Buscar

revisao_simulado O LIVRO ILUSTRADO NA LITERATURA INFANTOJUVENIL

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 4 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

04/04/2024 13:53:24 1/4
REVISÃO DE SIMULADO
Nome:
JESSICA STEPHANI DOS SANTOS
Disciplina:
Literatura Infanto Juvenil
Respostas corretas são marcadas em amarelo X Respostas marcardas por você.
Questão
001 O livro infantojuvenil é impactado por fatores que influenciam tanto na composição
quanto na recepção das obras. O contexto interfere diretamente na produção de
sentido do livro ilustrado – isto é, fatores que definem o processo de criação, confecção,
distribuição, além de outras variáveis, como: por quem é lida e quais os objetivos de
leitura. De acordo com o trecho acima, é correto o que se afirma em:
X A) O contexto não influência na recepção de uma obra infantojuvenil, por isso qualquer
livro escolhido surtirá o mesmo efeito.
B) O contexto não influência na recepção de uma obra infantojuvenil, por não é necessário
termos cuidado com a obra escolhida, para ajustá-la aos objetivos de quem irá lê-la.
C) O contexto influência na recepção de uma obra infantojuvenil, por isso é importante
termos cuidado com a obra escolhida, para ajustá-la ao nosso objetivo, já que todos os
leitores tem a mesma interpretação de um livro.
D) O contexto não influência na recepção de uma obra infantojuvenil, por isso é importante
termos cuidado com a obra escolhida, para conseguirmos alcançar nossos objetivos, o
que justifica a escolha de um livro que atenda apenas nosso gosto pessoal.
E) O contexto influência na recepção de uma obra infantojuvenil, por isso é importante
termos cuidado com a obra escolhida, para ajustá-la aos objetivos de quem irá lê-la.
Questão
002 (LEE, 2012, p. 146) Segundo Lee, “O mais desafiador na criação de livros-imagem é ser
capaz de conduzir, com delicadeza, os leitores e, ao mesmo tempo, abrir todas as
possibilidades de diversas experiências de leitura”. De acordo com o trecho citado por
Lee, é correto o que se afirma em:
A) Livro-imagem é um livro com imagens em sequência e que não se preocupa em contar
uma história, geralmente selecionando uma situação, um enredo e poucos
personagens.
X B) Livro-imagem é um livro com imagens em sequência e que conta uma história,
normalmente a história de vida do escritor.
C) Livro-imagem é um livro sem imagens em sequência e que conta uma história,
geralmente selecionando uma situação, um enredo e poucos personagens.
D) Livro-imagem é um livro com imagens em sequência e que conta uma história,
geralmente selecionando uma situação, um enredo e poucos personagens.
E) Livro-imagem é um livro com imagens em sequência e que em alguma vezes conta
uma história, geralmente selecionando uma situação, um enredo e poucos
personagens.
04/04/2024 13:53:24 2/4
Questão
003 A dissociação é um dos tipos de composição mais comuns na relação palavra-imagem
dos livros infantojuvenis clássicos. Observe esta imagem da obra A menina do Narizinho
arrebitado (1982), de Monteiro Lobato:
 
Nesse sentido, é possível afirmar que o modo como as figuras e o texto foram
organizados é dissociativo, pois a que melhor caracteriza a imagem acima corresponde
à alternativa,
A) uma vez que a imagem pode ocupar toda a página ou escapar pela margem; várias
imagens e textos podem se organizar no mesmo espaço da página individual ou dupla.
B) já que a sua organização pode questionar a própria noção de narrativa, expressando-se
de maneira mais poética.
C) visto que torna mais difícil isolar texto e imagem, ao passo que um participa do outro
gerando uma expressão plástica; Amplia a mensagem para diversas interpretações.
X D) pois assemelha-se à diagramação das histórias em quadrinhos, em que o espaço da
página ou da página dupla é dividida em várias imagens emolduradas.
E) pois contém ilustrações com contornos ou vinhetas que podem aparecer na mesma
página do texto; O leitor passa, de forma sucessiva, da observação da imagem para a
leitura do texto, cada qual se mostrando em alternância.
Questão
004 Sobre a produção de sentido do livro ilustrado; Ribeiro (2008) acredita que: A interação
entre o texto e a imagem atua, para como uma tradução, ao passo que o sentido é
adaptado a outro ambiente por meio de uma transposição. Isto é,
A) o ilustrador transporta a linguagem em forma de imagens, por exemplo, para a imagem
ou outra linguagem.
X B) o ilustrador transporta a linguagem da palavra, por exemplo, para a imagem ou outra
linguagem.
C) o ilustrador transporta a linguagem da palavra, por exemplo, para a uma realidade
diferente do contexto do livro.
D) o ilustrador nunca é capaz de transportar a linguagem da palavra, por exemplo, para a
imagem ou outra linguagem.
E) o ilustrador altera a linguagem e palavras faladas, por exemplo, para a imagem ou
outra linguagem.
04/04/2024 13:53:24 3/4
Questão
005 Na concepção de Linden (2011), o livro ilustrado infantil se relaciona com o seu público
leitor: os não leitores, ou melhor, aqueles que (ainda) não adquiriram a capacidade de
decodificar o texto linguístico (a palavra). Por isso, segundo a autora, o livro ilustrado
pensado para esse leitor possui um destinatário duplo, pois
A) por ainda não terem adquirido a habilidade de decodificar a linguagem convencional,
esses leitores necessitam de um mediador, geralmente o professor, contador de
histórias ou cuidador. Isso faz com que essas obras tenham um duplo destinatário.
B) o termo dual address empregado por Linden se refere à incapacidade dos leitores em
decodificarem os livros ilustrados, por ainda não terem adquiridos a condições
necessárias para um leitor interpretar o texto.
C) Linden tem uma visão ampla em torno do livro ilustrado, ao considerar que esta obra é
voltada, inicialmente, para o público leitor que não tem capacidade de decodificar o
código linguístico.
D) para Linden, todo livro ilustrado tem como público-alvo os mediadores (educadores e
cuidadores, ou seja, o destinatário duplo), únicos leitores capazes de decodificar o texto
e a imagem para as crianças e jovens.
X E) em face da incapacidade de decodificar a linguagem convencional, o mediador
(professor ou cuidador, por exemplo) se torna na única figura capaz de decodificar não
só a palavra, como a imagem.
Questão
006 A história em quadrinhos (HQ) é assim denominada porque as imagens são
tradicionalmente organizadas em quadros sequenciais, enquanto o texto verbal tende a
ser colocado em balões de fala, conforme é possível perceber na ilustração a seguir:
 
Assim sendo, conforme a descrição do enunciado e a imagem ilustrativa acima, é
possível afirmar que, de acordo com Linden (2011), esse tipo de construção de
narrativa se aproxima do tipo de diagramação:
A) Compartimentação.
B) Associação.
C) Conjunção.
04/04/2024 13:53:24 4/4
D) Dissociação.
X E) Disjunção.
Questão
007 Lee (2012) defende que um bom livro ilustrado deve respeitar a imaginação do leitor,
ao passo que detém um modo de expressão (textual, plástico e gráfico); Linden (2011)
questiona se ele deve ser considerado um gênero; Lewis (apud Linden, 2011), por sua
vez, acredita que o livro ilustrado é um tipo de linguagem e não um gênero, mas que os
incorpora a sua estrutura. De tal maneira, é possível perceber que
A) o ponto de partida para especificar o livro ilustrado são semelhantes em Lee, Linden e
Lewis. Isto é, os três buscam categorizar, segundo a organização do texto e da imagem,
os diferentes tipos de livros ilustrados na literatura infantojuvenil.
B) críticos, teóricos, escritores, ilustradores e demais profissionais que atuam na área de
literatura infantojuvenil apresentam concepções em comum, tendo em vista que o livro
ilustrado apresenta uma estrutura de uso das linguagens verbais e visuais bem
definidas e facilmente identificáveis.
C) críticos e teóricos discordam de escritores e ilustradores de textos infantojuvenis, visto
que os primeiros se preocupam em desenvolver um pensamento racional em torno do
livro ilustrado, enquanto dos segundos se concentram, apenas, na parte criativa.
D) críticos, teóricos, escritores, ilustradores e demais profissionais que atuam na área de
literatura infantojuvenil apresentam concepçõesdistintas em torno do que vem a ser o
livro ilustrado. De maneira que a imaginação atrelada ao uso de gêneros textuais
diversos é uma de suas qualidades.
X E) Lewis e Linden se preocupam apenas com a dimensão textual do livro ilustrado,
enquanto Lee se atém à linguagem visual, correspondente ao modo de expressão da
obra.
Questão
008 Segundo Lee (2011, p. 146), “O mais desafiador na criação de livros-imagem é ser
capaz de conduzir, com delicadeza, os leitores e, ao mesmo tempo, abrir todas as
possibilidades de diversas experiências de leitura”. Lee considera que:
A) Mesmo aliada à capacidade de ler imagens, o livro imagem é só mais uma das formas
do livro ilustrado, sobre a excepcionalidade do livro ilustrado estar na excepcionalidade
dos adultos: “Se você já tentou explicar ‘semáforo’ ou ‘coragem’ a uma criança de três
anos de idade, entende o que quero dizer.”
B) Mesmo aliada à capacidade de ler imagens, o livro imagem é só mais uma das formas
do livro ilustrado, sobre a excepcionalidade do livro escrito, ao contrário do ilustrado
estar na comodidade das crianças: “Se você já tentou explicar ‘semáforo’ ou ‘coragem’
a uma criança de três anos de idade, entende o que quero dizer.”
X C) Mesmo aliada à capacidade de ler imagens, o livro imagem é só mais uma das formas
do livro ilustrado, sobre a excepcionalidade do livro ilustrado estar na excepcionalidade
das crianças: “Se você já tentou explicar ‘semáforo’ ou ‘coragem’ a uma criança de três
anos de idade, entende como é fácil de ser feito, mesmo sem o apoio de imagens.
D) Mesmo aliada à capacidade de ler imagens, o livro imagem é só mais uma das formas
do livro ilustrado, sobre a excepcionalidade do livro ilustrado estar na excepcionalidade
das crianças: “Se você já tentou explicar ‘semáforo’ ou ‘coragem’ a uma criança de três
anos de idade, entende o que quero dizer.”
E) Mesmo aliada à capacidade de ler imagens, o livro imagem não é só mais uma das
formas do livro ilustrado, sobre a excepcionalidade do livro ilustrado estar na
excepcionalidade das crianças: “Se você já tentou explicar ‘semáforo’ ou ‘coragem’ a
uma criança de três anos de idade, entende o que quero dizer.”

Continue navegando