A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
Manteiga_Margarina_Fabiana N Fachim

Pré-visualização | Página 1 de 1

2
MANTEIGA X MARGARINA
FABIANA DO NASCIMENTO FACHIM
SÃO PAULO
2020
Sumário
1.	Introdução	3
2.	Características: Manteiga e Margarina	3
4.	Conclusão	5
5.	Referências	7
1. Introdução
Com base no questionamento apresentado: “Qual é o melhor alimento para nossa saúde, manteiga ou margarina?”, foram definidos os objetivos desse trabalho, sendo o objetivo central, apresentar dados que mostrem a importância e as propriedades nutricionais desses alimentos, bem como a preocupação que existe em relação ao seu consumo excessivo.
2. Características: Manteiga e Margarina
A manteiga é um produto derivado do leite, que é obtido a partir da batedura do creme do leite (nata) fermentado ou não, que faz com que haja aglomeração dos glóbulos de gordura, ocorrendo uma separação de uma fase liquida denominada leitelho. A gordura é o principal componente da manteiga. Que também possui em sua composição água, proteínas, vitaminas, ácidos, lactose e cinzas, fazendo com que seja um produto de alto valor nutritivo. O sal também pode fazer parte da composição da manteiga. sendo opcional a sua adição (SILVA, 1996).
Segundo Perroni (2014), a manteiga é feita de gordura de origem animal, leite de vaca e possui 80% de gordura, lactose, água e sal, sendo rica em Vitamina A, porém também contém gordura saturada e colesterol, por isso deve ser consumida com moderação.
Margarina é termo genérico para identificar gorduras alimentares de origem vegetal usadas em substituição da manteiga. Em 1860, o imperador Napoleão III da França ofereceu uma recompensa a quem conseguisse encontrar um substituto satisfatório e mais barato para a manteiga, para as classes sociais baixas e para o exército. Então, em 1869 , o químico Hippolyte Mège-Mouriés inventou uma substância a que chamou oleomargarina (mais tarde margarina), que preparou com gordura de vaca, à qual extraía a porção líquida sob pressão e depois deixando-a solidificar; em combinação com butirina e água resulta substituto para a manteiga, com sabor similar (WIKIPÉDIA, 2019).
A margarina é composta essencialmente por óleos, água e leite, mas apresenta ainda na sua constituição compostos que ajudam na sua estabilidade, textura, aroma, sabor e no seu valor nutricional, pois sabemos que nos dias de hoje o consumidor tem preferência por alimentos mais saudáveis (LIMA, 2015). Ainda de acordo com o secretário de defesa agropecuária, do ministério da agricultura, pecuária e abastecimento, Leal (2019), para efeito do regulamento técnico, considera-se margarina, o produto gorduroso em emulsão estável do tipo água em óleo (A/O) composto por óleos ou gorduras de origem animal ou vegetal, água e outros ingredientes, podendo ainda conter o leite, seus constituintes ou derivados;
	De acordo com Perroni (2014), a margarina é feita principalmente à base de gordura vegetal com um pouco de gordura do leite (até 3%) e teor de gordura em torno de 85%. Perroni (2014) afirma ainda, que inicialmente a margarina continha maior proporção de gorduras trans produzidas na hidrogenação parcial, mas após estudos que demonstraram alta correlação entre dietas ricas em gordura trans e doenças cardiovasculares, a indústria alterou o processo de fabricação e hoje a grande maioria não passa pela fase de hidrogenação, não contendo mais gordura trans e passaram a adicionar fitosteróis e fitostanóis, alimentos funcionais que auxiliam na redução dos níveis de colesterol total e LDL.
3. Manteiga ou Margarina?
Essa questão parecia ter uma resposta óbvia, baseada em informações do Guia Alimentar a População Brasileira, que classifica a manteiga como ingrediente culinário e a margarina como um alimento ultra processado. Ainda de acordo com o guia, os ingredientes culinários (óleos, gorduras, sal e açúcar), desde que utilizados com moderação em preparações culinárias com base em alimentos in natura ou minimamente processados, contribuem para diversificar e tornar mais saborosa a alimentação sem que fique nutricionalmente desbalanceada e recomenda que o consumo de alimentos ultra processados deve ser evitado.
Fonte: http://entregademedicamentos.com.br/perfumariadrogadelia/wp-content/uploads/2016/06/Manteiga-ou-margarina.png
A resposta poderá variar de acordo com o quadro clínico de cada consumidor. Por exemplo, para os indivíduos fora de risco cardiovascular, a manteiga pode ser a melhor escolha, considerando o fato de que a manteiga é composta basicamente por gordura saturada, rica em vitamina A, que tem como principal benefício o fato de ser antioxidante, e a vitamina D, que fortalece os ossos.
Já no caso de indivíduos em risco cardiovascular (que envolve dislipidemia, diabetes, hipertensão), a recomendação poderia ser o consumo de margarina, tendo como vantagem a redução na ingestão de colesterol e gordura. 
4. Conclusão
A maioria dos consumidores fazem suas escolhas com base nas informações passadas pela mídia, desconhecendo os valores nutricionais e benefícios de cada um desses alimentos e geralmente, o fator decisivo no momento da compra é o sabor ou valor calórico. 
Após ler muito sobre o assunto, é possível concluir que tanto a manteiga quanto a margarina possuem pontos positivos e negativos para a saúde. A melhor estratégia na hora de decidir é considerar o quadro clínico de cada consumidor e sempre ler o rótulo, analisando composição e ingredientes de cada produto.
Não podemos esquecer que as gorduras são fundamentais à nossa saúde, mas é preciso consumi-las em quantidade e qualidade adequadas, garantindo uma dieta equilibrada.
5. Referências
Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Guia alimentar para a população brasileira. Disponível em: 189.28.128.100/dab/docs/portaldab/publicacoes/guia_alimentar_populacao_brasileira.pdf. Acesso em 22 mar. 2020.
DORAZIO, Bia. Manteiga x Margarina. Disponível em: http://g1.globo.com/sp/presidente-prudente-regiao/blog/nutricao-pratica/post/manteiga-x-margarina.html. Acesso em: 21 mar. 2020.
LEAL, J.G.T. Portaria Nº 43, DE 22 de março de 2.019. Disponível em http://www.in.gov.br/web/guest/materia/-/asset_publisher/Kujrw0TZC2Mb/content/id/69181370/do1-2019-03-29-portaria-n-43-de-22-de-marco-de-2-019-69181111. Acesso em 21 mar. 2020.
LIMA, J. F. F. Aplicação e Definição de Metodologias para Melhoria Contínua no Processo de Produção na Área das Margarinas. Outubro, 2015. Disponível em https://run.unl.pt/handle/10362/23799. Acesso em 21 mar. 2020.
PERRONI, C. Confira quais são as diferenças entre margarina, manteiga e creme vegetal. Disponível em http://globoesporte.globo.com/eu-atleta/nutricao/noticia/2014/12/confira-quais-sao-diferencas-entre-margarina-manteiga-e-creme-vegetal.html. Acesso em 21 mar. 2020.
SILVA, F. T. Manual de produção de manteiga. Disponível em https://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/bitstream/doc/410326/1/manualdeproducaodemanteiga.pdf. Acesso em 21 mar. de 2020.
WIKIPÉDIA. Margarina. Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Margarina. Acesso em 21 mar. 2020.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.