A maior rede de estudos do Brasil

como nosso corpo age na não absorção dos carboidratos?


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para responder essa pergunta devemos aplicar nosso conhecimento sobre Bioquímica.


A absorção de carboidratos ocorre com a passagem das moléculas do trato gastrointestinal no intestino delgado para a corrente sanguínea após a hidratação dos dissacarídeos, oligossacarídeos e polissacarídeos. A não absorção pode ocorrer com a insuficiência na produção de enzimas digestivas ou alteração na mucosa intestinal, a qual não consegue absorver totalmente. Quando os carboidratos não são absorvidos, bactérias colônicas fermentam em CO2, Metano, H2 e ácidos graxos de cadeia curta, provocando diarreia, distensão abdominal e excesso de gases.


Entretanto, com a não absorção de carboidratos nosso corpo age com diarreia, distensão abdominal e excesso de gases.

Para responder essa pergunta devemos aplicar nosso conhecimento sobre Bioquímica.


A absorção de carboidratos ocorre com a passagem das moléculas do trato gastrointestinal no intestino delgado para a corrente sanguínea após a hidratação dos dissacarídeos, oligossacarídeos e polissacarídeos. A não absorção pode ocorrer com a insuficiência na produção de enzimas digestivas ou alteração na mucosa intestinal, a qual não consegue absorver totalmente. Quando os carboidratos não são absorvidos, bactérias colônicas fermentam em CO2, Metano, H2 e ácidos graxos de cadeia curta, provocando diarreia, distensão abdominal e excesso de gases.


Entretanto, com a não absorção de carboidratos nosso corpo age com diarreia, distensão abdominal e excesso de gases.

User badge image

Vinicius Targino

Há mais de um mês

ele vai produzir energia.

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para responder essa pergunta devemos aplicar nosso conhecimento sobre Bioquímica.


A absorção de carboidratos ocorre com a passagem das moléculas do trato gastrointestinal no intestino delgado para a corrente sanguínea após a hidratação dos dissacarídeos, oligossacarídeos e polissacarídeos. A não absorção pode ocorrer com a insuficiência na produção de enzimas digestivas ou alteração na mucosa intestinal, a qual não consegue absorver totalmente. Quando os carboidratos não são absorvidos, bactérias colônicas fermentam em CO2, Metano, H2 e ácidos graxos de cadeia curta, provocando diarreia, distensão abdominal e excesso de gases.


Entretanto, com a não absorção de carboidratos nosso corpo age com diarreia, distensão abdominal e excesso de gases.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas