Buscar

Resumo de Sistema Nervoso Central-giros, sulcos, lobos, meninges

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 3 páginas

Prévia do material em texto

INTRODUÇÃO AO SISTEMA NERVOSO: 
ANATOMIA 
 
Lobos 
É o cérebro dividido em partes, sendo elas: lobos frontais; lobos parietais; lobos 
temporais; lobos occipitais e ínsula (lobo profundo e primitivo do cérebro) 
Seus nomes tem relações com os ossos aos quais os lobos cerebrais ficam em 
contato. 
 
 
 
 
 
 
Giros e sulcos 
Os sulcos encontram-se entre os giros. 
 
 
 
O giro pré-central faz parte do lobo 
frontal e corresponde a toda a área 
motora do corpo. O giro pós-central 
corresponde a toda parte sensitiva do 
corpo. O sulco central separa os dois 
O sulco lateral divide o lobo temporal dos 
lobos frontais e parietal 
O sulco parieto-occipital separa o lobo 
occipital do parietal. 
@cowpreendendo 
Meninges 
São membranas que revestem e protegem o sistema nervoso central 
O epineuro é o revestimento dos nervos/periférico 
A dura-máter é a membrana mais externa e grossa de todas, além de ser a 
que tem contato direto com o crânio 
❖ Ela tem dois folhetos, um mais próximo ao crânio e o outro perto da 
aracnoide 
❖ Ricamente inervada e vascularizada. A dor de cabeça é causada por 
uma pressão na dura-máter 
A aracnoide recebe esse nome devido seus prolongamentos em direção à 
pia-máter serem semelhantes a teias de aranha 
A pia-máter está em contato direto com o tecido cerebral (cérebro, 
encéfalo, cerebelo e medula espinal) 
Aracnoide + pia-máter: leptomeninge (meninge fina) 
Dura-máter = paquimeninge (meninge grossa) 
 
 
 
 
 
 
 
Entre as meninges há espaços, denominados: 
ESPAÇO FICA ENTRE... 
Epidural ou 
extradural* 
Osso e dura-
máter 
Subdural 
Dura-máter e 
aracnoide 
Subaracnoideo** 
Aracnoide e pia-
máter 
*Em condições normais, o espaço 
epidural não existe. Apenas se houver 
um coágulo que forme um hematoma 
extradural 
**É o mais importante porque é onde 
circula o líquido cefalorraquidiano 
(protege e lubrifica o SNC) 
@cowpreendendo 
Líquido céfalo-raquidiano 
Também chamado de líquor. Há cerca de 150ml de líquido circulante por 
todo o sistema nervoso central. 
❖ É um tipo de líquido intersticial (que fica entre as células) 
❖ Ele circula nos ventrículos laterais (3º e 4º ventrículo) e no espaço 
subaracnóideo 
Origem: 
É formado em plexos coroides (amontoados de células epiteliais), que 
transformam o líquido do plasma em líquido céfalo-raquidiano. 
 
Absorção(eliminação do líquor): 
Acontece nos vilos aracnoides (servem como válvulas unidirecionais) 
❖ No seio sagital superior é onde tem maior concentração desses vilos 
❖ É super importante para evitar a pressão de líquor dentro do cérebro 
(Pressão Intra Craniana) 
❖ O líquor é trocado a cada 8 horas 
 
Função: 
Protege contra pancadas no sistema nervoso central 
❖ Pelo cérebro estar flutuando no líquor, deixa de pesar 1,5kg para pesar 
50 à 100g, no máximo. 
Há muito cloreto de sódio e glicose (por ser o principal elemento), então, o 
líquor também auxilia no transporte de nutrição. 
 
@cowpreendendo

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

Perguntas Recentes