Buscar

PROVA - FUNDAMENTOS DE COMÉRCIO EXTERIOR

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 3 páginas

Prévia do material em texto

Disciplina: FUNDAMENTOS DE COMÉRCIO EXTERIOR  AV
Aluno: IGOR LIMA E SILVA 201808308387
Turma: 9005
GST1698_AV_201808308387 (AG)   24/09/2019 11:26:13 (F) 
Avaliação: 9,00 pts Nota SIA: 10,00 pts
 
FUNDAMENTOS DE COMÉRCIO EXTERIOR  
 
 1. Ref.: 1153633 Pontos: 1,00  / 1,00
Considerando as atividades desempenhadas no comércio exterior, assinale a ação que é própria do Governo e não
das Empresas:
 Assinar tratados comerciais com outros países.
Fazer a contratação do seguro de carga.
Adequar a mercadoria aos regulamentos do país importador.
Negociar o preço da mercadoria
Assinar contrato de compra e venda.
 2. Ref.: 3123137 Pontos: 1,00  / 1,00
O processo de integração refere-se à redução ou eliminação de ¿barreiras a �uxo de
fatores produtivos entre países que possam ser reguladas as políticas comuns ou
convergentes¿. Almeida, Paulo de. Integração Regional. São Paulo: Saraiva.2013
Assinale a alternativa correta de acordo com a fase:
 Mercado comum é a livre circulação de bens, capital e trabalho.
União Econômica e Monetária é o estabelecimento de autoridade supranacional
União aduaneira é a eliminação reciproca dos gravames sobre o comércio entre os países membros
Integração econômica total é a harmonização das políticas econômicas e sociais dos Estados.
Zona de Livre comércio é a adoção de uma política comercial externa comum
 3. Ref.: 3123149 Pontos: 1,00  / 1,00
Qual a função do Banco Central no comércio exterior brasileiro:
Estabelecer diretrizes e medida dirigidas à simpli�cação e racionalização do
comércio exterior.
É responsável pela administração dos tributos de competência da União,
inclusive os previdenciários, e aqueles incidentes sobre o comércio exterior.
É um órgão integrante do Conselho de Governo da Presidência da República e
tem por objetivo a formulação, adoção, implementação e coordenação de
políticas e atividades relativas ao comércio exterior de bens e serviços,
incluindo o turismo.
Normatiza, supervisiona, orienta, planeja, controla e avalia as atividades de
comércio exterior.
javascript:alert('C%C3%B3digo da quest%C3%A3o: 1153633.');
javascript:alert('C%C3%B3digo da quest%C3%A3o: 3123137.');
javascript:alert('C%C3%B3digo da quest%C3%A3o: 3123149.');
 É responsável por garantir o poder de compra da moeda nacional, tendo entre
seus objetivos zelar pela adequada liquidez da economia e manter as reservas
internacionais em nível adequado.
 4. Ref.: 607761 Pontos: 0,00  / 1,00
Ferramenta que permite o exercício e controle governamental do comércio exterior brasileiro. A a�rmativa anterior
relaciona-se ao?
Sistema de controle documental da Câmara do Comércio exterior brasileiro.
Sistema Integrado da Receita Federal Brasileira
 Sistema Harmonizado de Designação e Codi�cação de Mercadorias.
 SISCOMEX.
Sistema de crédito destinado à exportação.
 5. Ref.: 701891 Pontos: 1,00  / 1,00
Os incentivos �scais à exportação, relativos ao IPI, ICMS, PIS e COFINS, são aplicados para o fabricante ou produtor
na exportação indireta na forma de:
IPI e ICMS: suspensão de pagamento e manutenção de créditos �scais; PIS e COFINS: sem direito a esses
incentivos.
IPI e ICMS: imunidade de pagamento; PIS e COFINS: suspensão de pagamento.
 IPI e ICMS: suspensão de pagamento e manutenção de créditos �scais; PIS e COFINS: isenção de
pagamento.
IPI e ICMS: imunidade de pagamento e manutenção de créditos �scais; PIS e COFINS: isenção de
pagamento.
IPI e ICMS: imunidade de pagamento e manutenção de créditos �scais; PIS e COFINS: suspensão de
pagamento.
 6. Ref.: 2962720 Pontos: 1,00  / 1,00
Entre as funções do Imposto de Exportação, marque a informação verdadeira.
Função Securitária.
Função Promotora.
 Função Arrecadadora.
Função Seletora.
Função Protecionista.
 7. Ref.: 205720 Pontos: 1,00  / 1,00
DELIVERY DUTY PAY - DDP é uma sigla do INCOTERMS 2010 que estabelece o local onde termina a
responsabilidade logística do exportador. Em que momento cessa essa responsabilidade da carga para o vendedor?
Quando entrega a carga no porto de origem, com desembaraço aduaneiro incluído.
 O vendedor deve entregar a carga ao importador no local indicado, país de destino, com desembaraço
aduaneiro incluído.
Quando entrega a carga no país de origem, no local do importador, com desembaraço aduaneiro.
O vendedor combina com o comprador o local da entrega da carga, que pode ser no país de origem ou
destino, com desembaraço incluído.
javascript:alert('C%C3%B3digo da quest%C3%A3o: 607761.');
javascript:alert('C%C3%B3digo da quest%C3%A3o: 701891.');
javascript:alert('C%C3%B3digo da quest%C3%A3o: 2962720.');
javascript:alert('C%C3%B3digo da quest%C3%A3o: 205720.');
O vendedor deve entregar a carga ao importador no porto de destino, carga desembarcada, sem
desembaraço aduaneiro.
 8. Ref.: 620871 Pontos: 1,00  / 1,00
É proibida a troca de moedas no Brasil sem a intervenção do Banco Central do Brasil, o qual funciona como órgão
gestor das operações cambiais. Isso signi�ca dizer que, para o importador pagar a sua obrigação no exterior e para o
exportador receber os Reais correspondentes às divisas de que tem direito a receber, será preciso comprar ou
vender as moedas estrangeiras celebrando o que chamamos de:
Contrato de Importação;
Contrato de Exportação;
Contrato de seguro internacional.
 Contrato de Câmbio;
Contrato de afretamento;
 9. Ref.: 204289 Pontos: 1,00  / 1,00
O Registro de Exportação - RE emitido pelo exportador no SISCOMEX é um documento obrigatório para efeitos do
desembaraço aduaneiro junto à Receita Federal do Brasil no local de embarque e fronteira. Pergunta: Quais são os
efeitos decorrentes do uso do Registro de Exportação - RE?
O Registro de Exportação - RE não trem efeitos decorrentes no país de origem e sim no país de destino.
 O Registro de Exportação - RE tem efeitos decorrentes do tipo administrativo, aduaneiro e cambial, pois
através dele a Receita Federal autorizou a desnacionalização da mercadoria.
O Registro de Exportação - RE somente é obrigatório na exportação de commodities alimentícios, tipo arroz,
açúcar, soja e outros, sendo opcional para outros produtos a serem exportados.
O Registro de Exportação - RE somente tem efeito decorrente na parte aduaneira e administrativa, menos
cambial.
O Registro de Exportação - RE é opcional, portanto não tem efeitos dentro das normas administrativas e
aduaneiras brasileiras.
 10. Ref.: 241575 Pontos: 1,00  / 1,00
Despacho de importação é o procedimento mediante o qual é veri�cada a exatidão dos dados declarados pelo
importador em relação à mercadoria importada, aos documentos apresentados e à legislação especí�ca, com vistas
ao seu desembaraço aduaneiro. Sinalize o único documento que se encontra fora do contexto da questão:
 Nota �scal
Packing List (Romaneio)
Declaração de Importação
Fatura Comercial
Conhecimento de Embarque
javascript:alert('C%C3%B3digo da quest%C3%A3o: 620871.');
javascript:alert('C%C3%B3digo da quest%C3%A3o: 204289.');
javascript:alert('C%C3%B3digo da quest%C3%A3o: 241575.');

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

Perguntas Recentes