A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
DESENVOLVIMENTO COGNITIVO

Pré-visualização | Página 1 de 1

DESENVOLVIMENTO COGNITIVO
O desenvolvimento cognitivo se divide em quatro períodos: sensório-motor pré-operacional operacional concreto e operacional formal 
Período sensório motor 
· Ocorre de 0 a 2 anos 
· O processo de assimilação está presente nessa fase 
· O período sensório-motor está dividido em seis subestágios :
·  Exercício dos Reflexos:
-Ocorre A partir do Nascimento até o primeiro mês de vida 
-controla e coordena seus reflexos.
· Reações Circulares 
-Primárias: abrange do 1º ao 4º mês
-caráter repetitivo
-capacidade de transformar comportamentos reflexos em função da experiência.
· Reações Circulares 
-Secundárias: vai do 4º ao 8º mês
-modificação de ações reflexas
- interesse pelo mundo externo
· , Coordenação das Reações Circulares,
- vai do 8º ao 12º mês 
-capacidade de coordenar o comportamento
· Reação Circular Terciária é a denominação do 5º subestágio do período sensório-motor 
- 12º ao 18º mês
-mais complexo 
-aparecimento da capacidade de representação interna dos acontecimentos
- atitude de experimentação 
-mecanismo de tentativa e erro
· Início do Pensamento Representacional.
- entre o 18º e 24º meses 
=começa a basear suas ações em símbolos internos, mentais ou representações das experiências anteriores 
PERÍODO PRÉ-OPERATÓRIO
O período Pré operacional ocorre dos dois Aos sete anos e é conhecido como o período de inteligência verbal e intuitiva 
-Desenvolvimento da linguagem
- Desenvolvimento do sistema simbólico 
- evolução da habilidade motora
-A criança é egocêntrica 
-pensamento pré-operatório é estático e rígido
PERÍODO OPERATÓRIO CONCRETO
Essa etapa ocorre dos seis Aos doze anos ,nessa fase a criança já superou O egocentrismo .
É capaz de:
 Combinar, separar, ordenar e transformar objetos e ações mentalmente.
PERÍODO OPERATÒRIO FORMAL
-Tem início aos 12 anos e segue por toda a vida 
-manipula conceitos abstratos,
- habilidade de pensar sistematicamente
DESENVOLVIMENTO MORAL
Kolberg apresentou seis estágios do desenvolvimento moral da criança divida em tres etaspas:
Nível 1-Pré-convencional ou pré-moral
1. Estágio 1 – Orientação para a punição ou a obediência:  aderem às regras para evitar punição; obedecer por obedecer; apresentam  ponto de vista egocêntrico; não reconhecem o interesse dos outros, nem reconhecem que eles sejam diferentes do seu próprio interesse; não relacionam dois pontos de vista; confusão da perspectiva da autoridade com a sua própria perspectiva.  
2. Estágio 2 – Hedonismo instrumental relativista: seguem  regras somente quando cumpri-las é do seu interesse imediato; agir para satisfazer seus próprios interesses e necessidades e deixar que os outros façam o mesmo; encarar a justiça como uma troca equitativa. Há uma perspectiva individualista concreta: consciente de que todas as pessoas têm seus próprios interesses e que esses interesses entram em conflito, por isso, o certo é relativo. 
Nível 2 -Convencional,
3.Estágio  – Moralidade do bom garoto, de manter boas relações: as crianças correspondem ao que é esperado pelas pessoas próximas; ter bons motivos e mostrar interesse pelos outros; manter relacionamentos mútuos mediante a confiança, lealdade, respeito e gratidão. Há uma perspectiva de um indivíduo nos relacionamentos com outros indivíduos: consciência dos sentimentos, acordos e expectativas compartilhadas; capacidade para relacionar pontos de vista por meio do conceito moral. Esse estágio faz parte do nível convencional de desenvolvimento da moralidade. 
Estágio 4 – Autoridade mantendo a moralidade: a característica principal é defender a lei e manter a instituição. Há perspectiva de um indivíduo em relação ao grupo social. Há um grande respeito à autoridade e às regras fixas.
Nível 3 - Pós-convencional ou moralidade de princípios morais
• Estágio 5 – Moralidade do contrato social e de lei democraticamente aceitos: estão conscientes de que as pessoas defendem vários valores e opiniões; obrigação à lei devido ao contrato social. Há uma perspectiva do indivíduo racional consciente dos valores e dos direitos dos outros. 
• Estágio 6 – Orientação para princípios individuais de consciência: as pessoas seguem os princípios éticos autoescolhidos; crença na validade dos princípios morais universais. Há uma perspectiva de um ponto de vista moral do qual derivam os arranjos sociais.  
DESENVOLVIMENTO DA LINGUAGEM
Começa pela categorização percentual  e passa pela categorização conceitual ,que exige a evolução cognitiva mais avançada. Na categorização conceitual a criança percebe que boneca e carro são diferentes, mas que fazem parte da mesma categoria ,que são a categoria dos brinquedos.
AQUISIÇÃO DA LINGUAGEM  
É a partir da interação social que a criança aprende a sua língua ,É por esse motivo que é importante que a criança tenha contato com diferentes ambientes como por exemplo ,a escola,Parques e o contato com a comunidade.Na aquisição da linguagem ainda é discutido o conceito de categorização e se divide em três etapas :
-classe por similaridade.
- classe por função
-classe arbitrária.