Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
12 pág.
ESTUDO DE CASO THE WHALE

Pré-visualização | Página 1 de 1

FICHA TÉCNICA
Arquiteto: Frits van Dongen, Architekten Cie.
Localização: Amsterdã, Holanda
Ano: 1998-2000
Status: Concluído
Programa: 150 moradias sociais,
64 habitações privadas para alugar,
1.100 salas comerciais,
179 vagas de estacionamento.
Tamanho: 35,800 m²
Materiais: Concreto, alumínio (aberturas) e
placas de zinco e alumínio especial (fachada).
LOCALIZAÇÃO
Esse projeto foi executado em Amsterdã, na Holanda. Está situado em uma
vizinhança chamada de Zeeburg. Este novo bairro é conhecido por ter sido o
antigo Eastern Harbour District Amsterdam (Distrito do Porto Oriental de
Amsterdã), antiga zona portuária que foi toda remodelada para se
transformar em um bairro residencial. Essa área precisava atingir a densidade
necessária de 100 moradias por hectare. Foi quando Frits van Dongen fugiu do
padrão de altura dos edifícios desse bairro e projetou um conjunto habitacional
com 8 pavimentos. O edifício cabe perfeitamente dentro do rígido e confinado
terreno, ocupando um quarteirão inteiro. Sua volumetria é composta por cheios
e vazios, onde foi extraído um retângulo da sua área interna e isso possibilitou
a entrada de luz natural e a criação de um jardim interno semi-público.
SOBRE O DESIGN
Fritz van Dongen inspirado na água circundante,
criou um mar de prédios baixos, dado pelo ritmo da
variação de blocos e espaços abertos. Este ritmo se
repete em maior escala na tapeçaria de terra e
água que caracteriza toda a área. O mar dos
edifícios de baixa altura é interrompido por esse
grande prédio, tanto para lançar em relevo a
paisagem baixa como para atingir a densidade do
centro da cidade. Este design inusitado é um dos
maiores responsáveis por possibilitar diversas
tipologias de moradias e espaços comerciais, por
oferecer maior iluminação natural e ar fresco para
as habitações e também por gerar vistas únicas e
abertas de um dos bairros mais modernos perto do
centro de Amsterdã.
SOBRE O USO DO EDIFÍCIO
Ele é um edifício de uso misto e conta com 150 habitações sociais, 64 habitações privadas para
aluguel, 1100 espaços comerciais, 179 vagas de estacionamento e um jardim semi-público no seu
interior. Uma de suas propostas era de trazer diversidade proporcionando o encontro de diferentes
classes sociais. Esse edifício é cheio de detalhes interessantes, que o caracterizam como sendo único, um
deles é a iluminação azul embaixo das partes inclinadas no térreo.
SOBRE O JARDIM INTERNO
Com o uso dos pilotis, os andares inferiores recebem a luz solar. A luz e o espaço têm
acesso gratuito ao coração do edifício, redefinindo a tipologia do bloco fechado: a
área interna transforma o domínio tradicionalmente privado em um jardim de cidade
quase público. Esse jardim é uma área de convivência coletiva tanto para os moradores
quanto para quem visita o edifício.
CARACTERÍSTICAS CLIMATOLÓGICAS
23.6 °C é a temperatura média do mês de Julho em Amsterdã, o mês mais quente do
ano.
A temperatura média em Janeiro, é de 1.1 °C. tendo isso em vista, Frits van Dongen
utiliza os pilotis e muitas aberturas de médias para grandes portes feitas de vidro,
possibilitando a entrada dos raios infravermelhos responsáveis por aquecer o ambiente.
SOBRE AS FACHADAS
As fachadas foram todas revestidas com placas de zinco e a sua cobertura com um
alumínio especial. As janelas retas e com tamanhos diferentes conferem maior
dinamicidade a fachada, quebrando o tédio das inúmeras pecinhas de zinco. Por conta
da implantação e do prédio ocupar todo o quarteirão, ele não possui uma fachada
principal, todas as 4 faces do prédio são suas fachadas.
CIRCULAÇÃO CORREDORES E ESCADAS EXTERNAS
A circulação dos corredores em cada andar se intercalam, (quadro amarelo).
As escadas externas ligam um corredor a outro (quadro vermelho).
Fonte: Archdaily, modificado pelo autor.
PLANTA PAVIMENTO TIPO – 4° PAVIMENTO
Fonte: Archdaily, modificado pelo autor.
Apartamento
tipologia Duplex
Entrada veículo/
Estacionamento subsolo
Circulação
vertical de acesso individual
para apartamentos superiores
Comércio/
Serviço
Circulação
vertical geral
Circulação
horizontal
Circulação
vertical para hall de 
apartamentos superiores
Apartamento
tipologia 1 pavimento
LEGENDA
Apartamento
tipologia Duplex
Entrada veículo/
Estacionamento subsolo
Circulação
vertical de acesso individual
para apartamentos superiores
Comércio/
Serviço
Circulação
vertical geral
Circulação
horizontal
Circulação
vertical para hall de 
apartamentos superiores
Apartamento
tipologia 1 pavimento
LEGENDA
PLANTA PAVIMENTO TIPO – 5° PAVIMENTO
Fonte: Archdaily, modificado pelo autor.
CORTE A.A
Fonte: Archdaily, modificado pelo autor.
Apartamento
tipologia Duplex
Entrada veículo/
Estacionamento subsolo
Circulação
vertical de acesso individual
para apartamentos superiores
Comércio/
Serviço
Circulação
vertical geral
Circulação
horizontal
Circulação
vertical para hall de 
apartamentos superiores
Apartamento
tipologia 1 pavimento
LEGENDA
CORTE B.B
Fonte: Archdaily, modificado pelo autor.
Apartamento
tipologia Duplex
Entrada veículo/
Estacionamento subsolo
Circulação
vertical de acesso individual
para apartamentos superiores
Comércio/
Serviço
Circulação
vertical geral
Circulação
horizontal
Circulação
vertical para hall de 
apartamentos superiores
Apartamento
tipologia 1 pavimento
LEGENDA
Fonte: Google.
Apartamento
tipologia Duplex
Entrada veículo/
Estacionamento subsolo
Circulação
vertical de acesso individual
para apartamentos superiores
Comércio/
Serviço
Circulação
vertical geral
Circulação
horizontal
Circulação
vertical para hall de 
apartamentos superiores
Apartamento
tipologia 1 pavimento
LEGENDA
CORTE C.C
Fonte: Archdaily, modificado pelo autor.
Fonte: Google.
Residencial Entrada veículo - Estacionamento subsoloEntrada pedestre Controle acesso pedestreÁrea comum (público-privado)Comercial Área Comum – Praça (público-privado)
PROGRAMA
Fonte: Archdaily, modificado pelo autor.
BIBLIOGRAFIA
Archdaily
http://www.archdaily.com.br/br/01-
46146/fotografia-e-arquitetura-pedro-kok/the-
whale-amsterdam-de-architekten-cie |Acessado em
03 de abril de 2020
Architravel
http://www.architravel.com/architravel/building/th
e-whale |Acessado em 03 de abril de 2020
EN
http://en.cie.nl/projects/39 |Acessado em 03 de
abril de 2020
Mascontext
http://www.mascontext.com/issues/4-living-winter-
09/case-study-4-the-whale | Acessado em 03 de
abril de 2020
Papo de Arquitetas
http://papodearquitetas.blogspot.com.br/2013/03
/the-whale-amsterdam.html | Acessado em 03 de
abril de 2020
Google
http://www.google.com.br/ | Acessado em 03 de
abril de 2020
http://www.archdaily.com.br/br/01-46146/fotografia-e-arquitetura-pedro-kok/the-whale-amsterdam-de-architekten-cie
http://www.architravel.com/architravel/building/the-whale
http://en.cie.nl/projects/39
http://www.mascontext.com/issues/4-living-winter-09/case-study-4-the-whale
http://papodearquitetas.blogspot.com.br/2013/03/the-whale-amsterdam.html
http://papodearquitetas.blogspot.com.br/2013/03/the-whale-amsterdam.html