PROINTER PARCIAL - RH IV
28 pág.

PROINTER PARCIAL - RH IV


DisciplinaProinter708 materiais3.535 seguidores
Pré-visualização7 páginas
ANHANGUERA EDUCACIONAL
Unidade de Apoio Presencial \u2013 Polo Manaus/AM
Curso de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos 
NOME DO ALUNO RA
Projeto Interdisciplinar Aplicado ao Curso Superior de
Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos
PROINTER IV
Manaus/AM
Outubro/2018
 NOME DO ALUNO RA
 
Projeto Interdisciplinar Aplicado ao Curso Superior de
Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos
PROINTER IV
Projeto Interdisciplinar apresentado ao curso de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos da Universidade Anhanguera como requisito parcial à obtenção de nota para aprovação da disciplina de Projeto Interdisciplinar aplicado aos cursos de Tecnologia IV.
Tutor (a) à Distância: 
Tutor (a) Presencial: 
Manaus/AM
Outubro/2018
SUMÁRIO
INTRODUÇÃO	4
DESENVOLVIMENTO	7
Pesquisa Bibliográfica...................................................................................7
Levantamento de Campo............................................................................20
CONSIDERAÇÕES FINAIS	25
REFERÊNCIAS	26
INTRODUÇÃO 
O presente trabalho traz uma Pesquisa Bibiográfica com os conceitos das áreas de gestão referentes ao setor de Recursos Humanos de uma empresa, apresentando os mais diferentes pontos de vista sobre os temas: Administração de Cargos, Salários e Benefícios; Treinamento e Desenvolvimento; Gestão do Conhecimento; Educação Corporativa e Gestão do Desempenho. 
Notoriamente, o sistema de gestão de Recursos Humanos em uma organização é fundamental para o desenvolvimento e crescimento dos colaboradores e da própria empresa. Trata principalmente do entendimento de que o capital humano nas organizações é o principal ativo desta, portanto, o seu foco deve ser nas pessoas. Ao se atentar para esse entendimento, o RH assume os papéis de administrar, treinar, desenvolver, gerir, colaborar e incentivar os colaboradores, dentre outros.
Nesse sentido, buscou-se, a partir da pesquisa bibliográfica, os autores que discutem sobre os temas citados. Alguns desses autores são renomados profissionais que contribuem para entendimento do sistema de gestão de RH dentro das organizações. Costa (2008) diz que um dos grandes desafios das organizações, hoje, é administrar seus recursos humanos, pois são eles que mantêm a vantagem competitiva. Thalita (2011) afirma que a remuneração tornou-se um grande motivador para os funcionários dentro da empresa, ele oferece o seu trabalho e recebe em troca o pagamento por este. Mas há de se ter cuidado com os efeitos e consequências do plano de remuneração, com os efeitos que pode causar na empresa e nos funcionários, segundo Chiavenato (1999). Sobre a questão dos benefícios, Chiavenato (2004) diz que \u201csão regalias e vantagens concedidas pelas organizações\u201d. Rocha (2014) discorre sobre o Plano de Cargos e Salários. Enquanto Tameirão (2018) enumera as características da Educação Corporativa e seus benefícios. Dutra (2001) fala sobre Gestão de pessoas por competências e Ruas (2005) sobre a divisão dessas competências. Drucker (1990) define a Gestão do Conhecimento como a capacidade para gerenciar e manter a vantagem competitiva na organização. Poggi (2010) dá seu posicionamento sobre a Organização que aprende. Nonkata e Takeuchi (1997) afirmam que a criação do conhecimento é \u201cuma interação contínua e dinâmica entre o conhecimento tácito e o explícito\u201d. E por fim, Aschoff (2017) explica que na Inovação existem dois tipos: a que cria um novo processo e a que melhora algo já existente. 
Os debates e conceitos sobre os temas são diversos, divergentes e interessantes. Mas qualquer que seja a perspectiva da discussão, o ponto de acordo entre todos é, no momento em que modernizar é questão de sobrevivência nas empresas, o setor de RH também evoluiu em seus processos, e deve focar no seu capital humano, alinhando as expectativas e necessidades dos colaboradores aos resultados esperados pela empresa. 
Na elaboração deste trabalho, foi realizada também uma entrevista com a empresa Anaju Modas, de propriedade da Sra. XXXXXXXXX, onde, sobre vários aspectos, ela responde sobre o sistema de gestão da sua empresa, seus desafios, sua visão para o futuro, enfim, sobre todo o contexto ao qual sua loja está inserida.
O nome de fantasia da empresa é Anaju Modas, e recebeu esse nome em homenagem a filha da proprietária, Ana Júlia. Seu ramo de Atividade é vestuário e artigos femininos. Sua Razão Social é XXXXXXXXXXXXXX. Esta localizada na XXXXXXXXXXXXXXXXXXX (endereço completo), sob o CNPJ: XXXXXXXXXXX. No momento possui oito (8) funcionários. E a Missão, Visão e Valores da empresa são: 
Missão: oferecer aos seus clientes produtos de qualidade, preço justo e atendimento diferenciado.
Visão: ser referência no ramo de vestuário, reconhecida por nossos clientes, colaboradores e fornecedores, como uma empresa que preza o cliente em primeiro lugar, a qualidade, o relacionamento, o bom atendimento.
Valores e Princípios: bom atendimento, satisfação do cliente em primeiro lugar, bom relacionamento, respeito e valorização de todos os clientes (internos e externos), pois eles são a razão da existência de qualquer negócio.
Objetivos: ter um aumento de 30% em vendas para o ano de 2018, e nos próximos anos. Dentro de alguns anos abrir uma filial e empregar o triplo dos funcionários que tem hoje. 
Breve histórico: Anaju Modas está situada no centro comercial de Manaus, é uma loja de vestuário e acessórios femininos, de propriedade da Sra. XXXXXXXXXXXXXXXXXXX que é graduada em Administração de empresas e Pós-graduada em Gestão Comercial e Varejo. A mesma trabalhou durante cinco anos numa grande loja de confecções na cidade, foi onde adquiriu experiência e desenvolveu suas habilidades de comércio e venda. A Sra. XXXXXXXXXXX sempre teve o espírito empreendedor e nunca abandonou o sonho de abrir a sua própria loja. E após esse período de cinco anos, resolveu rescindir o contrato de trabalho e começou a vender roupas novamente em casa. O empreendimento deu tão certo que o espaço ficou pequeno para comportar a demanda. Resolveu então investir em outro local fora do bairro, é onde se encontra a sua loja atualmente, no Centro comercial de Manaus. Sua loja está em funcionamento há quase quatro anos e só tem crescido nos últimos meses. Hoje ela conta com oito funcionários, mas em breve deseja contratar mais dois.
 
RELATÓRIO DA IMPLANTAÇÃO DO SETOR DE RH
Pesquisa Bibliográfica
Administração de cargos, salários e benefícios.
Os objetivos de uma empresa são inúmeros, vão desde querer liderar o mercado, alcançar fama, a valorização dos seus funcionários, até mesmo ser um modelo de negócio rentável. Ninguém abre uma empresa apenas para mostrar que é empresário. Talvez o maior objetivo de uma empresa seja produzir e alcançar bons resultados com poucos custos, ou seja, a lucratividade. Para isso, é essencial que seus gestores conheçam sua organização, seus pontos fortes e fracos, que sejam capazes de detectar problemas e oportunidades de melhorias. Esse entendimento revela em sua essência a importância dos Recursos Humanos na organização, que passa a gerenciar o capital humano em harmonia com os interesses da organização. Segundo Costa (2008, on line), talvez um dos grandes desafios da gestão de RH seja o de gerenciar bem seus recursos humanos, uma vez que eles mantêm as vantagens competitivas, \u201csaber como selecionar e desenvolver líderes, como atender melhor os clientes, como recompensar o bom desempenho, como controlar os custos de mão de obra e ao mesmo tempo manter um tratamento justo aos empregados\u201d.
Em termos gerais remunerar significa: recompensar, premiar, pagar salários ao prestador de serviço, mas vai além do termo \u201cdinheiro\u201d, remuneração é a contraprestação do serviço prestado pelo empregado, ou