A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Dicas resumo

Pré-visualização | Página 1 de 1

MODELO DE RESUMO, INTRODUÇÃO E CONSIDERAÇÕES FINAIS
RESUMO
O presente estudo investiga os reflexos da relação aluno-internet, e a importância da interferência dos pais e professores, examinando as alternativas de atuação para reduzir os efeitos negativos resultantes dessa relação. O trabalho tenta compreender o contexto da relação aluno internet; estudar as defasagens de atuação dos pais e professores na relação do aluno com a internet e compreender as alternativas que atenuem os efeitos negativos resultantes da relação alunos internet.
Foi desenvolvida uma pesquisa de caráter qualitativo, onde se utilizou questionários.. O estudo deduziu que muitos alunos vivem o dia-a-dia completamente dependente da internet; que o uso da internet tornou-se um vício entre jovens com média de 16 anos; que apesar disso, a Internet pode ajudar a desenvolver a intuição, a flexibilidade mental e a adaptação a ritmos diferentes.
INTRODUÇÃO
Esse trabalho tenta responder ao questionamento quanto ao papel do gestor de escola pública em um ethos em crise. Como alunos do curso de Pedagogia temos nos preocupado com as questões referentes a atuação do gestor em uma situação tão adversa, pois logo, muitos de nós, estaremos ocupando esta função.
 Para dar conta do objetivo principal deste trabalho, qual seja o de estudar o papel do gestor em um ethos escolar em crise, nos impomos as metas de analisar as funções do gestor escolar, os indícios de crise no ethos da escolar e as abordagens que viabilizam o enfrentamento em situações de crise. 
O processo de investigação foi realizado em três etapas, seguindo orientações teóricas acerca da investigação científica em ciências sociais (LÜDKE & ANDRÉ, 2001). Assim, esta pesquisa segue as seguintes etapas: a) fase aberta ou exploratória; e b) trabalho de campo (coleta de dados).
Para dar conta do objetivo principal, examinamos, através de entrevista semiestruturada, o olhar de sete gestores, da cidade de Cachoeira, visando uma reflexão contextualizada e para moldurar um processo de reconstrução da realidade a ser pesquisada (MINAYO; CONSTANTINO; SANTOS, 2005).
CONSIDERAÇÕES FINAIS
O presente estudo revelou que a internet, além de está presente na vida do adolescente, tem modificado radicalmente suas vidas; que a internet, em si, não é uma ferramenta maléfica, mas quando usada de forma equivocada pode se transformar em um grande mal; que muitos alunos vivem o dia-a-dia completamente dependente da internet; que o uso da internet tornou-se um vício entre jovens com média de 16 anos; que apesar disso, a Internet pode ajudar a desenvolver a intuição, a flexibilidade mental e a adaptação a ritmos diferentes; que pais e professores precisam buscar mais capacitação na área da informatização para poderem utilizar juntamente com filhos e estudantes este meio tão importante e significativo para varias atividades desenvolvidas nos ambientes familiares e educacionais. 
Admitimos não ter encerrado tudo que se podia explorar em um tema tão complexo e sugerimos que novos estudos sobre o envolvimento da Administração escolar nesta questão sejam produzidos para benefício de todos os envolvidos no uso da internet por estudantes brasileiros.