Uveítes
47 pág.

Uveítes


DisciplinaOftalmologia437 materiais2.755 seguidores
Pré-visualização3 páginas
(USO GERAL)
\u2022 AÇÃO CURTA (SOLUÇÃO):
 - TROPICAMIDA 0,5 OU 1%, 6/6H
 - CICLOPENTOLATO 0,5 OU 1%, 24H
\u2022 AÇÃO LONGA (SOLUÇÃO):
 - ATROPINA 1%, 15 DIAS
\u2022 INJEÇÕES SUBCONJUNTIVAIS DE 
ADRENALINA, ATROPINA, MIDRICAÍNA
\u2022 PROMOVER O ALÍVIO DO ESPASMO 
CILIAR E PUPILAR
\u2022 PREVENIR OU ROMPER SINÉQUIAS 
POSTERIORES
\u2022 COMPLICAÇÕES:
 - SINÉQUIAS IATROGÊNICAS
 - AMBLIOPIA EM CRIANÇAS
 - TAQUICARDIA E HAS
#NOTA
ATIVADOR DO PLASMINOGÊNIO TECIDUAL - INJEÇÕES NA CÂMARA ANTERIOR 
DISSOLVEM EXSUDATO FIBRINOSO E AUXILIAM NA QUEBRA DE SINÉQUIAS
next32
ESTERÓIDES TÓPICOS
(UAA, UAC)
\u2022 SOLUÇÃO \u2705 , SUSPENSÃO, POMADA
\u2022 1 GOTA 1H/1H, 2/2H, 3/3H, 4/4H, 
POR SEMANA DURANTE 5 A 6 SEMANAS
\u2022 COMPLICAÇÕES: 
 - ELEVAÇÃO DA PIO
 - CATARATA
 - INFEC. SECUNDÁRIA DA CÓRNEA
 - PIORA DO HERPES SIMPLES
next33
ESTERÓIDES PERIOCULARES
(UAS, UAC, UI, UP)
\u2022 INJEÇÕES DE TRIANCINOLONA:
 - SUBTENONIANA POSTERIOR E 
INTRAOCULAR
\u2022 1ª LINHA P/ UP E UI UNILATERAL
\u2022 COMPLEMENTAR NA UP BILATERAL
\u2022 POUCA ADESÃO À TÓPICA OU SISTÊMICA
\u2022 CIRURGIA C/ UVEÍTES
\u2022 COMPLICAÇÕES:
 - PERFURAÇÃO DO GLOBO OCULAR
 - ELEVAÇÃO DA PIO
 - PTOSE
 - ATROFIA DA GORDURA SUBDÉRMICA
 - PARESIA MUSCULAR EXTRA-OCULAR
 - LESÃO DO NERVO ÓPTICO
 - OCLUSÃO VASCULAR
#NOTA
MUITO EMPREGADOS EM PACIENTES DE DIFÍCIL CONTROLE \u2714
next34
ESTERÓIDES SISTÊMICOS
(UAR, UI, UP, PAN, 
BILATERALIDADE)
\u2022 PREDNISOLONA ORAL 5/25mg OU 
METILPREDINOSOLONA EV 1g/dia, POR 
2 A 3 DIAS
\u2022 UA RESISTENTE À TERAPIA TÓPICA
\u2022 UI REFRATÁRIA À INJEÇÕES 
SUBTENONIANAS
\u2022 UP OU PANUVEÍTE BILATERAL
\u2022 CONTRA-INDICAÇÕES:
 - DM MAL CONTROLADO
 - ÚLCERA PÉPTICA
 - OSTEOPOROSE
 - INFECÇÃO SISTÊMICA ATIVA
 - PSICOSE POR EXPOSIÇÃO PRÉVIA A 
ESTERÓIDES
#NOTA (EFEITOS COLATERAIS)
CURTA DURAÇÃO - DISPEPSIA, ALT. COMPORTAMENTO, D. HIDRO-ELET., 
NECROSE DA CABEÇA DO FÊMUR
LONGA DURAÇÃO - CUSHING, OSTEOPOROSE, DÉF. CRESC. CRIANÇAS, TB, 
CATARATA, DM (AGRAV.), MIOPATIA
next35
IMUNOSSUPRESSORES
(BILATERALIDADE, CRONICIDADE, 
CONTRA-INDICAÇÃO À ESTERÓIDES)
\u2022 ANTIMETABÓLITOS:
 - AZATIOPRINA (D. CRÔNICAS)
 - METOTREXATO (SARCOIDOSE, AIJ)
 - MICOFENOLATO MOFETIL* (2ª LINHA)
 * CONTRA-INDICADO P/ CRIANÇAS
\u2022 EFEITOS COLATERAIS:
 - APLASIA DE MO
 - HEPATOTOXICIDADE
 - R. HIPERSENSIBILIDADE
\u2022 MONITORAMENTO OBRIGATÓRIO:
 - HEMOGRAMA COMPLETO
 - HEPATOGRAMA
\u2022 MODULADORES IMUNOLÓGICOS:
 - CICLOSPORINA (S. BEHÇET)
 - TACROLIMUS (2ª LINHA)
\u2022 EFEITOS COLATERAIS:
 - HAS, HIPERLIPIDEMIA, HIPERGLICEMIA
 - NEURO/NEFRO/HEPATOTOXICIDADE
\u2022 MONITORAMENTO OBRIGATÓRIO:
 - PA, HEPATOGRAMA, F. RENAL
 - GLICEMIA (TACROLIMUS)
 - LIPIDOGRAMA (CICLOSPORINA)
next
DOENÇAS SISTÊMICAS
36
next
COLITE ULCERATIVA
1. 5% UAA CONCOMITANTE COM CRISE DE 
COLITE
2. CONJUNTIVITE, EPISCLERITE, 
PAPILITE, COROIDITE
DOENÇA DE CROHN
1. 3% UAA
2. CONJUNTIVITE, EPISCLERITE 
PERIFLEBITE
DOENÇA DE WHIPPLE
1. LIPODISTROFIA INTESTINAL, 
ALTERAÇÕES NEURO-OFTALMOLÓGICAS: 
OFTALMOPLEGIA, NISTAGMO, 
PAPILEDEMA, ATROFIA
2. VITREÍTE, RETINITE, COROIDITE
NEFRITE TUBULOINTERSTICIAL E 
UVEITE
1.\ud83d\udeba , JOVENS, AUTOIMUNE, 
PROTEINÚRIA, ANEMIA, HAS, IRA, 
HIPERSENSIBILIDADE A DROGAS 
(ANTIBIÓTICOS)
2. UA, BILATERAL, NÃO GRANULOMATOSA
GLOMERULONEFRITE POR IGA
1. 20-50a, HEMATÚRIA MACRO, IVAS
2. UA RARA, CONJUNTIVITE, ESCLERITE
ENTEROPATIAS
37
DOENÇA RENAL
next
ESPONDILOATROPATIAS
(HLA-B27 )
38
#NOTA (PREVALÊNCIA DO HLA-B27)
50% PCTE UAA SADIOS
90% PCTE UAA + ESPONDILOARTROPATIA
TRATAMENTO: AINES, IMUNOSSUPRESSORES, EVITAR ESTERÓIDES 
SISTÊMICOS (OSTEOPOROSE)
SÍNDROME DE REITER (ARe)
- 12% OU MAIS UVAA
- LEVE, BILATERAL, 
MUCOPURULENTA
- AUTOLIMITADA
- PCTE 18/40a, URETRITE NÃO 
GONOCÓCICA > CONJUNTIVITE > 
ARTRITE (JOELHO)
ARTRITE PSORIÁTICA
- 7% UVAA
- CONJUNTIVITE, 
CERATITE, IRIDOCICLITE, 
S. SJÖGREN
- PCTE 30/55a, LESÕES 
CUTÂNEAS, ARTRITE (SÃO 
CINCO PADRÕES CLÍNICOS)
ESPONDILITE ANQUILOSANTE
- 25% UVAA UNILATERAL
- PODE PRECEDER ESPONDILITE
- ARTRITE +COMUM EM ADULTOS
- ESCLERITE E CONJUNTIVITE
- \ud83d\udeb9 , 23a, DOR LOMBAR 
CRÔNICA, INFLAMATÓRIA, 
RIGIDEZ MATINAL
next
AUTOIMUNES
39
SÍNDROME DE UVEÍTE DE FUCHS
- UAC NÃO GRANULOMATOSA
- PCTE 40a, RUBÉOLA?, T. 
GONDII?
- KP, NÓDULOS E ATROFIA DA 
ÍRIS, CATARATA, HETEROCROMIA, 
FLOATERS, GLAUCOMA
DOENÇA DE BEHÇET
- UP, UAA RECORRENTE 
BILATERAL
- 100% VITREÍTE GRAVE
- AUTOIMUNE, IDIOPÁTICA, 
ULCERAÇÃO OROGENITAL, 
DERMATOGRAFIA, 
VASCULITES RETINIANAS
ARTRITE IDIOPÁTICA JUVENIL
- 12% UAC
- 70% NÃO GRANULOMATOSA, 
BILATERAL
- MAIS COMUM ASSOCIADA A 
UVEÍTE NA INFÂNCIA
- PCTE < 16a, ARTRITE PAUCI 
> 6 SEM, INFLAMATÓRIA
#NOTA (TRATAMENTO)
AIJ: ESTERÓIDES PERIOCULARES, AINES, IMUNOSSUPRESSORES
SB: ESTERÓIDES SISTÊMICOS, IMUNOSSUPRESSORES
FUS: ESTERÓIDES PERIOCULARES, VITRECTOMIA, CIRURGIA DE CATARATA
next
AUTOIMUNES 
MULTISSISTÊMICAS
40
#NOTA (TRATAMENTO)
SARCOIDOSE: ESTERÓIDES SISTÊMICOS E PERIOCULARES
SVKH: ESTERÓIDES ORAIS E INTRAVENOSOS OU CICLOSPORINA
SÍNDROME DE VOGT-KOYANAGI-
HARADA
- UA, UP BILATERAL, PANUVEÍTE
- DESCOLAMENTO DE RETINA, 
NÓDULOS DE DALEN-FUCHS, 
FIBROSE SUB-RETINIANA, SUNSET 
GLOW
- &'\ud83d\udeba , CONTRA MELANÓCITOS
\u26a0 OBSERVAÇÃO
- SE TIVER GRANULOMA NO 
FUNDO DE OLHO, 
INVESTIGAR SARCOIDOSE
- 90% ALTERAÇÕES 
PULMONARES
- A DOENÇA PODE TER 
VÁRIAS APRESENTAÇÕES
SARCOIDOSE
- UAA, UAC GRANULOMATOSA
- PERIFLEBITE, MUTTON FAT, 
NÓDULOS EM ÍRIS, COROIDITE, 
GRANULOMAS RETINIANOS
- NEGROS, LINFADENOPATIA 
HILAR BILATERAL, ERITEMA 
NODOSO
next
POR PARASITAS
41
#NOTA (TRATAMENTO)
TOXOPLASMOSE: ESTERÓIDES SISTÊMICOS + ANTIBIOTICOTERAPIA
NENHUMA DROGA ELIMINA O PARASITA; LIMITAR A MULTIPLICAÇÃO 
DURANTE FASE ATIVA; REDUZIR RECIDIVA
ONCOCERCÍASE (FOTO À DIREITA)
- UA, CORIORRETINITE 
BILATERAL, CERATITE, ÁFRICA
- ONCHOCERCA VOLVULUS
TOXOCARÍASE
- ENDOFTALMITE CRÔNICA E 
GRANULOMAS, CRIANÇAS
- TOXOCARA CANIS
CISTICERCOSE
- CISTOS SUBCONJUNTIVAIS 
(FOTO CENTRAL) E 
SUBRETINIANOS
- LARVA DA T. SOLIUM
NEURORRETINITE SUBAGUDA 
UNILATERAL DIFUSA
- ANCYLOSTOMA CANIUM
TOXOPLASMOSE (FOTO ABAIXO)
- UA, UP, PANUVEÍTE
- FLOATERS, PERDA VISUAL, 
FOTOFOBIA, VITREÍTE
- CAUSA MAIS COMUM DE 
RETINITE INFECCIOSA
- T. GONDII, MAIOR CAUSA DE 
UVEÍTE INFECCIOSA NO !
next
VIRAIS
42
#NOTA (TRATAMENTO)
PADRÃO: ANTI-RETROVIRAIS SISTÊMICOS OU INTRAVÍTREO
VZV: ESTERÓIDES
CMV (FOTO À DIREITA)
- RETINITE MAIS COMUM EM HIV+
- INDOLENTE OU FULMINANTE
RUBÉOLA CONGÊNITA
- UA C/ ATROFIA DA ÍRIS
- RETINOPATIA, CATARATA, NVC
PANENCEFALITE ESCLEROSANTE
- UP PELO SARAMPO
HSV (FOTO CENTRAL)
- UAC GRANULOMATOSA, 
ATROFIA DA ÍRIS, PIO 
ELEVADA
HERPES ZÓSTER (VZV)
- 50% UAC GRANULOMATOSA
NECROSE AGUDA DA RETINA 
(HSV, VZV)
HIV (FOTO À ESQUERDA)
- 70% MICROANGIOPATIA 
RETINIANA: EXSUDATOS 
ALGODONOSOS E HEMORRAGIAS
- ?% RETINITE: UA E 
VITREÍTE
- DX DIFERENCIAL C/ CMV
- TTO COM ANTI-RETROVIRAL
next
FÚNGICAS
43
#NOTA (TRATAMENTO)
CANDIDA SPP., ASPERGILLUS E C. IMMITIS: ANFOTERICINA B + 
FLUCONAZOL OU VORICONAZOL (CASOS DE RESISTÊNCIA)
P. JIROVECCI: SULFAMETOXAZOL + TRIMETOPRIM OU PENTAMIDINA EV
CRIPTOCOCOSE (FOTO À DIREITA)
- COROIDITE, PAPILITE, 
OFTALMOPLEGIA, NEUROPATIA
- AIDS, MENINGITE 
CRIPTOCÓCICA
PNEUMOCISTOSE COROIDAL
- PCTES COM AIDS
- P. JIROVECII
ENDOFTALMITE ENDÓGENA
- UA, HIPÓPIO, VITREÍTE
- IMUNOCOMPROMETIDOS
- CANDIDA SPP.
ASPERGILLUS
- VITREÍTE, VASCULITE
COCCIDIOIDES IMMITIS
- UA GRANULOMATOSA SEVERA
POHS (FOTO À ESQUERDA)
- HISTO SPOTS: LESÕES 
AMARELO-ESBRANQUIÇADAS 
PEQUENAS, ARREDONDADAS, 
IRREGULARES, PIGMENTADAS
- BILATERALIDADE, ATROFIA 
PERIPAPILAR,