Eritema Multiforme
16 pág.

Eritema Multiforme


DisciplinaPropedêutica720 materiais1.625 seguidores
Pré-visualização2 páginas
da pele sendomais disseminadas do que no eritema multiforme e são acompanhadas pelo acometimento de duas ou mais superfícies mucosas, como olhos, cavidade oral, vias aéreas superiores ou esôfago e trato gastrintestinal ou mucosa anogenita.
Tem um acometimento maior em pessoas mais velhas e mulheres do gênero feminino ao contrário do eritema multiforme maior.
Caso os pacientes sobrevivam as alterações se resolvem dentro de 4-6 semanas e nas lesões bucais mais tempos para cicatrizar.
Disponíveis 
em: Patologia Oral &
 
Maxilofacial \u2013 Brad W. Neville, Douglas D. Damm, Carl M. Allen, Jerry E. Bouquot
Necrólise epidérmica tóxica. A descamação da pele dos pés é característica das lesões cutâneas descamativas difusas.
Necrólise epidérmica tóxica. Esta forma grave do eritema multiforme exibe lesões bolhosas difusas na pele
\uf062
\uf061
4. O QUE PROVOCA A DOENÇA
A causa exata do multiforme do eritema é ainda desconhecida, mas a circunstância provavelmente é associada com a infecção do vírus de palavra simples (HSV) de herpes em muitos casos, especialmente EM menores. O vírus do herpes fica dormente e tende a ser reativado por certos gatilhos. Isto explica por que EM pode incendiar-se repetidamente. Crianças com EM geralmente irão desenvolver uma afta alguns dias antes do início da erupção. O gatilho segundo mais comum é uma infecção no peito, causada pela bactéria mycoplasma.
Medicação às vezes pode provocar o mais grave tipo de EM. Medicamentos que podem causar EM incluem:
Antibióticos penicilina como amoxicilina e ampicilina.
Anticonvulsivantes (usados para tratar a epilepsia) como a fenitoína e barbitúricos
Sulfonamidas
Tetraciclinas
Drogas antiinflamatórias não-esteróides (AINEs)
Especialistas acreditam que uma reação EM envolve dano para os tecidos e os vasos sanguíneos da pele. 
.
5. SINTOMAS
Os principais sintomas do Eritema multiforme são:
Lesões circulares e avermelhadas, distribuídas pelo corpo;
Coceira nas regiões afetadas;
Fadiga e cansaço;
Indisposição e mal-estar geral;
Dor nas articulações;
Lesões na boca ou olhos;
Febre;
Sangramento das lesões;
Dificuldades para se alimentar.
6. DIAGNÓSTICO
Dever do cirurgião-dentista saber diagnosticá-lo e tratá-lo, uma vez que, na maior parte dos casos, as lesões são evidenciadas na mucosa oral, podendo inclusive, serem restritas a esta área. Por esse motivo, este trabalho se destina, através de uma revisão da literatura, elucidar aos cirurgiões-dentistas conhecimentos relacionados aos aspectos clínicos, etiológicos, prognósticos, tipos de tratamentos e preservação dos casos de eritema multiforme
Se você acha que tem EM, consulte um médico dermatologista imediatamente, através da observação clínica dos sintomas pode ser capaz de diagnosticar EM só de olhar para sua pele.
7. TRATAMENTO E PROGNOSTICO
O tratamento do eritema multiforme é de suporte. Todos os medicamentos causadores da doença são eliminados. Tratamento visa controlar a doença que está causando a EM, prevenir a infecção e gerir os sintomas.
Seu médico pode aconselhá-lo a parar de tomar a medicação que pode ser acionando o EM. 
Os sintomas podem ser tratados com: 
Uma dieta líquida, se a boca é gravemente afetada
Anti-histamínicos para controlar a coceira
Compressas de água fria devem ser utilizadas para diminuir o desconforto causado pelas feridas e bolhas na pele dos pacientes.
Antiviral comprimidos se a causa é uma infecção de herpes simples, ex: aciclovir
Colutório anestésico (medicamentos para gargarejo) para aliviar o desconforto de feridas na boca
Um curso curto de comprimidos de corticosteroides para controlar a inflamação
Analgésicos para dor de pele ou boca
Antibióticos para proteger contra a infecção da pele crua
Se você tiver EM grave, talvez você precise ficar no hospital e ser tratados em uma unidade de terapia intensiva ou uma unidade de queimaduras. Casos mais graves podem levar até seis semanas para ficar melhor podendo ter recidiva. 
 
 
8. PREVENÇÃO
É difícil de evitar um ataque inicial de eritema multiforme, porque ninguém sabe o que vai provocar. No entanto, se você já teve eritema multiforme, uma vez que o médico determinou que foi causado por um medicamento, não se esqueça de eliminar estas e outras drogas da mesma classe para prevenir outro ataque. Se o vírus herpes é a causa da reação, pode precisar de tomar medicamentos antivirais por dia para evitar a reincidência.
9. CONCLUSÃO
Concluímos que o eritema multiforme é uma patologia com características inflamatórias, podendo se manifestar através de processos oriundos imunológicos, infecções virais, bacterianas, fúngicas e por reações alérgicas a várias drogas. O seu tratamento é promissor quando realizado no início do quadro, sendo seu prognóstico favorável nas formas maior e menor, entretanto nas formas mais graves o prognóstico é questionado. Portanto, cabe ao cirurgião-dentista, ter conhecimento sobre suas formas clínicas, características básicas e tratamentos, visando melhorias na qualidade de vida desses pacientes.
10. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Patologia Oral &Maxilofacial \u2013 Brad W. Neville, Douglas D. Damm, Carl M. Allen, Jerry E. Bouquot
https://www.tuasaude.com/eritema-multiforme/
https://www.unip.br/comunicacao/publicacoes/ics/edicoes/2010/03_jul-
set/V28_n3_2010_p251-254.pdf
http://emedicine.medscape.com/article/1122915-overview
http://www.accelerated-ideas.com/dicasdesaude/eritema-multiforme.aspx
http://estomatologiaonlinepb.blogspot.com.br/2016/10/eritema-multiforme.html
https://www.news-medical.net/health/What-is-Erythema-Multiforme-(Portuguese).aspx
https://editoraplena.com.br/artigo/full-science-28a-edicao/1792/eritema-multiforme-relatos-de-casos-clinicos-e-diagnostico-diferencial.html
http://www.prac.ufpb.br/anais/xenex_xienid/xi_enid/monitoriapet/RESUMOS/Area6/6CCSDCOSMT06-P.pdf
http://www.misodor.com/ERITEMA%20POLIMORFO.php