Constituição Federal de 1988, foi um m arco de estabelecimento de direitos parapessoas com deficiências, onde os principais objetivos, é cuidar da saúde e daassistência pública, dar proteção e oferecer garantias a estas pessoas. Em 2006, no momento em que a ON U assume a Convenção sobre os direitos depessoas com Deficiência e o Protocolo Facultativo, sendo considerado um grandeacontecimento por militantes da equidade social quanto para uma coletividadedestinatária, e tudo se deu em uma reunião da Assembleia Geral. Em meados de 2008 o MEC lança a Política Nacional de Educação Especial naPerspectiva da Educação Inclusiva. Foi uma das princi pais contribuições com amedida de reformular o papel da educação especial, a través do AtendimentoEducacional Especializado (AEE), com o objeti vo de definir diretrizes na criação depolíticas públicas e pedagógicas direcionadas para inclusão escolar.No ano de 2009 confirmando a conve nção de 2006, como decreto de igualdade deemenda constitucional (Decreto n° 6.949 de 25/08/2009). No ano de 2014 o Plano Nacional torna aplicável a o público alvo da educação especial,uma universalização de acesso à educação básica e a o Atendimento EducacionalEspecializado até o ano de 2024. Em 2015 houve aprovação do Estatuto de Pessoa com Deficiência, Lei Brasileira deInclusão – LBI (Lei n° 13.146, de 06 /07/2015). Porém é importante salientar que nãoimpede a grande produção de leis e políticas, como foi mencionado acima, poissozinhas não são suficientes para providenciar a inclusão. Os deficientes ne cessitamde melhor es estruturas, que facilitem seu acesso, estudo e inclusão sócio global.

Continue navegando

Outros materiais