Hemorragia digestiva baixa - Questões resolvidas
2 pág.

Hemorragia digestiva baixa - Questões resolvidas


DisciplinaCirurgia Geral I345 materiais3.492 seguidores
Pré-visualização2 páginas
QUESTÕES
2016 - SES-RJ
1. Pacientes com mais de 50 anos têm maior risco de hemorragia por angiodisplasia de cólon, a qual
acontece com maior frequência no:
a) cólon transverso
b) cólon esquerdo
c) sigmoide
d) ceco
2016 - UFPI
2. Dentre as alternativas a seguir, a causa mais comum de sangramento massivo do cólon é:
a) câncer
b) angiodisplasia
c) diverticulite
d) variz hemorroidária
e) colite granulomatosa
2015 - ALBERT EINSTEIN
3. Sobre o manejo da Hemorragia Digestiva Baixa (HDB) em adultos, pode-se afirmar que:
a) o exame de escolha para o diagnóstico topográfico e etiológico da HDB em pacientes hemodinamicamente
estáveis é a cintilografia com hemácias marcadas
b) a angiografia dos vasos mesentéricos pode ser indicada nos casos de HDB, contudo tem a desvantagem de
não serem possíveis as intervenções terapêuticas durante o exame
c) a doença diverticular dos cólons é a principal causa de HDB, sendo que, na maioria dos casos, ocorre
resolução espontânea do sangramento
d) a pacientes com enterorragia volumosa não está indicada a endoscopia digestiva alta, que essa é a
apresentação clínica típica dos sangramentos colônicos
2015 - SANTA CASA-BH
4. Um paciente com idade acima de 60 anos é levado a um pronto atendimento hospitalar devido a quadro
de franca hemorragia digestiva baixa. Considerando o caso, assinale a alternativa que apresenta a
suspeita diagnóstica com base em frequência:
a) colite isquêmica
b) proctite actínica
c) doença inflamatória intestinal
d) doença diverticular
2015 - SANTA CASA-BH
5. Quanto às opções terapêuticas endoscópicas da Hemorragia Digestiva Baixa (HDB), assinale a alternativa
incorreta:
a) hemoclipes, ligaduras elásticas e ligaduras com alças são métodos mecânicos de abordagem endoscópica
de HDB
b) pinças diatérmicas e plasma de argônio são métodos térmicos de abordagem endoscópica da HDB
c) adrenalina, álcool e etanolamina são métodos químicos de abordagem endoscópica de HDB
d) eletrocoagulações monopolar, bipolar e a laser não devem ser usadas na abordagem endoscópica da HDB
RESPOSTAS
Questão 1. Estatisticamente, as angiodisplasias são mais comuns no ceco e no cólon ascendente.
Gabarito = D
Questão 2. Questão conceitual. A causa mais comum de sangramento massivo do cólon é angiodisplasia, que
por sua vez é mais frequente no ceco e ascendente.
Gabarito = B
Questão 3. Analisando as alternativas:
a) Incorreta. O exame de escolha para diagnóstico topográfico e etiológico é a colonoscopia.
b) Incorreta. A arteriografia mesentérica é um exame diagnóstico e terapêutico
c) Correta. A principal causa de hemorragia digestiva baixa em adultos é a doença diverticular dos cólons, que
normalmente cessa espontaneamente.
d) Incorreta. A endoscopia digestiva alta faz parte do algoritmo de conduta em hemorragia digestiva baixa,
para excluir sangramento alto.
Gabarito = C
Questão 4. Ainda que todas sejam causas possíveis de Hemorragia Digestiva Baixa (HDB), nenhuma delas deve
ser cogitada como hipótese, principalmente em paciente hígido sem histórico de tratamento radioterápico
prévio. A causa mais comum de HDB em pacientes adultos é a doença diverticular dos cólons.
Gabarito = D
Questão 5. Analisando as alternativas:
a) Correta. São métodos mecânicos amplamente utilizados no controle da hemorragia digestiva baixa.
b) Correta. Esses métodos são mais comumente utilizados nos casos de colite/retite actínica.
c) Correta. Também são métodos bastante utilizados.
d) Incorreta. À semelhança de todos os métodos descritos, são usados a depender da causa da hemorragia
digestiva baixa.
Gabarito = D