A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
Neoplasia Pulmonar

Pré-visualização | Página 1 de 2

*
*
 Profª: Pricila Macedo
2009
*
*
O câncer de pulmão é uma das neoplasias mais comuns no mundo, com a mais alta taxa de mortalidade. 
No Brasil, ele é considerado o segundo tipo de câncer mais frequente entre os homens e o quarto entre as mulheres.
Zamboni M. Epidemiologia do câncer do pulmão. J Pneumol. 2002;28(1):41-7.
*
*
Estimativas para o ano 2008 das taxas brutas de incidência por 100.000 e de número de casos novos por câncer, em homens, segundo localização primária.* (TABELA 4) 
http://www.inca.gov.br/estimativa/2008/
*
*
Estimativas para o ano 2008 das taxas brutas de incidência por 100.000 e de número de casos novos por câncer, em mulheres, segundo localização primária.* (TABELA 5) 
http://www.inca.gov.br/estimativa/2008/
*
*
Câncer mais diagnosticado
Causa mais comum de mortalidade por câncer
Idade: 40-70 anos
1950 - 18.000 casos - EUA
1999 - 180.000 casos – EUA
		índice de incidência – 54,2/100.000
		162.000 óbitos 
		índice de mortalidade –48,8/100.000
2003 – 171.900 casos – EUA
2003 – estimativa de óbito 157.200 EUA
Robins e Cotran – Bases Patológicas das Doenças. 7ª Edição, 2005.
Bogliolo Patologia. 7ª ed. Editora, 2006.
*
*
TABELA: Relação entre casos de canceres diagnosticados em 1997 nos Estados Unidos com o número de óbitos no mesmo período.
http://www.ciencianews.com.br/biologiadocancer.htm
*
*
www.inca.gov.br. 
J Bras Pneumol. 2009;35(2):157-163
*
*
*
*
	TABAGISMO – 87% em fumantes
	Relação com câncer em 1927 -Inglaterra
 Quantidade diária
 Tendência a inalar
 Duração do hábito de fumar
Risco 10X
60X em grandes fumantes
América do Norte de Europa – 85% CA pulmão
Componentes: 1200 substâncias
Hidrocarbonetos aromáticos (benzopireno)
Elementos radioativos: polônio, carbono -14
Arsênico, níquel,....
Robins e Cotran – Bases Patológicas das Doenças. 7ª Edição, 2005. 
*
*
www.guia.heu.nom.br/vicio.htm 
*
*
Audrey Hepburn, aos 63 anos, faleceu por câncer de cólon, doença tabaco-relacionada.
Rita Hayworth morreu do Mal de Alzheimer que começou a dar sinais quando ela ainda tinha apenas 42 anos.
Carry Bradshaw, a personagem fashionista de Sarah Jessica Parker em Sex & The City, chegou a fazer apologia ao cigarro
*
*
Ramón Gómez Valdez: Seu Madruga: Mexicano, faleceu em 1988 com 65 anos, por causa de câncer no pulmão, devido ao fumo. 
Angelines Fenándes Abad = Dona Clotilde: Nascida na Espanha faleceu aos 71 anos, no dia 25 de março de 1994, com câncer no pulmão, devido ao fumo. 
Paulo Autran faleceu, aos 85 anos, sofria de câncer de pulmão e enfisema pulmonar 
*
*
Robins e Cotran – Bases Patológicas das Doenças. 7ª Edição, 2005.
*
*
	POLUENTES INDUSTRIAIS
Radiação Ionizante
ASBESTO ou AMIANTO
Silicato cristalino hidratado
Doenças relacionadas: Asbestose, Mesotelioma, Carcinoma Broncogênico, Carcinoma de Laringe
http://www.abrea.com.br/index.html
*
*
http://commons.wikimedia.org/wiki/Image
www.portalesmedicos.com
*
*
	FATORES GENÉTICOS
Expressão dos oncogenes K-RAS, c-MYC e her-2-neu
Mutações no gene p53, RB, p16 e locus no cromosomo 3p
Predisposição familiar (2,5)
*
*
LESÕES PRECURSORAS:
 Displasia Escamosa e Carcinoma in situ
 Hiperplasia Adenomatosa Atípica
 Hiperplasia de Células Neuroendócrinas pulmonares Idiopáticas
QUATRO TIPOS PRINCIPAIS:
 CARCINOMA EPIDERMÓIDE 
 ADENOCARCINOMA
CARCINOMA DE GRANDES CÉLULAS
 
CARCINOMA DE PEQUENAS CÉLULAS
*
*
*
*
Acomete mais homens
Localização central
Presença de queratinização e/ou pontes intercelulares
Pérolas córneas ou citoplasma eosinofílico
Ninhos de células, com núcleos hipercromáticos, escasso citoplasma periférico e células poligonais com amplo citoplasma.
Podem exibir núcleos grosseiramente granulosos nucléolos inconspícuo
Mutações p53
Mucosa adjacente, com metaplasia, displasia, in situ
Estroma: reação desmoplásica, infiltrado linfoplasmocitário
Diferenciação: bem diferenciado, moderadamente diferenciado e pouco diferenciado
Imunohistoquímica: positiva para p63 e raramente positivo para TTF1
*
*
Carcinoma de celulas escamosas – DPML-UFAM
*
*
Fig. 14.42 - Carcinoma de células Escamosas. Robins 7 ed
*
*
*
*
Mais frequente em mulheres
Localização periférica
Acomete pleura 
Macro: lesão homogênea, sólida, coloração marfim, áreas translúcidas
Micro: diferenciação glandular, produção de mucina
Padrões: acinar, papilífero, sólido com formação de muco e bronquíolo-alveolar
Diferenciação: bem, moderado e pouco diferenciado
Imunohistoquímica: positivo para TTF1 e negativo para p63
*
*
Adenocarcinoma – DPML-UFAM
*
*
Adenocarcinoma bem diferenciado
Adenocarcinoma papilífero
Adenocarcinoma bronquíolo-alveolar
*
*
Fig. 5.1 Moderately differentiated adenocarcinoma of lung. 
 
Fig. 5.1 Adenocarcinoma de pulmão moderadamente diferenciado. 
*
*
Fig. 5.2 carcinoma bronquíolo alveolar 
*
*
Fig. 5.4 carcinoma papilar de pulmão 
*
*
Menos frequente
Altamente agressivo
Localização periférica, sub-pleural, sem componente brônquico
Macro: grandes massas, necrose e hemorragias
Micro: grandes células, com grandes núcleos centrais, nucléolo evidente , citoplasma amplo.
Ninhos de células separados por escasso tecido conjuntivo, grau variado.
indiferenciados
*
*
*
*
20% tumores malignos
Mais comum no sexo masculino
Altamente maligno, pior prognóstico
Metástase frequente para medula óssea
Produção e secreção de ACTH, serotonina, ADH, calcitonina, estrógenos, Hormônio do crescimento
Localização central
Micro: pequenas células, uniformes, um pouco maiores que linfócitos, com núcleo denso, redondo ou oval. Levemente coesas, com pouco estroma, pode formar pseudo-rosetas.
Imunohistoquímica: positivo para cromogranina, sinaptofisina e CD56.
*
*
Carcinoma d pequenas células – DPML- UFAM
*
*
*
*
Derivado de células neuroendócrinas do pulmão
Constitui menos de 5% dos tumores pulmonares
Até 40 anos
Sem relação com sexo e não relacionado ao tabagismo
Localização central ou periférica
Pequenos, lesão submucosa com projeção na luz brônquica – 4cm de diâmetro
Micro: pequenas células, uniformes, com núcleo pequeno,regular. Disposição organóide, trabecular, insular ou em paliçada, pode formar pseudo-rosetas.
*
*
*
*
Fig. 15.46 - Tumor Carcinóide – Robins 7 ed
*
*
Figure 15-44 A- Carcinoma de Células escamosas bem diferenciado, B- Adenocarcinoma, C- Carcinoma de Pequenas Céulas, D- Carcinoma de Grandes Células .
University of Chicago, Pritzker School of Medicine, Chicago, IL.) – Robins – 7 ed
*
*
Sintomas
Tosse
35 – 75%
Dispnéia
20 – 60%
Dor torácica
20 – 45%
Hemoptise
10 – 50%
Rouquidão
 5 - 18%
*
*
Métodos Diagnósticos
 Radiologia - R-X Simples
 T.C.
 Exame de escarro - (Citologia)
 
Não Invasivos
*
*
Métodos Diagnósticos
 Broncoscopia 
 Punção – Biópsia torácica
Mediastonoscopia cervical 
 Invasivos
*
*
Estadiamento:
*
*
*
*
Metástases
*
*
Prognóstico
Sobrevida em 5 anos – 15%
Epidermóides e adenocarcinomas – melhor prognóstico
Carcinoma de pequenas células- ressecção ineficaz – sobrevida sem tratamento - 6 e 17 semanas.
Radio e quimioterapia – registro de cura 15 a 25% em doença limitada
Maioria tem metástase no diagnóstico
Sobrevida média com tratamento – 1 ano
*
*
Fig. 15.47 – Metástase de Carcinoma de células Renais – Robiins 7 ed
*
*
Bibliografia
BRASILEIRO, B; PITTELLA, JEH.; BAMBIRRA, EA e cols. Bogliolo Patologia. 7ª ed. Editora Guanabara Koogan, Rio de Janeiro, 2006.
KUMAR, Vinay, ABBAS, Abul K. e FAUSTO, Nelson. Robins e Cotran – Bases Patológicas