A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Resumo Aborto

Pré-visualização | Página 1 de 1

CONCEITOS IMPORTANTES 
Interrupção da gestação <20 semanas ou feto <500g
•
TIPOS DE ABORTAMENTO 
Abortamento Precoce 1.
<12 semanas 
A.
Tratamento pode ser:
B.
Expectante: se ausência de SG e espessura do endométrio <30mm. a.
Médico: para encurtar o tempo de expulsão e evitar esvaziamento cirúrgico, tratamento com misoprostol. b.
Cirúrgico: mulheres que estão com hemorragia, instabilidade hemodinâmica ou infecção devem ser tratadas c.
com aspiração (melhor) ou curetagem. Está indicado uso de Doxiciclina como uso profilático. 
Abortamento Tardio 2.
>12 semanas 
A.
Administração de ocitocina em grandes quantidades para acelerar a expulsão. B.
Abortamento Espontâneo - tema deste resumo. 3.
Abortamento Provocado 
4.
USG NO ABORTO 
Diagnóstico de gravidez inviável: comprimento cabeça-nádega >7mm e ausência de BCF, diâmetro do Saco Gestacional •
(SG) >25mm e embrião ausente. 
Sinais sugestivos de abortamento: bradicardia fetal (<100 BCF) e hematoma subcorionico, necessitando reavaliação entre 7 •
a 10 dias. 
 
ETIOLOGIA DO ABORTO 
Esporádico 1.
Anormalidade Cromossômicas 
A.
Habitual (Três ou mais abortamentos na mesma gestante). 
2.
Insuficiência cervical
A.
Quadro Clínico: dor, bolsa herniada, colo abrindo, secreção mucoide, dilatação de 4 a 6cm sem desconforto a.
apreciável, contrações. 
Tratamento: Cerclagem (pontos perto do útero, amarrando o útero e tornar o colo mais suficiente.
b.
Síndrome do Anticorpo Antifosfolípide
B.
Quadro Clínico: tromboses, abortamentos espontâneos. 
a.
Diagnóstico: trombose vascular, morbidade gestacional, critérios laboratoriais (anticorpos anticoagulante lúpico, b.
anticardiolipina e AntiBetaGPI). 
Deficência Luteínica, Hipotireoidismo e Síndrome do Ovário Policístico. 
C.
EXAMES DIAGNÓSTICOS 
Cariótipo do casal
•
Avaliação do material abortado
•
USG Transvaginal 3D
•
Dosagem de anticorpos
•
Dosagem de TSH, anti-TPO e testosterona livre e total. 
•
APRESENTAÇÃO CLÍNICA (QUADRO) 
***Complicações do Aborto Infectado: 
Endomiometrite
1.
Infecção limitado ao conteúdo da cavidade uterina. 
A.
Pequena elevação térmica, BEG, dores discretas. 
B.
Pelviperitonite 2.
A infecção progride e agora está localizada no miométrio. 
A.
Temperatura em torno de 39 e estado geral está afetado, com taquicardia, desidratação, paresia intestinal e anemia. 
B.
Dores constantes e espontâneas. 
C.
Defesa abdominal no hipogástrio. D.
Peritonite 3.
Acompanhada de septicemia e choque séptico. 
A.
Temperatura elevada, pulso rápido, hipotensão, abdomen distendido, desidratação acentuada, oligúria, icterícia. 
B.