A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
20 pág.
4 - METODOLOGIA-DO-TREINAMENTO-NEUROMUSCULAR-AULA-DE-1-A-10

Pré-visualização | Página 2 de 6

Adaptação aguda - Ao final de uma sessão de treinamento resistido, estando as intensidades 
bem ajustadas e sendo o objetivo a hipertrofia, a sensação é de inchaço. Porém, com o passar 
das horas, esse inchaço irá progressivamente desaparecer. 
 
Adaptação Crônica - Ao realizar uma avaliação antropométrica, os valores de perímetros dos 
segmentos corporais estão aumentados, esses efeitos não são mais transitórios e tendem a ser 
mais duradouros. 
 
Adaptação aguda - Ao realizar uma avaliação antropométrica, os valores de perímetros dos 
segmentos corporais estão aumentados, esses efeitos não são mais transitórios e tendem a ser 
mais duradouros. 
Adaptação Crônica - Ao final de uma sessão de treinamento resistido, estando as intensidades 
bem ajustadas e sendo o objetivo a hipertrofia, a sensação é de inchaço. Porém, com o passar 
das horas, esse inchaço irá progressivamente desaparecer. 
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
 
Adaptações Aguda e Crônicas - Decorrem do Princípio do Treinamento desportivo, não são 
aplicáveis ao Treinamento de força e não levam em consideração a evolução do tempo de prática 
com a Musculação. 
 
Adaptação Aguda - Não ocorre durante o treinamento, não existe respaldo científico para esta 
adaptação. 
Adaptação Crônica - É única e exclusivamente decorrentes do treibamento Cardiorrespiratório. 
 
 
 
2. 
 
 
O processo de adaptação é fundamental para que os objetivos 
esperados com o treinamento resistido possam ser alcançados. 
Sobre essas adaptações é correta a seguinte afirmativa: 
 
 
 
O prazo de afastamento das sessões de treinamento resistido não interfere na assimilação 
das quantidades de treinamento. 
 
 
A adaptação positiva aos estímulos permite que o sistema nervoso faça uma seleção 
aleatória das unidades motoras a serem recrutadas. 
 
 
As adaptações estão principalmente relacionadas ao tipo de estímulo e tem menor relação 
com as quantidades de treinamento. 
 
 
Passado o período da adaptação morfológica, as adaptações neurais passam a ser o 
objetivo principal nos treinamentos para hipertrofia. 
 
 
Na maioria dos casos a intensidade de treinamento é a variável mais importante para 
alcance dos resultados. 
 
 
 
3. 
 
 
Sabemos que a hipertrofia msuclar é um fenômeno 
fisiológico que necessita da integração complexa de 
componentes genéticos, passando pelos aspectos 
nutricionais e de treinamento. Diante desta afimação, 
marque a opção, onde ambas as definições de hipertrofia e 
hiperplasia estão corretas. 
 
 
A hiperplasia é caracterizada como o aumento do diâmetro da miofibrila, na área de corte 
transversal de um músculo. 
A hipertrofia é o aumento no número de fibras musculares em um músculo e não é 
comprovada na musculatura estriada esquelética em seres humanos. 
 
A hiperplasia é o aumento no número de pontes cruzadas na musculatura lisa esquelética em 
seres humanos. 
A hipertrofia é caracterizada como o aumento dos neurotransmissores presentes nas vesículas 
sinápticas e que irão impactar positivamente a capacidade de um Músculo se contrair. 
 
 
Hiperplasia - Aumento no número de mitocondrias musculares. 
Hiprertrofia - é caracterizada como o aumento do número de capilares de um músculo. 
 
 
A hiperplasia é o aumento no número de fibras musculares em um músculo e não é 
comprovada na musculatura estriada esquelética em seres humanos. 
A hipertrofia é caracterizada como o aumento do diâmetro da miofibrila, na área de corte 
transversal de um músculo. 
 
A hiperplasia é o fenômeno fisiológico que impacta diretamente no diâmetro muscular. 
A hipertrofia é caracterizada como fenômeno fisiológico que aumenta a fadiga de um músculo. 
 
 
 
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
4. 
 
 
Ao elaborar um programa de treinamento o profissional de 
Educação Física deverá ter ciência das principais componentes 
que constituem esse programa, para que os objetivos possam 
ser alcançados. Sobre as componentes que auxiliam na 
estruturação dos programas de treinamento resistido é correta 
a seguinte alternativa: 
 
 
 
 
O número de séries por exercício está relacionado ao número de vezes que uma 
determinada sequência de um exercício será realizada. 
 
 
A ordem dos exercícios dentro do programa de treinamento sugere que os exercícios que se 
queira dar prioridade sejam posicionados no final do programa de treinamento. 
 
 
Os exercícios devem ser selecionados de acordo com uma tabela preestabelecida e 
aplicados no período de curta duração da mesma maneira para todos os sujeitos. 
 
 
Ao correlacionar o número de séries ao número de repetições máximas fica fácil se 
estabelecer um número constante e preciso de repetições ao longo das séries. 
 
O estado de treinamento do indivíduo pela diretriz do Colégio Americano de Medicina 
Esportiva (ACSM ¿ 2002) divide-se em infantil, juvenil e sênior. 
 
 
 
5. 
 
 
Independente do estado de treinamento do sujeito, o 
profissional de Educação Física deverá sempre atentar para 
pontos importantes, que irão nortear as adaptações e 
respostas aos estímulos. Observe as afirmativas abaixo: 
Só sujeitos iniciantes no treinamento resistido apresentam 
adaptações agudas ao término das sessões de treinamento 
de hipertrofia. ( ) 
O caráter aleatório das sessões de treinamento permite 
estimar as adaptações agudas que devam ser alcançadas. 
( ) 
O planejamento do treinamento facilita o balizamento 
cronológico das adaptações crônicas a serem alcançadas. 
( ) 
Conhecer o comportamento do sujeito treinado a partir das 
adaptações alcançadas é indicador para a eficácia do 
programa de treinamento. ( ) 
O aumento de rendimento é diretamente proporcional ao 
estado de treinamento, assim, quanto mais treinado estiver 
um sujeito, mais fácil será conseguir adaptações crônicas 
mais significativas. ( ) 
Assinale a alternativa que corresponde as afirmativas de 
falso e verdadeiro de maneira correta: 
 
 
V ¿ V ¿ F ¿ F ¿ F 
 
 
F ¿ V ¿ V ¿ F ¿ V 
 
 
F ¿ V ¿ F ¿ V ¿ F 
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
https://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp
 
 
V ¿ F ¿ V ¿ V ¿ F 
 
 
 
F ¿ F ¿ V ¿ V ¿ V 
 
AULA 4 
1. 
 
 
A força muscular é uma qualidade física treinável que apresenta diferentes formas de manifestações. 
Sabendo disso, diga quais são as formas de manifestações da Força Muscular. 
 
 
 
As manifestações da força são: Força Máxima; Força Rápida ou de Potência; Hipertrofia 
muscular; Resistência Muscular Localizada (RML). 
 
As manifestações da força são: Força Máxima; Força lenta; Hipertrofia muscular; Força Contrátil. 
 
As manifestações da força são: Força Máxima; Força Rápida ou de Potência; Hiperplasia 
Muscular. e HIT 
 
As manifestações da força são: Força Máxima; Força Osteomiotendínea; Força 
Contrátil muscular; Força Pura 
 
As manifestações da força são: Força Concênctrica; Força Excêntrica; Hipertrofia muscular; 
Resistência Muscular Localizada (RML) 
 
 
 
2. 
 
 
O programa de Treinamento Neuromuscular (TR) é composto 
por variáveis que podem ser manipuladas durante a 
progressão do treinamento do aluno. Essas variáveis em 
alguns momentos, são chamadas de Princípios do Treinamento 
de força e são classificadas como Volume e 
Intensidade. Sabendo que o volume pode ser conhecido como 
quantidade e a Intensidade como qualidade, identifique nas 
opções abaixo e marque a opção correta, o que faz parte do 
Volume em um programa de trainamento e o que faz parte da 
Intensidade do Treinamento. 
Número de Séries - 
Número de repetições - 
Ordenação dos Exercícios - 
Quantidade de Exercícios em um programa - 
Intervalo de Recuperação entre séries - 
Velocidade de Execução do exercício - 
 
 
 
Número de Séries - Volume 
Número de repetições -

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.