POSTAGEM 2 PEIEC
10 pág.

POSTAGEM 2 PEIEC


DisciplinaPráticas de Ensino In7 materiais13 seguidores
Pré-visualização2 páginas
LICENCIATURA EM LETRAS PORTUGUÊS/INGLÊS 
 
PRÁTICA DE ENSINO: INTEGRAÇÃO ESCOLA X COMUNIDADE (PE:IEC) 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
POSTAGEM 2: ATIVIDADE 2 
 
PROJETO DE INTEGRAÇÃO ENTRE A ESCOLA E A 
COMUNIDADE 
 
 
 
 
 
 
 
KARINA REGINA DOS SANTOS PEREIRA RA: 1709948 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Polo Rangel 
2018 
 
 
 
KARINA REGINA DOS SANTOS PEREIRA RA: 1709948 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
POSTAGEM 2: ATIVIDADE 2 
 
PROJETO DE INTEGRAÇÃO ENTRE A ESCOLA E A 
COMUNIDADE 
 
 
 
 
 
 
Projeto apresentado à Universidade Paulista \u2013 
UNIP, do curso de Letras \u2013 Português/Inglês, 
como um dos requisitos para a obtenção da 
nota na disciplina Prática de Ensino: Integração 
Escola x Comunidade, ministrada pela Prof.ª 
Raquel Bokums. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Polo Rangel 
2018 
 
 
 
SUMÁRIO 
 
1. INTRODUÇÃO .......................................................................................... 3 
 JUSTIFICATIVA ............................................................................................................................ 3 
 OBJETIVOS ................................................................................................................................ 3 
2. DESENVOLVIMENTO ............................................................................... 4 
 REFERENCIAL TEÓRICO ................................................................................................................. 4 
 MÉTODO................................................................................................................................... 5 
3. RESULTADOS ESPERADOS ................................................................... 7 
4. CONSIDERAÇÕES FINAIS ...................................................................... 8 
5. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS .......................................................... 9 
3 
 
1. INTRODUÇÃO 
 
O Colégio Notre Dame, localizado na cidade de São Vicente, litoral do Estado 
de São Paulo, é uma instituição muito tradicional e reconhecida por toda a 
população como um exemplo a ser seguido. Há uma grande oportunidade para que 
o colégio preste apoio aos alunos da rede pública vicentina através de projetos 
conjuntos e oficinas de redação. Desta forma, alunos do ensino particular e do 
ensino público trocariam ideias e experiências entre si. 
No Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2016, as 38 escolas do 
Ensino Médio da rede pública e da rede particular de São Vicente tiveram uma 
pontuação média de 539,79 em Ciências Humanas, 479,42 em Ciências da 
Natureza, 526,45 em Linguagens e Códigos, 481,31 em Matemática e 526,60 em 
Redação. Em comparação, o Colégio Notre Dame obteve uma média de 570 pontos 
em Ciências Humanas, 525 pontos em Ciências da Natureza, 534 pontos em 
Linguagens e Códigos, 525 pontos em Matemática e 530 pontos em Redação. 
Tais dados apontam que o Colégio Notre Dame poderia contribuir com o 
resultado das escolas de Ensino Médio da rede pública da cidade. A proposta é que 
tal contribuição seja feita por meio de um projeto voluntário semanal envolvendo a 
resolução das dúvidas dos alunos da rede pública, bem como a aplicação de 
simulados do Enem e a realização de oficinas de redação. 
 Justificativa 
O Enem funciona como uma porta de entrada para a universidade e oferece 
uma grande oportunidade para os alunos do Ensino Médio. Entretanto, o ensino da 
rede pública muitas vezes não oferece uma base suficiente para a obtenção de bons 
resultados na prova. 
 Objetivos 
Auxiliar os alunos da rede pública no estudo e preparo para realização do 
Exame Nacional do Ensino Médio, bem como incentivar o diálogo e o 
compartilhamento de experiências entre alunos da rede particular e da rede pública 
de ensino. 
4 
 
2. DESENVOLVIMENTO 
 
 Referencial teórico 
O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tem como prioridade avaliar o 
desempenho escolar e acadêmico ao final do Ensino Médio, além de permitir o 
acesso à Educação Superior. Os resultados podem ser utilizados para o Sistema de 
Seleção Unificada (Sisu), para o Programa Universidade para Todos (Prouni) e para 
o Financiamento Estudantil (Fies). 
O Enem é dividido em quatro áreas de conhecimento: 
\uf0b7 Linguagens, Códigos e suas Tecnologias: Língua Portuguesa, Literatura, 
Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), Artes, e Tecnologias da 
Informação e Comunicação; 
\uf0b7 Matemática e suas Tecnologias; 
\uf0b7 Ciências da Natureza e suas Tecnologias: Química, Física e Biologia; 
\uf0b7 Ciências Humanas e suas Tecnologias: Geografia, História, Filosofia e 
Sociologia. 
As quatro áreas de conhecimento são avaliadas por meio de quatro provas 
objetivas de 45 questões cada, sendo que as questões de cada área correspondem 
a um total de 1.000 pontos. Há também um tema proposto para a elaboração de 
uma redação também valendo 1.000 pontos. 
No primeiro dia são aplicadas as provas de Linguagens, Códigos e suas 
Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias, bem como a redação. A 
duração é de cinco horas e trinta minutos. No segundo dia são aplicadas as provas 
de Ciências da Natureza e suas Tecnologias, e Matemática e suas Tecnologias, com 
duração de cinco horas. 
 Tratando-se especificamente da área de Linguagens, Códigos e suas 
Tecnologias, a matriz de referência do Enem descreve que o aluno deve ser capaz 
de: analisar, interpretar e aplicar recursos expressivos das linguagens, relacionando 
textos com seus contextos, de acordo com as condições de produção e recepção; 
compreender e usar a língua portuguesa como língua materna, geradora de 
significação e integradora da organização do mundo e da própria identidade; 
conhecer e usar línguas estrangeiras modernas como instrumento de acesso a 
5 
 
informações e a outras culturas e grupos sociais; e confrontar opiniões e pontos de 
vista sobre as diferentes linguagens e suas manifestações específicas. 
A redação, por sua vez, é utilizada para avaliar a capacidade do aluno para 
defender ideias e desenvolver o assunto proposto. As competências avaliadas são: 
domínio da língua portuguesa, compreensão da proposta, seleção das informações, 
construção da argumentação e proposta de intervenção. 
Neste ano de 2018, o Ministério da Educação divulgou que a nota média 
nacional em Linguagens caiu de 520,5 para 510,2 no ano anterior. Quanto à 
redação, apenas 53 alunos no Brasil atingiram a nota máxima de 1.000 pontos, e 
das 4,72 milhões de redações corrigidas, 309.157 obtiveram nota zero. 
 Método 
Algumas instituições, tais como a Faculdade Metodista de Santa Maria 
(FAMES), promovem uma série de oficinas preparatórias para o Enem com 
participação gratuita e aberta aos interessados. Os temas abordados respeitam as 
matrizes de referência disponibilizadas pelo Ministério da Educação e englobam 
conhecimentos gerais, matemática e redação. 
A proposta para o Colégio Notre Dame é que, a partir de março (data da 
divulgação do edital) todos os sábados à tarde, das 14:00 às 16:00, sejam realizadas 
oficinas preparatórias para o Enem, com a colaboração de professores e alunos 
voluntários da própria instituição. O professor deve incentivar e orientar os alunos do 
Ensino Médio do Colégio Notre Dame a exemplificar, expor e colocar em prática os 
conteúdos de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, de modo a facilitar a 
compreensão, incentivar o debate e a criatividade dos alunos da rede pública 
inscritos no projeto. 
Os alunos da rede pública interessados farão sua inscrição no Colégio Notre 
Dame no mês de fevereiro para que estejam aptos a cursar as oficinais no mês