Direitos da infância , juventude, idoso e pessoas com deficiência

Ana elizabeth lapa wanderley Cavalcanti, Flávia piva almeida Leite, Roberto senise (coord. Lisboa

Ano: 2014 | Editora: AtlasISBN 9788522486021
  • starstar_borderstar_half
  • starstar_borderstar_half
  • starstar_borderstar_half
  • starstar_borderstar_half
  • starstar_borderstar_half
  • avaliações

Resumo

O acesso à informação foi consideravelmente facilitado com a disponibilização da tecnologia àsáreas públicas e às famílias, no recôndito de suas casas. O mundo digital revelou, no entanto, asmazelas já conhecidas, porém até então ainda não expostas com tamanha intensidade, como:a falta de políticas satisfatórias da inclusão social de menores abandonados, o descaso com osidosos, a ausência de perspectivas mais favoráveis às pessoas deficientes no mercado de trabalhoe no exercício efetivo dos seus direitos fundamentais, entre outros problemas. Enfim, a sociedadeinternacional pode conhecer a maior extensão da não proteção dos menos favorecidos.Os desafios são inúmeros, cabendo ao Estado e à sociedade civil a adoção de medidas demelhoria: da educação, transformando-se a obtenção da informação em conhecimento; doacesso aos mecanismos de comunicação, alcançando também os excluídos social e economicamente;e da efetivação dos demais direitos socioeconômicos e culturais, conforme determinaa sociedade internacional.O novo personalismo ético pugna pelo asseguramento do desenvolvimento biopsíquico-moralde todos, numa perspectiva de liberdade responsável pela inclusão do outro, razão pelaqual a sociedade contemporânea não pode ser conduzida tão somente pelo vetor da patrimonializaçãoda informação.
Direitos da infância , juventude, idoso e pessoas com deficiência

A biblioteca de livros é um conteúdo restrito para assinantes.