A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
20 pág.
PLANO_DE_AULA-_Marcos_200133375

Pré-visualização | Página 1 de 2

PLANO DE AULA-01 
	DATA DE APLICAÇÃO: 
	ESCOLA: Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Mestre Lucindo.
	INTEGRANTES DA EQUIPE: Antonio Marcos Oliveira de Lima – Login 200133375
	ÁREA DE CONHECIMENTO: Língua Portuguesa
	SÉRIE/ANO EM QUE O PLANO SERÁ APLICADO: 9º Ano
	DURAÇÃO: 2h15min
	CONTEÚDO
	Período Composto: Coordenação e Subordinação em um texto Jornalístico.
	
HABILIDADE(S) - BNCC (consulte documento na disciplina estágio)
	EF09LP04- Escrever textos corretamente de acordo com a norma padrão, com estruturas sintáticas complexas no nível da oração e do período.
	
OBJETIVOS
	OBJETIVO GERAL- Trabalhar o período composto, organizado por processos de coordenação e subordinação.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS
- Apresentar o período composto;
-Analisar as relações de coordenação e subordinação entre períodos;
-Produzir texto argumentativo sobre a matéria jornalística opinativa, empregando conjunções coordenativas e subordinativas.
	
METODOLOGIA
	Sensibilização: Dividir a sala em grupos, para a troca de informações sobre o tema.
Distribuir o texto para leitura.
Desenvolvimento: Dispor os alunos em grupos para que façam a leitura compartilhada do texto. Sugere-se essa organização por se tratar de um texto de fácil compreensão e por não apresentar vocabulário complexo, que possa interromper o fluxo da leitura.
Atividade de Fixação: Serão feitas apresentações de duplas e exercícios do assunto estudado.
	
CRONOGRAMA
	Sensibilização: 05 minutos
Desenvolvimento: 30 minutos
Atividade de Fixação: 10 minutos
	
AVALIAÇÃO
	Participação na sala (leitura, realização de tarefas em sala, atividades no caderno) e atividade para casa.
	
RECURSOS
	RECURSOS MATERIAIS: Texto impresso, caderno, lápis e borracha.
	
	RECURSOS DIGITAIS: Computador com acesso à internet ou Data Show.
	
REFERÊNCIAS
	BRASIL, Base Nacional Comum Curricular: Educação Infantil e Ensino Fundamental. Brasília: MEC/ Secretaria de Educação Básica, 2017.
CUNHA, Celso& CINTRA, Lindley. Nova gramática de português contemporâneo. 6º Ed. Rio de Janeiro: Lexicon, 2013.
	DESCRIÇÃO DA METODOLOGIA
	
No início o professor dividirá os alunos em grupos de cinco, onde os mesmos receberão o tema e dali em diante, começará uma roda de conversas, onde farão a leitura de um texto jornalístico, que ocorrerá a existência de coordenação subordinação de períodos.
Por ser um texto de fácil compreensão, os mesmos após essa leitura, irão escolher dois colegas do grupo para a explanação do conteúdo estudado e explicado pelo professor.
Depois será repassado uma atividade, contendo várias questões sobre Períodos Compostos por Coordenação e Subordinação, para que os mesmos possam ser avaliados.
PLANO DE AULA-02 
	DATA DE APLICAÇÃO: 
	ESCOLA: Escola estadual de Ensino Fundamental e Médio Mestre Lucindo.
	INTEGRANTES DA EQUIPE: Antonio Marcos Oliveira de Lima- Login 200133375
	ÁREA DE CONHECIMENTO: Língua Portuguesa
	SÉRIE/ANO EM QUE O PLANO SERÁ APLICADO: 9º Ano
	DURAÇÃO: 02 hora/Aula: 90 minutos
	CONTEÚDO
	Figuras de Linguagem na Música
	
HABILIDADE(S) - BNCC (consulte documento na disciplina estágio)
	EF67LP38- Analisar os efeitos de sentido do uso de figuras de linguagem, como comparação, metáfora, metonímia, personificação, hipérbole entre outras.
	
OBJETIVOS
	OBJETIVO GERAL: Reconhecer as figuras de linguagem em músicas populares brasileiras e compreender que as figuras de linguagem, têm aspectos fonológicos, semânticos e sintáticos.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
- Praticar sua interpretação de textos literários e canções;
- Compreender que as figuras de linguagem são recursos que tornam mais expressivas as mensagens.
	
METODOLOGIA
	Sensibilização: Dividir os alunos em grupos, depois entregar um texto explicando o que é/são figuras de linguagem e sua classificação.
Entregas de canções para serem analisadas.
Desenvolvimento: Aula expositiva com a explicação dos tipos de figuras de linguagem e leitura de músicas populares brasileiras que contenham esse tipo de conteúdo.
Explicação dos efeitos das figuras de linguagem de fala e em textos.
Atividade de Fixação: Será confeccionado cartazes com exemplos de figuras de linguagem e exercícios de múltipla escolha para os alunos.
	
CRONOGRAMA
	Sensibilização: 20 minutos
Desenvolvimento: 40 minutos
Atividade de Fixação: 30 minutos
	
AVALIAÇÃO
	Os alunos serão avaliados por meio de atividades orais e escritas e identificar a quantidade de figuras de linguagem presentes nas canções.
	
RECURSOS
	RECURSOS MATERIAIS: Texto impresso, exercícios, caderno, caneta e borracha.
	
	RECURSOS DIGITAIS: Recurso com áudios, para a audição com músicas.
	
REFERÊNCIAS
	BRASIL. Base Nacional Comum Curricular: Educação Infantil e Ensino Fundamental. Brasília: MEC/Secretaria de Educação Básica, 2017.
CARVALHO, de B. Laiz. DELMANTO, Dileta. Jornadas. Port. Língua Portuguesa, Editora Saraiva, 2012, São Paulo.
	DESCRIÇÃO DA METODOLOGIA
	Haverá divisão da turma em grupos, onde será entregue aos mesmos, um texto explicativo sobre figuras de linguagem, sua classificação e também uma música diferente para cada grupo analisar e encontrar os diversos tipos de figuras de linguagem.
Uma aula expositiva, com cartazes e exemplos de cada figura de linguagem, levando o alunado a refletir como elas estão presentes em nosso dia a dia.
Através das análises feitas em cada canção, o professor irá avaliar os alunos pela participação e com atividades de múltipla escolha, para que os mesmos descubram, o quanto aprenderam com esse assunto, , estudado através de belas músicas.
 PLANO DE AULA-03
	DATA DE APLICAÇÃO: 
	ESCOLA: Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Mestre Lucindo
	INTEGRANTES DA EQUIPE: Antonio Marcos Oliveira de Lima- Login 200133375
	ÁREA DE CONHECIMENTO: Língua Portuguesa
	SÉRIE/ANO EM QUE O PLANO SERÁ APLICADO: 9º Ano
	DURAÇÃO: 02 horas/aula: 45 minutos
	CONTEÚDO
	A Colocação Pronominal na Carta Pessoal
	
HABILIDADE(S) - BNCC (consulte documento na disciplina estágio)
	EF09LP10- Comparar as regras de colocação pronominal na norma-padrão com o seu uso no português brasileiro coloquial.
	
OBJETIVOS
	OBJETIVO GERAL: Conhecer a Colocação dos Pronomes Átonos no contexto social.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
-Identificar os pronomes presentes na carta, trabalhada em sala de aula e suas funções;
-Aprimorar produções (cartas) em sala de aula, adequando-os com o uso correto dos pronomes e suas respectivas colocações pronominais;
-Identificar as principais regras para emprego dos pronomes átonos nas modalidades da Próclise, Ênclise e Mesóclise.
	
METODOLOGIA
	Sensibilização: Distribuição para leitura e confecção de cartas pessoais para o início da aula.
Desenvolvimento: Explanação discursiva, sobre o conceito dos pronomes. Explicando quando ocorre a Próclise, a Ênclise e a Mesóclise. Discutindo as variedades encontradas na língua falada.
Atividade de Fixação: Confecção de cartas pessoais, depois serão trocadas para análise entre todos e exercícios de fixação.
	
CRONOGRAMA
	Sensibilização: 05 minutos
Desenvolvimento:20 minutos
Atividade de Fixação: 10 minutos
	
AVALIAÇÃO
	Será realizada através da participação dos alunos e da compreensão do conteúdo trabalhado em sala de aula.
	
RECURSOS
	RECURSOS MATERIAIS: Material impresso, lápis, borracha.
	
	RECURSOS DIGITAIS: Data Show
	
REFERÊNCIAS
	BEARZOTI, Paulo Filho. Sintaxe de Colocação: teoria e prática. 8º Ed. Editora Atual. São Paulo, 1990.
BRASIL. Base Nacional Comum Curricular: Educação Infantil e Ensino Fundamental. Brasília: MEC/ Secretaria de Educação Básica, 2017.
	DESCRIÇÃO DA METODOLOGIA
	A aula começará com informações sobre Colocação Pronominal, em Próclise, Ênclise e Mesóclise. Apresentação dos itens da carta pessoal, e início da confecção da mesma.
Com as cartas confeccionadas, haverá trocas entre os alunos e com a explicação do tema, feita pelo professor, os mesmos deverão fazer o emprego dos pronomes átonos, encontrar e fazer

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.